Criando filhos à maneira de Deus Esboço de Sermão

Esboço: Criando filhos à maneira de Deus, Sermão Temático sobre como criar filhos tomando o exemplo e ensinamento de Deus.

TÍTULO: CRIANDO FILHOS À MANEIRA DE DEUS

TEXTO: Mateus 5:48

INTRODUÇÃO

James Dobson tem um livro cujo título é: “Ser Pai Não é Coisa Para Covardes”.

Não é nada fácil ser pai. Justamente quando você começa a ficar experiente com a tarefa, seus filhos estão prontos para sair de casa.  

Pergunto aos pais: A quem vocês procuram quando estão necessitados de conselhos a respeito de agirem certo como pais? Quem é o seu modelo?

Há somente um Pai, na história, que foi e sempre será perfeito. É o nosso Pai Celestial.

Veja: “Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus” (Mateus 5:48).

Você quer ser um bom pai? É simples: Trate os seus filhos da maneira como Deus trata você.

Transição: Na Bíblia Deus nos deixou alguns ensinamentos, então, se nós queremos ser como nosso Pai que está no céu nós precisamos:

I. ENTENDER NOSSOS FILHOS

A reclamação número um que os filhos geralmente têm dos seus pais é: Meus pais não me entendem.

E por isso nós precisamos estudar os nossos filhos e saber o que faz cada filho ter uma personalidade e um temperamento.

Aqueles de vocês que são pais de mais de um filho sabe que eles são diferentes.

Deus sabe do que somos feitos, por isso Ele nos entende e conhece a nossa Natureza.

“Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, até quando envelhecer, não desviará dele” (Pv. 22.6).

Este verso é algumas vezes mal interpretado, pois, este verso não é uma promessa, mas, um provérbio.

Memorizar as escrituras não é suficiente pois, seu filho quando crescer pode se desviar da vida Cristã.

A chave para entender esse versículo é a palavra “caminho” que significa estilo.

Você tem que entender o temperamento de seus filhos, porque assim saberá ser justo e ensinar o caminho do Senhor.

Se eles são introvertidos, não tente fazê-los falantes. Se eles são falantes, não tente fazê-los comedidos.  

Transição: Então, se nós queremos ser como nosso Pai Celestial nós precisamos:

II. ACEITAR NOSSOS FILHOS

Você é não é perfeito, mas Deus aceita você do jeito que é.   

Deus quer que você aceite seus filhos do jeito que eles são.

Temos a tendência de rejeitá-los quando eles fazem coisas erradas.

…quando não se parecem como queremos que eles se pareçam; ou não se vestem da maneira como queremos que eles se vistam;

Alguns pais que dizem: “Você tem que ser como eu.

Estar interessado nas coisas que eu tenho interesse. Tem que ser tão bom na escola como eu fui. Tem que ser tão atlético como eu fui.

Ou mais exigentes: “Tem que ser melhor na escola do que eu fui. Tem que ser mais atlético do que eu fui.”  

O pai/mãe que faz assim está dizendo: Não gosto da maneira como Deus fez essa criança.

E a criança pensa: “Se eu quero ser aceito pelos meus pais, não posso ser eu mesmo.

Eu tenho que ser como os meus pais para que seja aceito por eles.” …Isto é trágico!   

Aplicação: A Bíblia diz que os filhos são um presente de Deus. Você tem aceitado este Presente?

Transição: Então, se nós queremos ser como nosso Pai que está no céu nós precisamos:

III. DISCIPLINAR NOSSOS FILHOS

“O Senhor disciplina a quem ama” (Hb 12:6).

A disciplina é um sinal do amor de Deus.

A Bíblia diz que se eu não disciplino meus filhos, então duas coisas são verdades:

A. Eu realmente não amo aos meus filhos

(Pv. 13.24): Se eu permito que ele faça o que bem entende, isso mostra que eu não me interesso por ele.

B. Eu estou participando na destruição dele

Disciplinar enquanto há tempo (Pv 19:18).

É muito importante que você entenda a diferença entre disciplina e punição.

Deus nunca pune os seus filhos, mas, Ele os disciplina.

Toda punição para os seus pecados foi colocada sobre uma pessoa: Jesus Cristo na cruz.   

