Eclesiastes 11:5 Significado do Caminho do Vento

Eclesiastes 11:5 – ACF (Almeida Corrigida Fiel)

“Assim como tu não sabes qual o caminho do vento, nem como se formam os ossos no ventre da mulher grávida, assim também não sabes as obras de Deus, que faz todas as coisas.”

Traduções Bíblicas de Eclesiastes 11:5

Eclesiastes 11:5 – NAA (Nova Almeida Atualizada)

“Assim como você não conhece o caminho do vento, nem sabe como se formam os ossos no ventre da mulher grávida, assim também não entende as obras de Deus, que faz todas as coisas.”

Eclesiastes 11:5 – NVI (Nova Versão Internacional)

“Assim como você não conhece o caminho do vento, nem como o corpo é formado no ventre de uma mulher, também não pode compreender as obras de Deus, o Criador de todas as coisas.”

Eclesiastes 11:5 – NTLH (Nova Tradução Linguagem de Hoje)

“Deus faz todas as coisas. E, como você não pode entender como começa uma nova vida dentro da barriga de uma mulher, assim também não pode entender as coisas que Deus faz.”

Explicação e Comentário de Eclesiastes 11:5

Os cientistas receberam uma mente de Deus para serem os portadores de sua imagem na Terra e resolveram milhares do que antes eram mistérios e mitos. Eles sabem coisas sobre o que causa o vento, e sabem ainda mais sobre como um feto se forma no útero, eles ainda não sabem tudo e, principalmente, não sabem o mistério da origem. Esta é a obra de Deus, que ordena todo o nosso conhecimento dos intrincados detalhes de como as coisas funcionam.

Deus revelou-se em grande medida nas Escrituras. Ele nos deu as chaves do conhecimento de Deus em sua Palavra e na iluminação dela por seu Espírito Santo. Jesus veio trazer luz ao mundo para que pudéssemos conhecer ainda mais sobre o Pai olhando para seu Filho, que é a marca exata de sua imagem (Hb 1:3). 

Mesmo no céu, aqueles que lá habitam parecem não saber tudo o que existe sobre Deus (Ap 6:10). Será um dos privilégios gloriosos dos santos na eternidade continuar a descobrir Deus e aprender sobre ele enquanto vivemos em relacionamento com ele. Não devemos esperar até lá para começar a conhecê-lo. Aqueles que amamos, queremos conhecer cada vez mais, porque com os seres que são bons, conhecê-los mais é amá-los mais. Com um ser infinitamente bom, não há limite para esse processo.

Também significa que provavelmente sempre haverá alguns aspectos dos caminhos de Deus mais elevados do que os nossos caminhos (Is 55:8). É correto confiar nele, não nos apoiando em nosso próprio entendimento (Provérbios 3:5), mesmo quando procuramos entender. 

A atitude de alguém deve ser começar com um entendimento básico de que Deus é perfeitamente bom. Isso está claro na Bíblia. Portanto, tudo o que ele faz deve ser perfeitamente bom. Devemos então procurar entender o que pode se entender confiando completamente em sua bondade, que mesmo que algumas coisas permaneçam misteriosas, podemos continuar a amá-lo, confiar e adorá-lo.

Interpretação de Eclesiastes 11:5, as partes chave do versículo

# 1 “Como você não conhece o caminho do vento”
Jesus disse a Nicodemos, “o vento sopra onde quer. Você ouve seu som, mas não pode dizer de onde vem ou para onde vai. Assim acontece com todo aquele que é nascido do Espírito” (Jo 3:8). Com isso, ele parecia querer dizer que o Espírito Santo da regeneração parece ter uma mente própria, assim como Deus tem uma mente própria. Ele vai onde quer.

# 2 “ou como o corpo é formado no ventre da mãe”
Pois tanto quanto sabemos sobre isso, ainda é a coisa mais verdadeira dizer que Deus é quem forma o corpo, que criou os processos que os cientistas descobriram. A Bíblia diz que Deus nos conhece antes de nos formar no ventre (Jr 1:5).

