Quem foi Priscila na Bíblia: A história da cooperadora do Apóstolo Paulo

Essa destemida mulher chamada Priscila, juntamente com seu esposo Áquila, ficaram conhecidos exatamente por desenvolveram uma grande obra evangelística ao lado Apóstolo Paulo. Priscila representava o retrato de uma mulher forte e competente, ativamente envolvida no ministério cristão.

A única certeza que temos nessa vida é que fomos escolhidos por Deus, para uma grande obra. Seja no lar, no trabalho, em seu próprio bairro ou Cidade, até mesmo escolhidos para desenvolver uma grande obra em outros países.

Sendo assim, vamos nos aprofundar um pouquinho mais na bíblia para conhecermos a fundo quem foi Priscila, qual a sua história e as lições que podemos aprender com a cooperadora do Apóstolo Paulo.

Quem foi Priscila na Bíblia Sagrada?

Priscila foi uma cooperadora do Apóstolo Paulo, juntamente com seu esposo Áquila, eles eram amigos íntimos do Apóstolo Paulo.

Uma mulher destemida, forte, competente, hospitaleira. Embora ela trabalhava junto com seu esposo na fabricação de tendas, ela encontrava tempo para aprender das Sagradas Escrituras.

Essa mulher teve um papel muito importante, na história da igreja primitiva, contribuindo de todas as formas para a propagação do evangelho.

Quantas vezes Priscila é citada na Bíblia?

O nome de Priscila aparece 6 vezes na bíblia sagrada, mais precisamente no Novo testamento.

Passagens da bíblia que citam sua história: Atos 18: 2-19-26; Romanos 16: 3-4; 1 Coríntios 16:19; 2 Timóteo 4:19.

História de Priscila na Bíblia Sagrada

A história de Priscila ficou conhecida depois que ela e seu esposo tiveram que deixar Roma, por um ordem do imperador, pela qual ordenava a expulsação de todos os judeus.

Isto nos indica que Priscila e seu esposo Áquila já eram cristãos.

Eles chegaram em Corinto, por volta do final dos anos 50 d.C., onde trabalhavam como fabricantes de tendas que conheceram o Apóstolo Paulo, se tornando assim grandes amigos. A amizade deles se transformou em uma parceria para a propagação do Evangelho.

Priscila e Áquila acompanharam Paulo até a Cidade de Éfeso e por vários anos, eles lideraram a igreja em Éfeso. Além de lidararem a igreja, tiveram uma grande influência na vida e no ministério de Apólo.

Eles viajaram muito em prol do trabalho missionário. Suspeita-se que eles retornaram para Roma em algum momento, após passar a revolta.

A Bíblia não nos diz qual o fim de Priscila e de seu esposo Áquila, porém, muitos estudiosos acreditam que eles foram martirizados em Roma.

Enfim, a história de Priscila mostra que foi uma mulher companheira, independente das cirscuntâncias, ela se mostrou temente a Deus, fazendo com que outros também se aproximassem mais de Deus, conhecendo-o em sua totalidade.

Qualidades de Priscila na Bíblia 

As qualidades de Priscila na Bíblia não são tão fáceis de identificar porque, embora ela seja mencionada em vários versículos, poucos detalhes são revelados sobre ela. 

No entanto, encontramos o suficiente para aprendermos algumas coisas tremendas sobre ela.

Priscila era uma judia que se tornou cristã 

Priscila e seu marido Áquila eram judeus que viviam em Roma. O imperador da época expulsou os judeus porque alegou que havia muitos levantes judaicos. Logo após a ascensão de Jesus aos céus, os discípulos foram cumprir a missão que Jesus tinha-os designado para fazerem. Fazendo assim com grandes levantes e revoltas acontecesse em Roma.

Sendo assim, o imperador Romano decretou que todos os judeus saísssem de Roma. A bíblia declara que Priscila e seu esposo Áquila, partiram então para Corinto, onde conheceram o Apóstolo Paulo e tiveram uma maravilhosa oportunidade de serem discipulados e treinados pessoalmente por Paulo.

Priscila era uma mulher trabalhadora

Priscila era uma mulher que trabalhava juntamente com seu esposo Áquila, na fabricação de tendas. Depois de terem conhecido o Apóstolo Paulo, além de trabalharem neste serviço, ainda prestavam serviços missionários.

Priscila foi uma mulher hospitaleira e generosa

“Saudai também a igreja que está em sua casa.” (Romanos 16:5)

Ela abriu as portas de sua casa, para que os cultos fossem realizados ali, pois naquele tempo não existia ainda um templo de adoração à Deus.

Embora eles viajassem bastante, aonde eles estivessem as portas eram abertas para que o evangelho fosse anunciado.

Somente uma mulher hospitaleira e genrosa, poderia tomar essa decisão. Vemos que ela não se importa com nada mais, a não ser anunciar o verdadeiro evangelho.

Priscila era mulher de fé e coragem

“Saudai a Priscila e a Áqüila, meus cooperadores em Cristo Jesus. Os quais pela minha vida expuseram as suas cabeças; o que não só eu lhes agradeço, mas também todas as igrejas dos gentios.” (Romanos 16:3-4)

Na igreja primitiva somente pessoas de coragem e de muita fé, poderiam se tornar missionários. Pois nesse período da igreja, os Judeus odiavam os cristãos e os romanos tinham sede por exterminá-los. Muitos cristãos e até mesmo os discípulos de Jesus perderam suas vidas.

Quando Priscila e seu esposo se tornam amigos de Paulo, saindo com ele para anunciar o evangelho, eles estavam abertamente arriscando suas vidas. Porém, a fé estava firmada em Jesus e de nada tinham medo.

Priscila era uma amiga dedicada e fiel

Quando Priscila e Áquila conheceram Paulo em Corinto, eles passaram 18 meses juntos, fabricando e vendendo tendas, juntos. Apregoando o evangelho de Jesus, juntos.

A amizade deles era tão verdadeira que quando Paulo decidiu viajar para Éfeso, eles foram juntos.

Priscila como mulher poderia recusar, pois deixaria tudo ali ou poderia pensar, pelo fato de ir para algum lugar estranho. Porém, ela sendo uma amiga verdadeira e fiel aceitou o desafio e partiu junto com seu esposo e seu amigo Paulo.

Priscila era uma mulher sábia e amante das Escrituras

Passados alguns dias, em Éfeso. Priscila se depara com uma situação um tanto preocupante. Ao chegarem a sinagoga, aqui já vemos que Priscila estava disposta a aprender mais das Escrituras, porém, ela e seu esposo Áquila, se deparam com um jovem chamado Apólo fazendo um sermão.

Porém, Priscila era uma mulher sábia e mesmo percebendo que o sermão de Apólo estava incompleto, ela teve a ideia de convidá-lo para ir até sua casa. Ali em particular e juntamente com seu esposo, eles teriam a oportunidade de explicar toda a história de Jesus.

Priscila poderia ter chamado a atenção de todo o público, dizendo que o sermão de Apólo estava incompleto, deixando-o extramente sem graça e até mesmo fazendo-o desanimar. Porém, a sabedoria dessa mulher era tremenda.

Lições de Priscila na Bíblia 

As qualidades de Priscila nos trazem grande admiração. Há tantas lições que podemos aprender essa grande mulher.

1. Todas as coisas contribuem para o bem dos que amam a Deus.

“E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.” (Romanos 8:28)

Priscila e seu esposo Áquila, passaram por um momento dificil aonde moravam, pois eles foram expulsos de Roma por serem Judeus. No momento provavelmente, ficaram um tanto abalados, pois tinham que abandonar seu negócio, sua casa e tudo que possuíam lá.

Porém, ao serem expulsos eles foram para Corinto, Cidade essa em que Paulo estava habitando. E foi nessa ocasião que eles se conheceram e se tornaram grandes amigos. Amizade essa que durou para a vida toda. 

Priscila, Áquila e Paulo passaram 18 meses juntos em Corinto, aprendendo a palavra do Senhor diretamente com Paulo, das quais começaram a desenvolver o chamado missionário juntos. 

Esse versículo de Romanos se tornou algo tão real para eles, pois viveram na pele essa experiência.

2. Sua casa precisa ser um local de Adoração à Deus

Uma das coisas que nos chama a atenção na vida dessa mulher chamada Priscila, é que sua casa era um verdadeiro local de adoração.

Será que seu lar é um lugar de Adoração?

Não importa o dia e o horário, se sua casa é luxuosa ou apenas um casebre, o que importa é se ela é um lugar de Adoração verdadeira, se este ambiente é consagrada à Deus, se as pessoas se sentem bem quando estão em sua casa.

3. Seja uma esposa fiel e companheira

Priscila e Áquila ficaram conhecidos como um dos casais exemplares da Bíblia Sagrada

Ela era tão companheira em tudo, que até pareciam ser dois amigos. Eles prezavam pela companhia um do outro. Ela estava sempre presente nas viagens missionárias, evangelizando e falando do amor de Jesus.

Que possamos aprender com essa mulher, cativar nosso cônjuge pela fidelidade, lealdade e companheirismo.

4. Cumpra o seu chamado

Deus nos chamou para desempenhar uma função no Seu reino. Com Priscila não era diferente, ela foi chamada para ser uma auxiliadora no ministério do Apóstolo Paulo se tornando uma missionária

Priscila realizou o seu chamado com muita excelência. Não poupou sua vida, mas gastou-a em prol do reino de Deus.

Você já sabe qual é o seu chamado?

Conclusão da história de Priscila na Bíblia

Enfim, Priscila nos ensina grandes lições, sendo uma líder da igreja primitiva, notada pela sua hospitalidade, trabalhando lado a lado com seu esposo, sendo grandes amigos do Apóstolo Paulo.

Juntos nos deixaram um legado de fé, coragem, lealdade e muito amor pelas almas.

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo