Sermão sobre Noé em Gênesis 6

Esboço de Sermão sobre Noé em Gênesis 6 com o tema: Noé continuou construindo. Esboço de pregação expositiva em Gênesis 6:11-17.

Título deste Sermão: Noé continuou construindo

Texto deste Sermão sobre Noé: Gênesis 6:11-17

Introdução deste Sermão sobre Noé

O mundo tornou-se tão pecaminoso que o Senhor decidiu destruir toda a carne. Noé, porém, achou graça aos olhos
do Senhor.

Ele era justo em sua geração. Ele andou com o Senhor. O Senhor então o escolheu para levar a mensagem de julgamento vindouro.

O homem tornou-se muito perverso. Toda imaginação do coração era má continuamente. A terra estava cheia de violência (v11).

A geração de Noé foi provavelmente muito pior do que a nossa, quando ouvimos e lemos sobre as notícias da violência em nossos dias e tempos.

I. Noé continuou construindo a arca apesar da depravação.

A. O personagem.

1. Deus descreve o povo como perverso e eles tinham imaginações perversas.

a. A imaginação tem a ver com o pensamento e o planejamento no coração.
b. Tem a ver com os pensamentos que precederam os atos.

2. As pessoas fazem o que fazem por causa do que são.

a. Eles eram perversos e, portanto, tinham pensamentos perversos e faziam coisas perversas.
b. Deus viu que a maldade do homem era grande.
c. Homens iníquos não parecem pensar que estão agindo mal, mas Deus sim.

3. Deus disse que o mundo estava cheio de violência.

a. Quando as pessoas são más, elas fazem coisas más.
b. Isso inclui ser violento em seu comportamento.
c. O coração clama a Deus quando ouvimos e lemos sobre os atos perversos de nossa geração.

B. A conduta.

1. Uma coisa que provou que eles eram perversos era que eles eram violentos em seu comportamento.
2. Sua conduta refere-se à sua ação ou comportamento.
3. A vontade de caráter de uma pessoa se expressa em sua conduta ou na maneira como a pessoa caminha na vida.
4. Deus disse que “toda a imaginação dos pensamentos do seu coração era somente má continuamente”. (v5)

C. O continuamente.

1. O caráter e a conduta são produto de nossos pensamentos e imaginação.

“Não é o que entra pela boca que contamina o homem, mas o que sai da boca, isso contamina o homem. Mas o que sai da boca sai do coração e contamina o homem.” (Mateus 15:11 e 18).

2. O comportamento violento e perverso resulta de pessoas imaginando maldade… pensamentos podem ser transformados em ações.
3. Quanto mais fundo você se aprofunda no pecado, mais fundo você tem que ir para obter alguma satisfação temporária dele.
4. As pessoas se tornam escravas de seus desejos pecaminosos e devem se tornar mais perversas para encontrar alguma satisfação.

D. A consagração.

1. Noé continuou fazendo o que Deus lhe disse para fazer.

a. Noé não se comoveu com a depravação de sua geração.
b. Ele continuou fazendo o que Deus lhe disse para fazer.

2. A depravação provavelmente apontou para ele a ira de Deus e o fato do julgamento de Deus.

a. Os espiritualmente maduros veem as coisas de forma diferente do que as pessoas de mentalidade mundana veem.
b. Devemos consagrar-nos ao Senhor ao olharmos para um mundo pecaminoso.

3. O mundo está nos chamando para nos unirmos a ele, mas devemos procurar obedecer a Mateus 6:33.

“Mas buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão
acrescentadas.” (Mt. 6:33)

II. Noé continuou construindo a arca apesar do engano.

A. A carne.

1. O pecador deve se sentir justificado.
2. A maioria das pessoas quer ser informada de que está fazendo o certo ao fazer o errado.
3. Eles clamam para que alguém diga que suas ações estão corretas.
4. O pecador quer ser informado de que ele não é culpado por seu pecado.

a. Chame isso de doença.
b. Chame isso de seu entorno.
c. Coloque a culpa em qualquer um e em todos, mas não chame isso de pecado!