# 3 “para que você não possa entender a obra de Deus”
Podemos entender o que Deus revelou nas Escrituras e o que ele tornou disponível aos olhos da ciência, mas o Deus que adoramos sempre permanecerá misterioso em algum nível. Procure saber o que pode ser conhecido, elogie-o e confie nele para as coisas que não podem.

# 4 “o Criador de todas as coisas.”
Sabemos como os bebês são feitos e sabemos que Deus os faz. Como a chuva é feita e sabemos que Deus a faz. Sabemos muito sobre os processos naturais da criação de Deus, mas tudo foi e é feito por Deus. Mesmo as coisas boas que são feitas pelo gênio do homem, foram feitas pelo gênio de Deus que fez o homem com o propósito de criar e produzir, para a glória de Deus e o bem do mundo.

Comentários sobre o que Significa Eclesiastes 11:5

Comentários com explicação do versículo

Comentário de Wiersbe (Contexto)

Uma vez que era um homem sábio, Salomão reavaliou seus argumentos, mas dessa vez incluiu Deus em suas considerações. Que diferença! O rei percebeu que a vida não é monótona, mas sim repleta de situações desafiadoras que Deus envia, cada uma em seu devido tempo e com o devido propósito.

Também descobriu que a riqueza pode ser desfrutada e utilizada para a glória de Deus. Apesar de a sabedoria do homem não ser capaz de explicar todas as coisas, Salomão conclui que é melhor seguir a sabedoria de Deus do que praticar a estultícia do homem.

Uma vez que a morte é inescapável, devemos nos sentir motivados a desfrutar a vida no presente e a aproveitar ao máximo as oportunidades que Deus nos dá.

Agora, Salomão está pronto para sua conclusão e aplicação pessoal. Ele apresenta quatro retratos da vida e associa cada retrato a uma admoestação prática para seus ouvintes (e leitores) atenderem:

I. A vida é uma AVENTURA – viva pela fé (11:1-6)

II. A vida é uma DÁDIVA – desfrute-a (11:7-12:8)

III. A vida é uma ESCOLA – aprenda suas lições (12:9-12)

IV. A vida é um exercício de MORDOMIA – tema o Senhor (12:13,14)

Wiersbe Explica Eclesiastes 11:5

Assim como ninguém sabe “o caminho do vento” ou como o feto é formado no ventre (Sl 139:14, 15), também não conhece as obras de Deus em sua criação. Deus tem um tempo e um propósito para todas as coisas (3:1-11), e devemos viver pela fé em sua Palavra. Portanto, cabe a nós usar cada dia com sabedoria (v.6), acordar cedo para lançar a semente e trabalhar até chegar a noite.

Devemos realizar as tarefas que temos à mão “remindo o tempo” (Ef 5:1 5-17), crendo que Deus abençoará pelo menos algumas dessas tarefas que cumprimos. Da mesma forma que o comerciante envia mais de um navio, o agricultor também planta mais de uma lavoura.

A vida é uma aventura de fé. E cada um de nós é como um comerciante, investindo o dia de hoje naquilo que trará dividendos amanhã. Somos como o lavrador, semeando vários tipos de semente em solos diferentes, confiando que Deus dará a colheita (Gl 6:8, 9; Sl 126:5, 6; Os 10:12).

Se nos preocupássemos com a possibilidade de o vento fazer uma árvore cair sobre nós ou de as nuvens nos encharcarem de chuva, nunca realizaríamos coisa alguma. “É evidente que não existe uma fórmula para o sucesso”, disse o famoso pianista e concertista Arthur Rubinstein, “exceto, talvez, a aceitação incondicional da vida e daquilo que ela traz consigo”.

Comentário de Beacon (Contexto)

Aqui Qoheleth resume um tema já visto em 10:8-9. A boa vida requer decisão e ação. Existem incertezas e perigos, mas aquele que espera pela sabedoria completa e a segurança perfeita nunca irá sofrer riscos.

Quem observa o vento, isto é, espera até que não haja nenhum vento para atrapalhar até mesmo o espalhar de suas sementes, nunca semeará (4). Também, o que olha para as nuvens, para ter certeza de que suas sementes, quando cortadas, não se molhem, nunca segará [colherá].

No versículo 5, somos lembrados de que sempre existem fatores que são do exclusivo conhecimento de Deus em qualquer decisão que tomemos. O significado do caminho do vento deve ser fornecido pelo contexto, visto que a palavra pode significar “espírito” ou “vento”. Muitos tradutores modernos a definem como “vento” e a relacionam ao versículo 4. Moffatt o transforma em poesia:

Assim como você não sabe para onde sopra o vento,
nem como um bebê cresce no ventre,
assim você não pode saber como Deus trabalha,
Deus que está em tudo.

O conselho do versículo 6 é um resumo claro tanto da conclusão como do raciocínio:

Pela manhã semeie seus grãos,
E até a noite não dê descanso às suas mãos, –
Pois você não sabe o que vai prosperar, isso ou aquilo,
Ou se ambos se sairão bem (Smith-Goodspeed)

Comentário de Benson

Eclesiastes 11:5 – Como tu não conheces o caminho do espírito – Da alma do homem, como ela entra na criança no ventre; ou como está unido ao corpo; ou como, e se sai do corpo. Nem como os ossos crescem – isto é, todo o corpo, que é significado em outro lugar pelos ossos, porque são uma parte principal e o próprio fundamento e suporte do corpo; isto é, tu não sabes como, desde pequenos e pouco promissores começos, as várias partes do corpo, como nervos, artérias, veias, tendões, entranhas, ossos, carne e pele, são gradualmente formadas, nutridas, aumentadas e levadas a perfeição: 

Mesmo assim não conheces as obras de Deus O que Deus está fazendo e fará com você ou com outros; os conselhos e métodos de sua providência no futuro da tua vida, que mal Deus enviará sobre a terra, como ele castigará ou punirá a humanidade por seus pecados, ou por quanto tempo ele continuará a tua vida, ou preservará para ti o gozo de tua propriedade; ou em quanto tempo ele te chamará para uma conta. Portanto, aproveite a presente oportunidade e comprometa-se com ele e com todos os seus negócios para fazer o bem.

Comentário de Matthew Poole

Do espírito. – O espírito ou alma do homem, como ele primeiro entra no corpo da criança no útero, seja de Deus pela criação, seja dos pais por propagação. Nem como está unido e tão fixo no corpo, que não pode sair dele quando deveria. Nem como e para onde sai do corpo. Todas essas coisas são grandes mistérios. Outros o traduzem, do vento, de onde vem e para onde vai, como é observado em João 3:8, ou com que violência soprará, ou quanto tempo durará. Mas a tradução anterior parece concordar melhor com a seguinte cláusula. 

Os ossos, ou seja, todo o corpo, que em outro lugar é representado pelos ossos, como Salmo 34:20 35:10, porque são a parte principal e a própria base e suporte do corpo. Crescer no útero; como acontece que uma e a mesma pequena quantidade de semente deve se diversificar em pele, carne, tendões, veias, ossos e entranhas, ou como ela recebe nutrição e crescimento. 

As obras de Deus. – O que Deus está fazendo e fará com você e com os outros; os conselhos e métodos da providência de Deus no futuro da tua vida, que mal Deus enviará à terra, Eclesiastes 11:2, ou que clima ele enviará, dos quais Eclesiastes 11:4, quanto tempo ou quão pouco tempo Deus continuará tua vida ou propriedade, e em quanto tempo Deus te chamará para uma conta. Esses e muitos outros eventos futuros você não pode prever e, portanto, sua sabedoria e dever é rejeitar todos os cuidados que distraem e os medos desconfiados sobre eles, e alegremente entregar a si mesmo e todos os seus assuntos nas mãos de Deus para fazer o bem.

Estudo da Visão geral de Eclesiastes

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo