Descoberto brinco de ouro de 2.000 anos com pérolas e pedras preciosas nas escavações da Cidade de Davi

O brinco consiste em uma argola de ouro que envolve uma grande pérola branca incrustada em seu centro

Um brinco de ouro com 2.000 anos de idade, adornado com pérolas e pedras preciosas, foi recentemente descoberto durante as escavações no Parque de Estacionamento da Cidade de Davi, conduzidas em colaboração com a Autoridade de Natureza e Parques e financiadas pela Fundação Cidade de Davi.

O brinco consiste em uma argola de ouro que envolve uma grande pérola branca incrustada em seu centro. Duas peças pendentes de ouro idênticas estão conectadas à argola, cada uma delas decorada com uma esmeralda verde e uma pérola branca. Uma espécie de estrutura dourada fixa as esmeraldas, conectando-as à argola principal por meio de pequenos anéis dourados. Os fechos de ouro são enroscados nos pequenos orifícios perfurados nas pérolas, que são menores do que aquela incrustada na argola.

brinco de ouro de 2000 anos com pérolas nas escavações da Cidade de Davi
Fotografia: Clara Amit, Autoridade de Antiguidades de Israel

Segundo o Dr. Doron Ben-Ami e a Dra. Yana Tchekhanovets, diretores das escavações em nome da Autoridade de Antiguidades de Israel, “O brinco estava surpreendentemente bem preservado, a ponto de parecer que foi fabricado ontem. As informações disponíveis hoje sobre a joalheria e sua produção no mundo antigo indicam que o brinco, descoberto nas ruínas de um edifício datado do período bizantino (séculos IV-V d.C.), provavelmente foi originalmente fabricado no período romano (entre o século I a.C. e o início do século IV d.C.). Joias de ouro incrustadas com pedras preciosas e pérolas eram amplamente utilizadas em todo o Império Romano, desde as províncias orientais até a Grã-Bretanha ocidental.”

Uma das fontes mais detalhadas e impressionantes de informações preservadas deste período são os retratos de Fayum, descobertos no Egito. Essas pinturas, que adornavam os túmulos das múmias na região de Faiyum, apresentam uma ampla gama de retratos dos falecidos, vestindo suas melhores roupas e joias valiosas. É interessante notar que, nos retratos, as mulheres de Faiyum usavam brincos e colares de ouro, frequentemente incrustados com pérolas e esmeraldas. Esses brincos são surpreendentemente semelhantes ao brinco descoberto na Cidade de Davi, sugerindo que foram produzidos usando uma técnica similar.”

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você precisa desativar o Adblock para continuar navegando em nosso site!