O que é o dízimo e oferta segundo a Bíblia?

A bíblia fala sobre dízimo e oferta desde os tempos mais antigos, mas, nos dias atuais, devemos continuar pagando o dízimo?

Confira o que a bíblia fala sobre dízimo, ofertas e votos neste artigo.

Qual é a diferença entre dízimo, oferta e voto?

Para muitas pessoas, dízimo, oferta e voto significam a mesma coisa, mas a bíblia explica a diferença: 

Dízimo é obediência à ordem de Deus para que seja entregue a décima parte da sua renda.

Oferta: Pagamento voluntário, em dinheiro ou não. Quando você entrega uma quantia além dos 10% do dízimo, é uma oferta.

Voto é um compromisso que você assume com Deus por uma causa específica. 

Porque a oferta de Caim foi rejeitada?

Em Gênesis 4;1-7 é relatado que Abel e Caim entregaram ofertas para Deus, Caim era agricultor e, Abel, pastor de ovelhas. 

Os dois ofereceram a Deus uma parte do fruto do seu trabalho. Acontece que, ao lermos com atenção, veremos uma sutil diferença nas ofertas:

Caim levou os frutos da terra para oferecer a Deus. Abel levou as melhores partes da primeira cria das suas ovelhas para oferecer. Essa é a diferença.

Quando fazemos uma oferta para Deus precisamos ter o cuidado de oferecer as primícias, e o mais importante: a nossa oferta deve ser espontânea.

Deus falou para Caim que se ele fizesse o melhor, a sua oferta também seria aceita: 

  • Se bem fizeres, também haverá aceitação para ti. Gênesis 4:7

Ele sabia o que estava no coração de cada um, e alertou Caim sobre o que poderia acontecer:

  • E se não fizeres bem, o pecado jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar. Gênesis 4:7

Nosso coração precisa estar livre para servir a Deus com a nossa vida e as nossas ofertas. 

Porque a oferta da viúva pobre foi aceita?

A oferta da viúva pobre agradou a Jesus porque ela deu tudo o que tinha voluntariamente. Quem age assim tendo pouco, também faz tendo muito.

Ao contrário das outras pessoas, que estavam doando aquilo que sobrava, como se estivessem jogando “restos”. 

  • Porque todos aqueles deitaram para as ofertas de Deus do que lhes sobeja; mas esta, da sua pobreza, deitou todo o sustento que tinha. Lucas 21:4

Sempre que fizermos qualquer oferta para Deus, é preciso observar um detalhe: Estamos ofertando livremente, ou porque é um dever?

Como devem ser nossas ofertas?

A oferta que agrada a Deus é aquela que entregamos com o coração sincero, sem apegos. Assim como Abel e a viúva no templo.

  • Honra ao Senhor com os teus bens, e com a primeira parte de todos os teus ganhos. Provérbios 3:9 
  • Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria. 2 Coríntios 9:7

Quando abrimos o coração para entregar nossa oferta a Deus, ele também se alegrará em nos recompensar.

Qual é a origem do dízimo?

A origem do dízimo é antiga, vem desde os tempos de Abraão, em Gênesis. Essa prática é reconhecida como uma forma de agradecer a Deus por sua bondade.

A palavra dízimo vem de “decimus” do latim, e significa a décima parte de algo, portanto, de forma etimológica, o dízimo equivale a 10% de qualquer coisa.

Em Gênesis 14, Abraão aparece entregando o dízimo a Melquisedeque:

  • E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos. E Abrão deu-lhe o dízimo de tudo. Gênesis 14:20

O dízimo se tornou uma instituição legal com Moisés, após o povo sair do Egito. 

Nesse tempo, a finalidade do dízimo era sustentar o sacerdócio.

O dízimo também era usado para sustentar os órfãos, viúvas e estrangeiros, sendo entregue aos levitas, que eram os sacerdotes.

As doações eram de qualquer coisa que pudesse ser usada como moeda de troca, como animais, armas, frutas e água. 

Alguns versículos que falam sobre Dízimos e Ofertas:

  • Ao que distribui mais se lhe acrescenta, e ao que retém mais do que é justo, é para a sua perda. A alma generosa prosperará e aquele que atende também será atendido. Provérbios 11:24,25
  • Certamente darás os dízimos de todo o fruto da tua semente, que cada ano se recolhe do campo. Deuteronômio 14:22

O que a bíblia diz sobre as dízimos e ofertas?

Quando fazemos uma oferta a Deus, reconhecemos que tudo o que temos vem dele, e que nossa confiança está nele.

Também podemos oferecer a Deus: nossa vida, nosso louvor, nossa oração. Oferecer ajuda, dinheiro ou amizade a alguém é demonstrar o amor de Deus.

A Bíblia também fala de ofertas para ajudar outras pessoas. “Há mais alegria em dar que receber”. 

É importante lembrar que todas as nossas ofertas devem ser voluntárias, e entregues com alegria, para que haja aprovação de Deus.

Josiane Silva

Olá, eu sou a Josiane Silva, mãe, avó e procuro servir a Deus. Amo estudar a bíblia para compreender o comportamento humano. Afinal podemos aprender muito com as histórias dos outros, não é mesmo? Como gosto muito de ler e de escrever, também trabalho como redatora freelancer.
Botão Voltar ao topo