O que significa ser um trinitário? 

Certamente já ouvi falar nas três pessoas Deus, o Pai, o Filho e o Espírito Santo, mas sabe o que significa ser um trinitário e como este conceito funciona no Cristianismo?

Neste artigo, vamos mostrar tanto o significado quanto em que se fundamenta a crença de um trinitário. Para saber mais sobre este assunto, continue lendo este artigo.

O que significa ser um trinitário?

Antes de tudo, compreenda que esse termo se origina da palavra “trino” e possui relação com a ordem da Santíssima Trindade. Na prática, significa que em Deus, existem três pessoas distintas, o Pai, o Filho e o Espírito Santo.

Esse é uma dos aspectos mais desafiadores do caráter de Deus para os cristãos, uma vez que seguindo a nossa lógica racional, isso não é possível.

A questão é que tirando a nossa racionalidade, nós sabemos intuitivamente que essa é a fundamentação vital para a existência da nossa fé.

Assim, entendemos que ser um trinitário significa crer que Deus possui três formas de existir, isto é, como o Criador de todas as coisas, como filho de si mesmo, e como Espírito que pode estar em todos os lugares.

Em que um trinitário acredita?

Um trinitário acredita na doutrina da trindade, ou seja, Deus é revelado em três pessoas. Estas três características são co-iguais, co-existentes e co-eternos; e o cristianismo é a única religião que ensina essa doutrina dessa maneira. 

Logo, um trinitário acredita que existe apenas um Deus com três características distintas.

Entenda essa posição de único Deus

Para entender a importância dessa ideia, devemos lembrar que a Escritura o descreve desta maneira, quer dizer, como único Deus. Confira!

“E Deus falou todas estas palavras: ‘Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei do Egito, da terra da escravidão. “Não terás outros deuses diante de mim. Não farás para ti imagem alguma do que há em cima nos céus, nem embaixo na terra, nem nas águas embaixo. Você não deve se curvar a eles ou adorá-los; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso…” (Êxodo 20:1-5)

“Ouve, ó Israel: O Senhor, nosso Deus, é o único Senhor.” (Deuteronômio 6:4)

Ao analisar essas duas passagens bíblicas concluímos que só existe um Deus, e que ninguém se compara a Ele. Além disso, entendemos que é o único digno de adoração, sob pena de cair em pecado de idolatria. 

O Filho e o pai são um

Para entender o lugar que ele ocupa como Pai, examinemos Hebreus 1:6 que diz: “E novamente, quando Deus traz o seu primogênito ao mundo, ele diz: “Que todos os filhos de Deus os anjos o adoram.”

Neste ponto e em outros versículos, se não fosse essa compreensão, poderia existir contradição nas palavras de Deus no Antigo Testamento de que não deveríamos adorar a outros deuses.

Então, precisamos pensar: O que há em Jesus para que o Criador ordenasse que devemos adorá-lo?

A partir dessa reflexão só podemos inferir que Jesus compartilha da mesma natureza divina de Deus. Caso contrário, haveria uma contradição no que se refere a característica divina.

Assim, chegamos a conclusão lógica de que Jesus é igual ao Pai. Como tal, devemos adorá-lo da mesma maneira que adoramos a Deus.

Deus e o Espírito Santo são um só

Muitas pessoas não creem no Espírito Santo, porém, não devemos diminuir sua autoridade ou divindade, até mesmo porque, a Escritura não faz isso. 

Ao examinarmos as escrituras, por exemplo, percebemos a presença do Espírito Santo em todo momento. Por exemplo, durante a criação, temos: “movendo-se sobre as águas” (Gênesis 1:2). 

Encontramos relatos da presença do filho no Evangelho, por exemplo, diz que Jesus estava presente: “No princípio era o Verbo” (João 1:1).

Em Atos 5, temos um relato quando Pedro diz a Ananias: “você mentiu para o Espírito Santo” e, mais tarde, diz: “você não mentiu para os homens, mas para Deus”. 

Logo, essas palavras da Escritura deixam claro que o Espírito Santo também é Deus.

Diante dessa explicação, entendemos que ser um trinitário significa crer que Deus, Jesus e o Espírito Santo são as mesmas pessoas. 

Além disso, aceitar que jamais alcançaremos essa compreensão por meio do nosso raciocínio lógico e da nossa educação, mas por meio de humilhação pedindo que ele nos mostre como caminhar com ele aceitando cada vez mais a sua natureza divina e misteriosa.

Gostou de saber sobre o que significa ser um trinitário? Deixe seu comentário abaixo.

Josiane Silva

Olá, eu sou a Josiane Silva, mãe, avó e procuro servir a Deus. Amo estudar a bíblia para compreender o comportamento humano. Afinal podemos aprender muito com as histórias dos outros, não é mesmo? Como gosto muito de ler e de escrever, também trabalho como redatora freelancer.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você precisa desativar o Adblock para continuar navegando em nosso site!