5 orações poderosas da Bíblia

Se você se sentir sem saber o que orar, não há melhor guia para petições ao nosso Pai Celestial do que o próprio livro que Ele escreveu, a Bíblia. Quase todos os livros da Bíblia contêm uma súplica ou pedido, e página após página aponta para outra razão pela qual precisamos de um Salvador. 

Então, quando você sentir que simplesmente não tem palavras, volte-se primeiro para a Bíblia.

Embora pudéssemos listar centenas de orações, selecionamos cinco de nossas favoritas para mostrar como a Bíblia está repleta de maneiras de invocar nosso grande Deus.

1. A Oração de Jabez (1 Crônicas 4:10)

Quando o autor de Crônicas obedientemente nos fornece uma lista dos descendentes de Judá, ele não pode deixar de se conter. Bem no meio de todos esses nomes, ele chega a Jabez, um homem que ele quer que notemos, um homem de verdadeira honra. 

Se você já sentiu que causou dor ou se sempre quis acreditar que Deus pode fazer mais do que você pode pedir ou imaginar, esta oração é para você:

“Porque Jabez invocou o Deus de Israel, dizendo: Se me abençoares muitíssimo, e meus termos ampliares, e a tua mão for comigo, e fizeres que do mal não seja afligido! E Deus lhe concedeu o que lhe tinha pedido.”

2. O Pai Nosso (Mateus 6: 9-13)

Esta oração é o verdadeiro clássico. A maioria de nós já fez esta oração e provavelmente poderia recitá-la agora. Mas há muito mais nesse modelo que Jesus nos deu do que a recitação mecânica. 

Esta é uma oração com poder real: o reino de Deus vindo, a vontade de Deus sendo feita, tudo o que precisamos para o dia. É realmente cheio de energia. Então, dê uma olhada no que ele ensina:

“Pai nosso que estás no céu, santificado seja o teu nome. Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dá hoje e perdoa as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores. E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal”.

3. A Oração de Jonas pela Salvação (Jonas 2: 2-9)

Podemos nunca ser engolidos por um grande peixe, mas ainda podemos experimentar a vergonha e o arrependimento que Jonas sentiu depois que fugiu de Deus. 

A súplica do profeta ao Pai fornece um andaime pungente para nossas próprias orações de arrependimento. E lembre-se que Deus ouviu e respondeu a esta oração humilde e honesta:

“Na minha angústia clamei ao SENHOR, e ele me respondeu; do ventre do inferno gritei, e tu ouviste a minha voz. Porque tu me lançaste no profundo, no coração dos mares, e a corrente das águas me cercou; todas as tuas ondas e as tuas vagas têm passado por cima de mim. E eu disse: Lançado estou de diante dos teus olhos; todavia tornarei a ver o teu santo templo. As águas me cercaram até à alma, o abismo me rodeou, e as algas se enrolaram na minha cabeça. Eu desci até aos fundamentos dos montes; a terra me encerrou para sempre com os seus ferrolhos; mas tu fizeste subir a minha vida da perdição, ó SENHOR meu Deus.”

“Quando desfalecia em mim a minha alma, lembrei-me do SENHOR; e entrou a ti a minha oração, no teu santo templo. Os que observam as falsas vaidades deixam a sua misericórdia. Mas eu te oferecerei sacrifício com a voz do agradecimento; o que votei pagarei. Do SENHOR vem a salvação.”

4. A Oração de Davi por Libertação (Salmo 3)

Esta foi uma escolha difícil porque os Salmos estão cheios de clamores e petições. Se você quiser uma cartilha para oração, você não pode errar com este livro de sabedoria. 

Mas escolhemos o Salmo 3 porque ele fornece um retrato conciso de clamar a Deus em meio a grande estresse. As palavras de Davi não são menos relevantes para o nosso local de trabalho e estilo de vida modernos como eram para suas batalhas:

“SENHOR, como se têm multiplicado os meus adversários! São muitos os que se levantam contra mim. Muitos dizem da minha alma: Não há salvação para ele em Deus. Porém tu, SENHOR, és um escudo para mim, a minha glória, e o que exalta a minha cabeça. Com a minha voz clamei ao SENHOR, e ouviu-me desde o seu santo monte. Eu me deitei e dormi; acordei, porque o SENHOR me sustentou. Não temerei dez milhares de pessoas que se puseram contra mim e me cercam. Levanta-te, SENHOR; salva-me, Deus meu; pois feriste a todos os meus inimigos nos queixos; quebraste os dentes aos ímpios. A salvação vem do SENHOR; sobre o teu povo seja a tua bênção.”

5. A Oração de Louvor de Ana (1 Samuel 2: 1-10)

Quando Ana recebeu o filho pelo qual ela implorou a Deus, seu primeiro instinto é louvar Aquele que proveu. Ela quer agradecer a Ele por Sua grandeza e Sua libertação. Muitas vezes oramos antes de receber, mas depois nos esquecemos de orar depois que Deus responde. Deixe esta oração guiá-lo em agradecimento:

“Meu coração exulta no Senhor; meu chifre é exaltado no Senhor. A minha boca zomba dos meus inimigos, porque me alegro na tua salvação. Não há santo como o Senhor; porque não há outro além de ti; não há rocha como o nosso Deus. Não fale mais com tanto orgulho, não deixe a arrogância sair de sua boca; pois o Senhor é um Deus de conhecimento, e por ele as ações são pesadas.” 

“Os arcos dos poderosos estão quebrados, mas os fracos se apegam à força. Os que estavam fartos se alugaram por pão, mas os que tinham fome deixaram de ter fome. A estéril deu à luz sete, mas a que tem muitos filhos está desamparada. O Senhor mata e vivifica; ele desce ao Seol e levanta. O Senhor empobrece e enriquece; ele rebaixa e ele exalta. Ele levanta o pobre do pó; ele levanta os necessitados do monte de cinzas para fazê-los sentar-se com os príncipes e herdar um assento de honra. Porque as colunas da terra são do Senhor, e sobre elas pôs o mundo.”

“Ele guardará os pés dos seus fiéis, mas os ímpios serão exterminados nas trevas, porque nem pela força o homem prevalecerá. Os adversários do Senhor serão despedaçados; contra eles trovejará no céu. O Senhor julgará os confins da terra; ele dará força ao seu rei e exaltará o poder do seu ungido”.

Considerações finais sobre orações da Bíblia

A Bíblia é nossa fonte de instrução para viver. Quando você não encontrar as palavras para orar, volte-se para essas Escrituras para orientação e experimente o poder da Palavra de Deus. 

Botão Voltar ao topo