Aplicação: Agora, como você disciplina seus filhos? Na Bíblia, Deus diz três coisas, se você vai disciplinar os seus filhos: Discipline seu filho…

1. CALMAMENTE (Pv. 29.11)  

Quantas vezes batemos nos filhos não porque eles estavam sendo disciplinados, mas para aliviar a nossa própria frustração?

2RAPIDAMENTE (Pv. 13.24)

Não use esta frase: “Espere até o seu pai/mãe chegar!” Há muitas coisas que a criança vai pensar durante aquele tempo.

3QUANDO NECESSÁRIO

Não se bate nos filhos o tempo todo!  

Mães: se vocês têm crianças pequenas, ao invés de ficar dizendo  mil vezes: “Não mexa aí “  o que você precisa fazer é tornar a sua casa à prova de crianças por algum tempo.  

Tire as coisas que quebram fácil e guarde-as.  

Não discipline as crianças por serem crianças; você as disciplina por causa de rebeldia.

Transição: Então, se nós queremos ser como nosso Pai que está no céu nós precisamos:

IV. TER AMOR PARA COM NOSSOS FILHOS

A Bíblia é cheia de exemplos do amor de Deus por nós.  

Há três maneiras específicas que você precisa para expressar amor.

Então veja:

A. Através de Carinho

É o toque, contato físico, abraços, beijos, tapinha nas costas.

Mostre carinho pelos seus filhos e que você se preocupa com eles.

Procure descobrir como seu filho gosta carinho.

Porque, se nossos filhos não tiver nosso carinho, ele vai procurar em outros lugares.

B. Através de Ajuda Moral (Salmo 145.14)

Nós moldamos os nossos filhos através da maneira como falamos com eles. Você diminui seus filhos quando fala com eles?

Não ridicularize seus filhos na frente dos outro, mas edifique-os, encoraje-os a tentar coisas novas, sem ter medo de fracasso.

Todo mundo elogia quando ele recebe nota “dez” na escola, quando ganha um concurso.  

Mas o que você diz quando ele perde? quando fracassa? …Este é o momento que eles precisam ser encorajados.  

C. Através de Atenção

Quando foi a última vez que você se sentou com os seus filhos “olho a olho”, sem pressa e disse a eles:

“Papai e mamãe te amam, filho vamos conversar”.

Nós sempre pedimos que Deus nos ouça durante nossas orações.

Transição: Então, se nós queremos ser como nosso Pai que está no céu nós precisamos:

V. SER INTEGRO COM NOSSOS FILHOS (Pv. 20:7)

Nós pais estamos ensinando o tempo todo.

Se você tem filhos, saiba que eles prestam atenção em tudo que fazemos.

O que você diz ao telefone, como você lê o jornal e como você responde à sua esposa ou ao seu marido.

Aplicação: Como nós temos demonstrado nossa integridade? Devemos observar duas maneiras.  

Primeiramente, você não deve parecer perfeito

Você admite quando está errado? Algumas vezes você tem que dizer aos seus filhos: “Eu sinto muito, eu cometi um erro”.  Isso é humildade.

Seja honesto acerca dos seus erros porque você não é um pai perfeito, ou uma mãe perfeita.  

E em segundo lugar, cumpra as suas promessas

A causa número um de amargura em muitas famílias são as promessas quebradas.

“Papai, o senhor prometeu que ia me levar pra o futebol”.

“Mamãe, você me prometeu…”  

Se você não é um pai confiável, que ideia seus filhos terão a respeito de Deus?

“Se Deus que está no céu é como meu pai na terra, eu não creio nele, pois, meu pai terreno não é confiável. 

Portanto, procure cumprir suas palavras a seus filhos.

CONCLUSÃO: CRIANDO FILHOS À MANEIRA DE DEUS

Alguém já disse: “Cada criança que nasce é uma prova de que Deus ainda não perdeu a esperança em relação à Humanidade”.

Se queremos ser como nosso Pai que está no céu, então precisamos tratar nossos filhos da maneira como Ele nos trata.

Se queremos estar criando nossos filhos à maneira de Deus, então:

  1. Entender seus filhos;
  2. Aceitar seus filhos;
  3. Disciplinar seus filhos;
  4. Expressar amor para seus filhos;
  5. Ser coerente com seus filhos.

BAIXE O ESTUDO: CRIANDO FILHOS À MANEIRA DE DEUS

Criando-filhos-a-maneira-de-Deus.pdf (54 downloads)
biblioteca do pregador

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.