O que Provérbios nos ensina sobre finanças?

O que nós podemos aprender sobre finanças no livro de Provérbios?

Este livro nos mostra que é possível controlar as finanças sem deixar de viver os bons momentos da vida. E mostra a importância de evitar dívidas, trabalhar e guardar dinheiro. Se você quer saber o que Provérbios diz sobre cuidar das finanças de forma prática, então continue lendo.

Quando o livro de Provérbios foi escrito?

Este livro foi escrito pelo rei Salomão cerca de 900 A.C. e serve para entendermos a vida de forma clara, prática e leve.

Logo nos primeiros capítulos de Provérbios, somos orientados a cuidar bem das finanças:

“Honra ao Senhor com os teus bens, e com a primeira parte de todos os teus ganhos.” Provérbios 3:9.

Somos orientados a trabalhar de forma diligente e agir com sabedoria. Mas, o que significa a palavra diligente?

De acordo com o dicionário: diligente é a pessoa que tem ou denota diligência; ativo, aplicado, zeloso, cuidadoso.

Quem é diligente, tem bons resultados em tudo que faz:

“Viste o homem diligente na sua obra? Perante reis será posto; não permanecerá entre os de posição inferior.” Provérbios 22:29.

Provérbios e finanças: consumismo e suas consequências

Nas últimas décadas, somos incentivados a comprar de forma compulsiva. Acreditando que “só se vive uma vez” ou “e se eu morrer amanhã?”, as pessoas compram sem pensar, mas isso é certo?

“O pobre, do sulco da terra, tira mantimento em abundância; mas há os que se consomem por falta de juízo.” Provérbios 13:23.

Finanças organizadas: tranquilidade para a família

É verdade que só Deus sabe o dia da nossa partida, por isso, devemos cuidar bem das finanças.

Se observarmos o livro de Provérbios, veremos que quem cuidou das finanças não se enrolou.

Essas pessoas tinham tudo que era necessário para viver bem, e alguns até possuíam servos.

“O homem bom cuida bem de si mesmo, mas o cruel prejudica o seu corpo.” Provérbios 11:17.

Elas provavelmente não cederam às tentações de consumo da sua época. Cuidaram do seus bens e deixaram sua família amparada financeiramente após a sua partida.

“O homem de bem deixa uma herança aos filhos de seus filhos, mas a riqueza do pecador é depositada para o justo.” Provérbios 13:22.

Provérbios adverte sobre fiança:

Quem é diligente, não fica como fiador nos negócios de ninguém. Ficar como fiador é um risco às suas finanças, caso a outra pessoa não possa honrar o compromisso.

  • “Filho meu, se ficaste por fiador do teu companheiro, e te prendeste nas palavras da tua boca; vai, humilha-te, e importuna o teu companheiro”. Provérbios 6:1-3.
  • “Decerto sofrerá severamente aquele que fica por fiador do estranho, mas o que evita a fiança estará seguro.” Provérbios 11:15.
  • “Não estejas entre os que se comprometem, e entre os que ficam por fiadores de dívidas.” Provérbios 22:26.
  • “Pois se não tens com que pagar, deixarias que te tirassem até a tua cama debaixo de ti?” Provérbios 22:27.

Provérbios também ensina a ser precavido:

  • Ter reserva para emergências: “A formiga prepara no verão o seu pão; na sega ajunta o seu mantimento”. Provérbios 6:8.
  • Não acumula dívidas, compra à vista: “O que trabalha com mão displicente empobrece, mas a mão dos diligentes enriquece”. Provérbios 10:4.
  • O rico domina sobre os pobres e o que toma emprestado é servo do que empresta. Provérbios 22:7.

A honestidade faz parte da educação financeira, veja o que o livro de Provérbios diz:

Fazer negócios duvidosos é uma atitude reprovada por Deus:

“A riqueza de procedência vã diminuirá, mas quem a ajunta com o próprio trabalho a aumentará.” Provérbios 13:11.

“Balança enganosa é abominação para o Senhor, mas o peso justo é o seu prazer”. Provérbios 11:1.

“Melhor é o pouco com justiça, do que a abundância de bens com injustiça.” Provérbios 16:8.

O que Provérbios diz sobre ostentação?

A ostentação causa muitos prejuízos àqueles que têm o hábito de viver acima de suas posses:

  • Há alguns que se fazem de ricos, e não têm coisa nenhuma, e outros que se fazem de pobres e têm muitas riquezas. Provérbios 13:7.

O que Provérbios diz sobre trabalho:

Tenho certeza que muitas vezes você ouviu dizer que “o trabalho enobrece” durante a sua vida.

O livro de Provérbios reforça esse conceito ao longo dos seus capítulos, além de reprovar a preguiça. Veja estes versículos:

  • Não havendo bois o estábulo fica limpo, mas pela força do boi há abundância de colheita. Provérbios 14:4.
  • Em todo trabalho há proveito, mas ficar só em palavras leva à pobreza. Provérbios 14:23.
  • Não ames o sono, para que não empobreças; abre os teus olhos, e te fartarás de pão. Provérbios 20:13.

Como vimos, Provérbios nos mostra que manter as finanças organizadas é essencial para viver bem.

Josiane Silva

Olá, eu sou a Josiane Silva, mãe, avó e procuro servir a Deus. Amo estudar a bíblia para compreender o comportamento humano. Afinal podemos aprender muito com as histórias dos outros, não é mesmo? Como gosto muito de ler e de escrever, também trabalho como redatora freelancer.
Botão Voltar ao topo