6 dicas para viagens tranquilas com crianças

Você está pegando a estrada com sua família nestas férias? Ou talvez por causa dos preços altos você escolha um dia, que inclua vários passeios. 

Enquanto aguarda as atividades do destino, você pode temer as horas passadas no carro.

Os israelitas na época de Moisés, não estavam acostumados a viagens de carro. Claro, eles não dirigiram carros, mas vagaram pelo deserto com seus filhos por quarenta anos, aprendendo a seguir a Deus. 

Aqui está o que Deus lhes disse através de Moisés:

“Ouve, Israel, o SENHOR nosso Deus é o único SENHOR. Amarás, pois, o SENHOR teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças. E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te”. (Deuteronômio 6:4-7)

Em outras palavras, aproveite todas as oportunidades para ensinar seus filhos sobre os caminhos de Deus. 

Contudo, é tentador entregar um dispositivo a todos no carro e ignorá-los durante toda a viagem. 

Mas onde estaria a graça nisso? E se, em vez de ver o tempo no carro como um mal necessário, você pudesse redimi-lo para seu benefício e para a glória de Deus?

Se diplomas, fossem entregues para viagens de carro, eu teria um pendurado na minha parede. 

Durante dezesseis anos de ensino em casa, minha família cruzou estados explorando todos os cantos e recantos de montanhas a oceanos. 

Embora não possa prometer alegria em cada momento de sua viagem de carro, vou compartilhar seis dicas e ideias práticas para viajar com seus filhos.

6 dicas para viagens tranquilas com crianças

1. Preparar

Primeiramente, planeje e prepare-se para o que você pode razoavelmente prever. 

Deixe que cada criança se responsabilize por uma sacola de afazeres pessoal com alguns itens pequenos que a ocupem ou tragam conforto. 

Considere, no entanto como você prefere lidar com refeições e lanches. 

Você vai preferir levar o lanche de casa ou vai parar e comprar comida ao longo do caminho? 

Certifique-se de que as garrafas de bebida tenham tampas de rosca para evitar derramamentos. 

Traga saquinhos extras para servir os lanches. Leve guardanapos, lenços umedecidos e vários sacos de lixo.

Pense com antecedência sobre o entretenimento no carro. Considere audiolivros, dramas de rádio, música e podcasts para passar o tempo e estimular a conversa. 

Escolha livros que estão nas listas de leitura da escola do seu filho. Muitas vezes, você pode conferir audiolivros gratuitos de sua biblioteca local. 

Quando meus filhos eram mais novos, eles mediam a duração da viagem de carro pelo número de episódios de Adventures in Odyssey.

Se você preferir livros em vez de áudio, leve um livro mais longo e leia em voz alta em intervalos de quinze minutos com intervalos para outras atividades. Pare em pontos que criam suspense para manter a expectativa, nas crianças.

Consulte o mapa com antecedência para escolher onde parar, para as pausas. Considere as idas ao banheiro, e planeje encostar a cada duas horas para se esticar e usar o banheiro.

Contudo, envolva as crianças no planejamento. Encarregue uma criança mais velha de criar uma lista de reprodução de música que tenha algo para todos. 

Em família, faça uma lista de jogos de carros para fazer e verifique-os enquanto joga cada um. 

Ideias de jogos de viagem

Jogo de placas de carros — Faça uma lista de estados para cada criança e peça-lhes que registrem as placas de carros que veem ao longo do caminho.

20 Perguntas — Revezem-se sendo aquele que pensa em uma pessoa, lugar ou coisa e responda sim/não a perguntas.

Jogo do Alfabeto — Escolha uma categoria (por exemplo, animais) e revezem-se para ver se você consegue nomear os animais para cada letra do alfabeto, começando com “A” e seguindo em ordem. Adicione um desafio de memória tentando nomear todas as letras e animais que vieram antes de você.

Jogo de rimas — Escolha uma palavra e revezem-se com uma palavra que rima até que todos fiquem perplexos.

História Adicional — Escreva uma história cooperativa na qual você se reveza adicionando uma frase de cada vez até que o limite de tempo seja atingido. Peça para alguém escrever a história à medida que você avança.

Torneio de perguntas— Jogue diferentes rodadas de jogos e faça com que os vencedores avancem para desafiar uns aos outros até que você tenha um campeão.

Memória Bíblica — Faça cartões com versículos bíblicos para memorizar usando repetição, músicas e jogos. Dê pequenas recompensas por conquistas.

2. Mantenha expectativas realistas

Lembre-se, contudo que crianças serão crianças. Eles fazem barulho. Alguns vão brigar. Outros vão choramingar. A energia reprimida explode. O tédio se instala.

