O TikTok é perigoso para crianças?

Porque sim, e sim. Agora, vou explicar melhor.

O fato é que não é segredo que as redes sociais como um todo, está repleta de armadilhas e lugares perigosos. Lemos sobre isso em todos os lugares. 

Até a Internet se expõe como perigosa, e plataformas de redes sociais como o TikTok, impõem limitações de idade para quem pode se inscrever e se registrar.

A questão maior é, pode haver algum valor no TikTok para crianças?

Há vários pontos a considerar:

1. Siga o limite de idade

O TikTok afirma que uma criança deve ter treze anos ou mais para registrar uma conta no TikTok. Sejamos honestos, nenhuma idade mágica prepara uma criança para ver parte do conteúdo do TikTok, mas pelo menos há uma espécie de orientação.

É muito fácil falsificar uma idade e obter uma conta. Não. Apenas não. Eles não tem treze? Então não deixe que eles se inscrevam e finjam ter dezesseis anos. 

Não há realmente nenhuma razão para que uma criança com menos de treze anos precise ter acesso ao TikTok, e supervisioná-lo se tornará um pesadelo completo. O TikTok não é facilmente supervisionado.

2. Considere os controles dos pais

Existem maneiras de bloquear parte do conteúdo que seu filho pode visualizar. Você pode fazer isso assinando outros aplicativos que atendem a esse propósito específico, utilizando os controles dos pais do Google, e etc.

Não é uma má ideia colocá-los em movimento para ajudar a proteger contra obscenidades, sensualidade e assim por diante. 

Mas também é importante perceber que essas não são maneiras infalíveis de proteger seus filhos, nem devem ser o tomador de decisão final na bússola moral de sua família.

3. O TikTok é engraçado e divertido

Há muito o que amar no TikTok. Desde danças engraçadas a erros de gravação, resenhas de livros, devoções bíblicas de trinta segundos e muito mais, as crianças podem realmente ter acesso a muito conteúdo inofensivo e até benéfico. 

Ao se inscrever, você pode ajudar seu filho a selecionar em quais tópicos ele está interessado e, quanto mais ele assistir e gostar, mais o TikTok transmitirá esses tipos de vídeos para a visualização do seu filho. 

Assim, hipoteticamente, isso elimina a maioria do conteúdo grosseiro e nojento que você preferiria evitar. 

Mas lembre-se de que os algoritmos não devem ser guardiões do conteúdo do seu filho. Os algoritmos podem mudar a qualquer momento.

Se você está pensando em deixar seu filho obter o TikTok, não o considere automaticamente como “lixo”, antes converse com seu filho, sobre essa rede social. 

Seu filho não vai acreditar em você; nem você vai acreditar quando assistir. É divertido e, às vezes, apenas a pausa que você precisa da vida.

4. Armadilhas ocultas estão no TikTok

Dependendo de onde sua família está em diferentes questões, você provavelmente encontrará algumas armadilhas ocultas no TikTok que não estão na lista esperada. 

Alguns deles seriam vídeos engraçados definidos para clipes de música populares que escorregam em palavreado sexual, linguagem grosseira e muito mais. O vídeo em si pode ser inofensivo, mas a música pode ser contrária, com o que você quer que seu filho ouça.

Há também vídeos ao vivo do TikTok. São vídeos feitos por usuários do TikTok que transmitem ao vivo e os vídeos acontecem em tempo real. Legais ou não, esses usuários geralmente apontam sua câmera para uma tela de cinema/tv, e você pode assistir ao filme com eles. 

Outras armadilhas ocultas, podem ser mulheres seminuas em vídeos engraçados, agendas específicas ou sistemas de crenças adotados e espalhados por todo o TikTok, exposição a acidentes traumáticos, ou histórias de morte e muito mais. 

Alguns dos TikTok devem ser sensacionalistas, mas alguns deles também são pessoas genuínas colocando suas vidas lá fora para o mundo ver.

5. O lado assustador do TikTok

Sejamos honestos. Pensamos no TikTok e em nossos filhos assistindo a conteúdo criado por outras pessoas. Mas seu filho pode criar seu próprio conteúdo e enviá-lo também.

Claro, há o óbvio “e se meu filho gravar um vídeo impróprio e for divulgado?” – uma forma de “sexting” do TikTok? O TikTok tem suas diretrizes da comunidade de não nudez, mas as coisas podem escapar dos algoritmos, então não assuma que ele bloqueará automaticamente a resposta do seu filho ao desafio de um amigo de postar um vídeo ousado. 

E então, ainda mais assustador, se seu filho não tiver opções específicas bloqueadas em um vídeo que ele envia, o vídeo dele pode ser “duelado” e usado por outras pessoas. 

Isso significa que, mesmo que o vídeo enviado pelo seu filho seja inocente, alguém pode pegá-lo e usá-lo para meios nefastos, se as caixas certas não estiverem marcadas. 

Agora, se a conta do seu filho estiver correta para a idade dele, e se ele tiver menos de dezesseis anos, a última que pesquisei, o TikTok marcará automaticamente suas contas como “privadas”. 

Mas vamos supor que, quando eles se inscreveram, eles não colocaram sua data de nascimento real, seu filho de treze anos pode, de acordo com o conhecimento do TikTok, ter dezessete. 

Como qualquer meio de comunicação social, o meio de comunicação em si não é necessariamente mau. Muitos desses meios, incluindo o TikTok, têm diretrizes de conteúdo e medidas configuradas para filtrar e excluir vídeos que não estão alinhados com suas políticas.

Mas, novamente, isso ocorre apenas quando o TikTok é alertado sobre eles, ou os encontra por meio de seus próprios métodos. 

Então, as coisas podem passar e você, como pai, precisa estar ciente disso e tomar suas próprias decisões.

Então, o TikTok é realmente perigoso para crianças? 

Tudo tem o potencial de ser perigoso para as crianças. 

É aqui, mais uma vez, que o argumento a favor do envolvimento dos pais se torna fundamental. 

Eduque-se como pai. Não acredite na minha palavra, na palavra do TikTok ou na palavra de uma pessoa aleatória. Descubra por si mesmo. O que é perigoso para o seu filho, pode não ser tão perigoso para o meu, por qualquer motivo.

É hora de os pais deixarem de procurar meios de comunicação social, para proteger seus filhos ou outros para informá-los sobre o que é bom, ruim e feio. 

É hora de os pais, obter esses aplicativos para si mesmos e aprendê-los. Usa-los. Faça seus próprios julgamentos. Não assuma que todos os aplicativos das redes sociais, são perigosos e também não assuma que todos são inofensivos.

A rede social é apenas isso, social. Ele expõe seu filho a um mundo de pessoas aleatórias que você não conhece. 

Então, você vai deixá-los sozinhos lá, ou vai segurar a mão deles?

Autora: Jaime Jo Wright

Botão Voltar ao topo