O que pano de saco e cinzas significam na Bíblia?

O que pano de saco e cinzas significam na Bíblia? Buscaremos responder essa questão e também como aplicar para nossa realidade hoje. Veja então…

Deus projetou os humanos como seres holísticos. Isso significa que somos um todo unificado e interativo que abrange nossas emoções, pensamentos, relacionamentos, corpos e vidas espirituais. 

Quando estamos cansados ​​e solitários, nos aconchegamos confortavelmente no sofá em nossas calças de moletom com uma xícara de chá e assistimos a filmes para fornecer uma saída para nossa experiência emocional. 

Quando nos vestimos de terno e gravata, nos sentimos mais profissionais e importantes. Nossa aparência influencia como nos sentimos e representa nosso estado emocional e identidade para o mundo. 

Usamos cores vivas na primavera para representar vida e energia, tons de terra no outono para demonstrar as mudanças de cores do outono.

Através do vestuário, demonstramos nosso estado emocional.

A roupa, portanto, expressa publicamente quem somos, como nos sentimos e o que representamos.

O que são pano de saco e cinzas?

Usamos nossas roupas e acessórios como sinais de identidade, humor e expressão. 

Alguns looks demonstram um clima leve e positivo, cores fortes proclamando luz e vida. 

Geralmente, preto e outras cores escuras são usadas durante períodos de luto. 

Saco e cinzas são o vestuário do mundo antigo para expressar tristeza em tempos de luto. 

O luto, a expressão da dor, é desconfortável. É um processo necessário pelo qual uma pessoa honra a perda do relacionamento e, embora difícil, não pode ser evitado.

O luto é o processo pelo qual você expressa os sentimentos de dor e perda. 

Sackcloth é um pano grosso e solto, muitas vezes feito de pelo de cabra preto que era usado por enlutados para significar período de luto ou como uma expressão de arrependimento. 

O desconforto da roupa servia então, como manifestação física do desconforto da perda ou arrependimento. 

As cinzas acompanhariam esta vestimenta em tempos de desastre ou arrependimento, ilustrando ruína e destruição como de fogo e guerra. 

Saco e cinzas eram portanto, um símbolo externo do estado interior, demonstrando arrependimento, tristeza ou humildade.

Inscrição biblioteca do pregador-1

Onde a Bíblia fala sobre pano de saco e cinzas?

O uso de pano de saco e cinzas, estão nas Escrituras. Veja alguns textos:

Jacó quando ele pensou que havia perdido seu filho José em Gênesis 37: 34

“Então Jacó rasgou as suas vestes, pôs saco sobre os seus lombos e lamentou a seu filho muitos dias.”

Davi lamentando a morte de Abner em 2 Samuel 3:31

“Disse, pois, Davi a Joabe, e a todo o povo que com ele estava: Rasgai as vossas vestes; e cingi-vos de sacos e ide pranteando diante de Abner. E o rei Davi ia seguindo o féretro.”

Mardoqueu para expressar medo público, preocupação e luto pelo decreto de Hamã para destruir o povo de Israel em Ester 4:1

“QUANDO Mardoqueu soube tudo quanto se havia passado, rasgou as suas vestes, e vestiu-se de saco e de cinza, e saiu pelo meio da cidade, e clamou com grande e amargo clamor.”

O povo de Nínive em resposta arrependida à mensagem de Jonas no cap. 3:5-6 

“5 E os homens de Nínive creram em Deus; e proclamaram um jejum, e vestiram-se de saco, desde o maior até ao menor. 6 Esta palavra chegou também ao rei de Nínive; e ele levantou-se do seu trono, e tirou de si as suas vestes, e cobriu-se de saco, e sentou-se sobre a cinza.

Saco e cinzas demonstravam um lugar de humildade e degradação, condições do arrependimento ou em tempos de dor e perda. 

Quando a Bíblia aborda pano de saco e cinzas juntos, essa apresentação externa demonstra uma condição interna de prostração, contrição e arrependimento, aproximando-se de Deus e dos outros com humildade.

O que o pano de saco e as cinzas significam na Bíblia?

Como observado, o uso do pano de saco expressava tristeza em períodos de luto. 

A vestimenta de pelo de cabra preto declarava publicamente um relacionamento perdido e a turbulência emocional do usuário para aqueles ao seu redor. 

O uso de cinzas com a roupa de saco foi para demonstrar tristeza pelo pecado, arrependimento, emergência ou desastre nacional, ou solidariedade e compaixão no luto e desastre de outros (Jó 2:12).

As cinzas, um material queimado ou pó, demonstram nossa finitude, como criaturas do pó e que voltam ao pó e humildade. 

Há um padrão comportamental consistente de arrependimento representado por pano de saco e cinzas em toda a Escritura

Quando uma pessoa era confrontada pelo seu pecado, rasgava-se suas roupas trocando por pano de saco. Colocava-se então, cinza sobre a cabeça, muitas vezes acompanhada de jejum e oração (Ester 4: 1-3; Neemias 9:1; Daniel 9:3; Isaías 58:5; Lucas 10:13). 

Saco e cinzas significam, portanto, uma posição de arrependimento. (Lamentações 2: 10).

A glória e o orgulho das roupas finas são mudados para pano de saco e cinzas, com humildade e arrependimento do coração, buscando perdão através da graça e misericórdia (Mateus 11:21).

O que pano de saco e as cinzas significam hoje?

Existem algumas culturas hoje, conforme nas Escrituras, com profissionais liderando lamentos e choros, espelhos cobertos com panos escuros para significar luto.

As roupas pretas existem, mas não parece haver uma expressão de arrependimento e humildade expressa.

As Escrituras não distinguem entre estados internos e estados externos, mas reconhecem que o pecado afeta todos os nossos relacionamentos com Deus, consigo mesmo e com os outros.

E, o arrependimento que ocorre internamente é expresso externamente para apoiar o processo de recuperação e mudança.

Saco e cinzas fornecem, portanto, os meios para sinalizar aos outros o que estamos vivenciando. 

Precisamos da oportunidade de lamentar uns com os outros, arrepender-nos e buscar humildemente o perdão uns dos outros e de Deus. 

Embora pano de saco e cinzas não sejam necessários, pois Deus olha para o coração da pessoa e não apenas para a aparência externa (1 Samuel 16:7), devemos ter atitudes de humildade e arrependimento.


Seth L. Scott – Adaptado por Biblioteca do Pregador.

Botão Voltar ao topo