Mas, contudo, viajar de carro oferece uma oportunidade para as crianças aprenderem a esperar, colocar os outros em primeiro lugar, cobrir aborrecimentos com graça e ocupar suas mentes.

Espere parar regularmente para alongamentos e pausas no banheiro. O truque é observar sua família e tentar parar antes que a necessidade se torne urgente, também conhecido como limite de colapso. 

Quando possível, pare em paradas de descanso para permitir que seus filhos façam algumas corridas de revezamento para liberar energia.

3. Atribuir responsabilidades

Ajude seus filhos a se apropriarem da viagem delegando responsabilidades apropriadas à sua faixa etária. 

Ensine-os a usar um mapa de papel e peça-lhes que anotem seu progresso. 

Peça a uma criança que observe os sinais quando for a hora de encontrar uma área de descanso ou posto de combustível. 

Atribuir responsabilidade pelo saco de coleta de lixo. Peça a uma criança mais velha para ajudar uma mais nova a abrir os lanches. Afinal, as possibilidades são infinitas.

4. Lide estrategicamente com comportamentos negativos

Quando você coloca várias pessoas em um carro por várias horas, sem dúvida você terá problemas de comportamento. 

Às vezes, as crianças provocam drama simplesmente porque estão entediadas. 

Espero que algumas das outras sugestões aqui desviem essa necessidade. 

Mas vou acrescentar duas sugestões peculiares de modificação de comportamento – uma negativa e outra positiva – para desencorajar más escolhas e encorajar atitudes positivas.

Comportamento negativo

Para desencorajar o comportamento negativo, crie alguns círculos vermelhos de cartolina e cole-os em palitos de picolé. 

Escreva o comportamento ofensivo ou irritante que você gostaria de desencorajar no círculo (por exemplo, choramingar, reclamar, discutir, brigar com um irmão). 

Coloque uma barra preta na palavra. Explique com antecedência que, se eles exibirem esse comportamento, você levantará a placa sem dizer uma palavra e esperará que eles parem. 

Acredite ou não, isso elimina muitas palestras e discussões.

Comportamento positivo

Para promover um comportamento positivo, com harmonia, use, no entanto, um jarro simples e transparente e papeizinhos com palavras de gratidão. 

Explique que haverá uma recompensa familiar por encher o pote com os papelzinhos. 

Um papelzinho é colocado no frasco a cada intervalo de tempo, durante o qual todos vivem em paz. 

Defina um cronômetro em seu telefone para cada 20 minutos (ou menos, dependendo da idade e habilidade das crianças) e coloque um novo papelzinho no frasco se a meta for atingida. 

Você não precisa dizer nada. O barulho fará com que seus filhos se lembrem do objetivo e da recompensa. 

Você quer ter sucesso com essa atividade, então escolha um pote de tamanho compatível com a viagem do dia. 

Além disso, considere a capacidade de seus filhos de sustentar esse comportamento e comece com um lapso de tempo que seja alcançável. 

Quando o pote estiver cheio, comemorem a conquista juntos.

5. Verifique sua atitude

Os pais devem definir o tom de voz no carro. 

Considere como sua atitude e conversa contribuem para uma atmosfera pacífica e alegre. 

Veja, portanto, se você está falando com seu cônjuge e filhos com respeito? Você reclama de outros motoristas ou do trânsito ruim? Tudo explode quando você faz uma curva errada? Ou você responde ao inesperado com graça e humor, confiando em Deus? 

Afinal, sua resposta calma ao estresse, diminuirá as situações tensas.

6. Ore

Provavelmente não é preciso dizer que a oração muda nossos corações, mas estou dizendo de qualquer maneira. 

Por fim, peça a cada criança que escreva uma oração para o seu tempo de viagem e reserve alguns minutos para que cada pessoa ore em voz alta antes de começar a dirigir. 

Você ficará agradavelmente surpreso com a diferença na atmosfera do carro.

Ao viajar, se você notar que a tensão está aumentando ou outros problemas surgirem, pare e ore juntos novamente. 

Você está ensinando seus filhos a depender da sabedoria e provisão de Deus em tempo real.

Você também pode fazer da oração uma parte regular da viagem anunciando um momento de “falar com Deus” a cada hora. 

Pense em quem sua família conhece que precisa de oração ou ore por pessoas com problemas de carro, acidentes ou até mesmo raiva na estrada ao longo do caminho.

Construindo memórias

Para finalizarmos, espero, portanto que essas seis dicas ajudem você a ver que o tempo no carro não é simplesmente ir do ponto A ao ponto B o mais rápido possível. 

Em vez disso, considere a viagem como parte de suas férias. 

Use-o para honrar a Deus e formar tradições e memórias familiares que durarão a vida toda.

Autora: Annie Yorty.

Botão Voltar ao topo