10 maneiras de entender melhor seu marido

Tenho certeza de que você está ciente das maneiras, pelas quais, você e seu marido diferem em sua formação e personalidade. 

Você também pode ter ideias diferentes sobre como passar suas noites, que tipos de filmes você prefere assistir e como seriam suas ideias de um fim de semana de aventuras. 

Mas, quando você adiciona à mistura, suas qualidades exclusivamente masculinas, certamente pode ser um caso para suas amigas dizer, que seu marido é de um mundo diferente do que você.

Pensando nisto, separamos 10 ótimas maneiras para você entender melhor seu marido.

1. Lembre-se que ele é um homem

Fico impressionada, com a quantidade de mulheres que esperam que seus maridos sejam exatamente como suas amigas, que falem sobre tudo, ouçam atentamente e “se aprofundem” em seus sentimentos. 

Os homens não estão preparados para “bate-papos” e o maior erro que as esposas cometem é interpretar isso, como se seus maridos não se importassem. Bem, eles não se importam mesmo. 

Mas isso não significa que eles não se importam com você. 

Você pode entender melhor seu marido, quando percebe que ele aborda a vida de maneira diferente, tendendo a se concentrar mais nos detalhes dos fatos, enquanto você tende a se concentrar mais nos sentimentos. 

Enquanto, você tende a pedir ajuda, conselhos e orientações, ele geralmente não o fará. Quando você oferece simpatia, ele oferece conselhos e análises, e enquanto você deseja entender os problemas, ele é levado a resolvê-los. 

Em vez de pensar se ao menos ele fosse mais sensível, ou se ao menos ele estivesse mais interessado no que eu gosto, tente mudar sua perspectiva, apreciando a forma como ele traz equilíbrio ao casamento.

2. Perceba sua necessidade de respeito

Inúmeros estudos afirmam que um homem prefere se sentir respeitado do que amado. 

Enquanto isso, as mulheres desejam ser mimadas, amadas e elogiadas.

Há um ditado que diz, em que um homem pode viver sem amor, porém, sem respeito ele não sobreviverá. 

É interessante notar que na Bíblia, os maridos são ordenados a amar suas esposas. Bem como, as esposas são ordenadas a respeitar seus maridos (Efésios 5:22-33). 

Você já pensou, por que uma mulher não é ordenada a amar seu marido em troca? Somos ordenados em toda a Bíblia a amar uns aos outros, e isso inclui nossos maridos. 

Mas quando se trata dessa passagem, que fala especificamente sobre o relacionamento conjugal, Deus aparentemente sabia que uma mulher deseja mais do que qualquer outra coisa, ser amada e um homem deseja mais do que qualquer outra coisa ser respeitado. 

Deus deve saber que, ao respeitarmos nossos maridos, estamos demonstrando amor a eles, de uma maneira que eles podem ver e apreciar mais facilmente. 

3. Reconheça sua necessidade de sucesso

Seu marido está preparado para ser competitivo e, portanto, vencer, ter sucesso e avançar são extremamente importantes para ele. 

Se seu marido sente que está em uma situação sem saída ou está falhando em alguma coisa, isso se mostrará em sua atitude de se sentir fracassado ou querer desistir. 

Se ele, não está tendo sucesso em alguma coisa, pelo menos ele precisa sentir que está vencendo. 

Portanto, deixe-o saber que ele está tendo sucesso nas áreas que são mais importantes para ele e para você. 

E se, no entanto, o que é importante para você não é necessariamente importante para ele, deixe-o saber de vez em quando, o quão bem ele está indo nessa área, e isso pode se tornar uma área importante para ele também.

Um homem pode parar de se comunicar, se sua esposa o deixar saber que ele é um fracasso na comunicação. 

Ao contrário, se você estiver elogiando os esforços dele, mesmo que neste momento sejam apenas esforços, ele provavelmente desejará continuar. 

Trate-o como um vencedor em casa, e ele vai querer estar lá sempre. 

Elogie-o por seu trabalho manual em casa, e você o encontrará se oferecendo para ser seu faz-tudo. 

Incentive-o e diga-lhe como ele faz você se sentir bem no quarto, e ele terá mais chances de iniciar a intimidade. 

Afinal, o incentivo vai longe, e fazer seu marido se sentir um vencedor, fará com que ele queira estar perto de você, especialmente se você for a fã número 1 dele. 

4. Dê-lhe tempo em sua “caixinha do nada”

Às vezes é difícil para nós entender como nossos maridos podem ficar sentados no sofá com a TV ligada, sem assistir, e não ouvir uma palavra do que dizemos, nem ser capaz de responder. 

Eu chamo isso de “caixa de vegetais” do meu marido. Algumas esposas chamam isso de “caixinha do nada” de seus maridos. 

E quando você pergunta a ele “O que está em sua mente?” ou “O que você está pensando?” e ele olha para o espaço e diz “nada”, isto é realmente verdade; ele está em uma caixa “sem palavras, sem sentimentos”. 

As mulheres, por outro lado, constantemente têm pensamentos girando em suas cabeças. Estamos continuamente conectando eventos de ontem a situações de hoje e tirando conclusões. 

Nossos maridos parecem não saber o que estamos fazendo. Eles não entendem como pensamos, e nós não entendemos como eles podem estar pensando em nada. 

Contudo, permita que seu marido passe algum tempo em sua caixinha do nada, sem fazer nada e pensando em nada. 

Pois afinal, é sua maneira de desestressar, para que ele possa voltar e se reencontrar com sua esposa e família novamente.

5. Pergunte a ele sobre seus sonhos

“Os propósitos do coração do homem são águas profundas, mas aquele que tem discernimento os traz à tona”. (Provérbios 20:5)

Você pode entender melhor seu marido quando puder extrair dele seus sonhos e desejos. 

Pois, quando seu marido tem sonhos não realizados, pode acabar afetando como ele está processando a vida ou se está feliz ou não. 

Enquanto, você e eu podemos concluir que ele está tendo uma atitude ruim, ele pode apenas, estar lidando com sentimentos de perda, porque não está vivendo aquilo que seu coração sonhou. 

No entanto, pergunte ao seu marido o que ele gostaria de fazer, se tempo ou dinheiro não fossem problema. 

Dê-lhe permissão para sonhar, e não desconsidere suas ideias se elas não parecerem práticas ou realistas. 

Você pode entender o que o motiva, o que ele anseia secretamente e até mesmo como você pode compartilhar alguns de seus sonhos, quando você dedica um tempo para perguntar, aprender e descobrir os sonhos no coração de seu marido. 

6. Trate-o como um rei, mas não como seu Deus

Há uma diferença entre tratar seu marido com o respeito e a lealdade que você daria a um rei, e depender dele como se ele fosse seu Deus. 

Muitas mulheres se casam com grandes expectativas, apenas para ficarem gravemente desapontadas logo depois, quando descobrem que seu marido não pode satisfazer todas as suas necessidades emocionais. 

Isto é, porque seu marido é um homem, ele nunca será capaz de satisfazer suas necessidades de sensibilidade e compreensão como outra mulher. 

Ele não é seu pai, ele não pode compensar o que você pode sentir que falta em um relacionamento pai-filha. 

E o mais importante, porque ele não é Deus, ele não pode te satisfazer em todos os sentidos. 

Em vez de esperar que seu marido seja Deus em sua vida e preencha todas as suas necessidades, olhe para Deus como seu marido espiritual (Isaías 54:5). 

Não há nada que liberará seu marido para amá-la mais, do que tirar suas expectativas emocionais dele e deixá-las com Deus. 

Seu marido pode então amá-la da melhor maneira possível, sem sentir que tem uma tarefa impossível pela frente.

7. Reconheça seu foco singular

Ao contrário das mulheres que parecem ser multitarefas, os homens funcionam melhor com um foco singular, e têm uma maneira de compartimentar seus pensamentos e ações. 

Assim como seus ancestrais, seu marido é, por natureza, um caçador-coletor, então é fácil para ele, focar e manter o foco em um único tópico

Imagine, um gato sentado perto de uma janela observando um pássaro, ele não se move, mas está totalmente fixo.

Como você é sensível a essa característica de foco único dele, isso pode ajudá-lo a entender a resposta dele, ou a falta de resposta, a você.

Quando você muda de assunto, tende a “fundir” as áreas de sua vida, enquanto, ele prefere mantê-los separados. 

Por exemplo, falar sobre finanças antes da intimidade vai confundi-lo. 

Se ele estiver no “modo financeiro”, ele não saberá como fazer a transição, bem para o “modo romance”. 

Da mesma forma, se você estiver falando sobre os problemas de escolaridade das crianças ou as necessidades de seus pais idosos, enquanto ele está tentando montar a barraca em um acampamento, ele provavelmente não responderá às suas palavras, muito menos as ouvirá.

8. Permita-lhe prazer sexual

Os homens são projetados, física e fisiologicamente, para desfrutar do prazer sexual com suas esposas. 

Seu marido, no entanto, quer desfrutar dessa atividade e experiência com VOCÊ. Afinal, você é a única com quem ele pode desfrutar disso, e ainda estar correto e puro diante de Deus. E ele sabe disso, ainda mais do que você.

Salomão, o homem mais sábio que já viveu, disse o seguinte:

“Aproveite a vida com sua esposa, a quem você ama, todos os dias desta vida sem sentido que Deus deu a você debaixo do sol, todos os seus dias sem sentido. Pois esta é a sua sorte na vida e no seu trabalho penoso debaixo do sol”. (Eclesiastes 9:9)

O rei Salomão, escreveu um livro inteiro sobre a falta de sentido da vida. 

E entre as poucas coisas que achava significativas para um homem desfrutar, eram uma boa refeição e o prazer com sua esposa. 

Agora pense nisso! Quando você prepara uma refeição para seu marido, não é seu desejo que ele aprecie?  Ou da mesma forma, você se preparar para ele, fisicamente, como recompensa após o jantar? 

Deus lhe fez um grande elogio, quando lhe deu ao seu marido como recompensa. 

Afinal, Deus considerou você um grande prêmio para trazer prazer de muitas maneiras ao seu marido. 

Isso, deve fazer com que você e eu, queiramos ser a recompensa de nosso marido, o seu prêmio de consolação.

9. Aceite seu amor pela boa comida

Você já se perguntou por que seu marido pensa constantemente em comida? Ou como ele pode engolir um bife inteiro em minutos quando tudo que você sente vontade de comer é uma salada? 

Seu marido, se for como a maioria dos homens, adora comer. Ele sempre preferirá uma refeição carnuda, ao invés, de baixa caloria! E isto é, bíblico! 

O sábio Rei Salomão diz:

“Não há nada melhor para o homem do que comer e beber e dizer a si mesmo que seu trabalho é bom. Isso também vi que é da mão de Deus”. (Eclesiastes 2:24)

Para um homem poder sentar-se e desfrutar do jantar, ou de um almoço farto e bagunçado de churrasco, é uma das maneiras, pelas quais Deus o recompensa por seu trabalho aqui na terra. 

Então deixe-o comer, e não critique quando ele o fizer. 

Este é, portanto, um dos prazeres simples da vida, que ele foi projetado para desfrutar.

10. Seja paciente, pois suas prioridades mudam com a idade

Seu marido normalmente valoriza coisas diferentes, em diferentes épocas da vida. 

Em seus 20 e 30 anos, ele pode priorizar ganhar dinheiro e avançar em sua carreira, porque está em seu principal modo de “provedor/realizador”. 

Quando ele se aproxima dos 40 e 50 anos, ele pode estar mais preocupado em fazer sua vida valer a pena, e não “perder tempo” fazendo algo que não importa a longo prazo. 

Quando ele chega aos 60 anos, ele pode valorizar a desaceleração para aproveitar a vida ou tentar ambições, ou itens da “lista de desejos” pois, agora ele tem mais tempo.

Tenha em mente, porém, que mesmo quando suas prioridades mudam com a idade, ele ainda é o mesmo homem, por quem você se apaixonou e casou. 

Afinal, as prioridades dele mudam ao longo dos anos, assim como as suas, e aceitar isso, é uma das maneiras de entender seu marido.


Autora: Cindi McMenamin

Botão Voltar ao topo