5. A carne quer sentir que é certo fazer o errado. (Título da música: Como pode ser errado quando parece tão certo?)

a. Fale com qualquer um que seja culpado de pecado e eles lhe darão uma razão pela qual eles fizeram isso
b. A razão parece tornar o pecado certo, mas você simplesmente não pode estar certo fazendo o errado!

B. O falso.

1. Alguns provavelmente chegaram aonde Noé estava construindo a arca e disseram:

a. “Deus me disse para dizer a você para parar de construir a arca.”
b. O velho Noé está louco… ele enlouqueceu… ele está falando de um dilúvio e nós nunca vimos nenhuma chuva.
c. Como pode uma névoa inundar a terra?
d. Você pode apenas pensar no que a natureza pecaminosa levou homens e mulheres a dizer a este fiel servo de Deus enquanto ele trabalhava na construção da arca.

2. Aqueles que não creem na Palavra de Deus têm suas maneiras de tentar provar que aqueles que estão fazendo o certo estão fazendo o errado.
3. Observe o que Paulo escreveu em I Timóteo 4:1.

“Ora, o Espírito fala expressamente que nos últimos tempos alguns apostatarão da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores e doutrinas de demônios.” (1Timóteo 4:1)

C. O falso.

1. Satanás sempre tenta neutralizar o que Deus faz usando falsificações.
2. O diabo está no negócio religioso em grande estilo.
3. Veja então 2 Coríntios 11:13-15.
4. Muitos do povo de Deus não acreditam que Satanás tem igrejas e pregadores que se opõem à verdade.
5. A Palavra de Deus nos diz que Satanás faz exatamente isso.
6. Observe então 1 João 4:1

“Amados, não creiais a todo espírito, mas provai se os espíritos são de Deus; porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo.”

7. Temos a obrigação de obedecer a este versículo.

a. Coloque os espíritos para testar ou experimentá-los.
b. Meça o que você ouve e vê pela Palavra de Deus.

D. O medo.

1. Noé tinha reverência e respeito por Deus.
2. Ele andou com Ele.
3. Ele era perfeito e achou graça aos olhos do Senhor.
4. Ele continuou construindo a arca apesar do engano e falsidade ao seu redor.
5. Devemos, portanto, respeitar e reverenciar a Deus apesar da situação ou condição da humanidade.

III. Noé continuou construindo a arca apesar do desafio.

A. O aviso.

1. Noé era um pregador de justiça. (2 Pedro 2:5)
2. O dilúvio veio anos depois que Noé começou a construir a arca e a pregar.
3. Ele os advertiu sobre o julgamento de Deus.
4. Ele pregou enquanto construía a arca.
5. Agradeça a Deus pelas pessoas que estão dispostas a obedecer ao Senhor.
6. Nós também devemos pregar e ensinar a Palavra de Deus.
7. Devemos, portanto, alertar as pessoas sobre o julgamento que está por vir.

B. A vontade.

1. Paulo nos diz para nos prepararmos para a geração do fim dos tempos.
2. Ele os descreve em 2 Timóteo 3:1-13, e certamente soa como nossa geração hoje.
3. A geração de Noé não quis ouvir; eles eram perversos, violentos e desafiadores.
4. Eles iriam viver do seu jeito, apesar do julgamento vindouro de Deus.
5. Homens e mulheres podem escolher fazer o que quiserem mesmo sabendo que um dia enfrentarão Deus e prestarão contas.

Conclusão deste Sermão sobre Noé

A. Resumo

1. Nada impediu Noé de obedecer à Palavra de Deus.
2. Ele apenas continuou construindo a arca e pregando a justiça.
3. Então, hoje, após ouvir esse sermão, você vai parar?
4. Seremos influenciados por este mundo ou causaremos impacto nas pessoas ao nosso redor?
5. Com quem nos identificamos neste relato bíblico? Noé ou aqueles que riram e zombaram?
6. A misericórdia de Deus é grande e Sua graça é maravilhosa.

B. Apelo

1. Esta manhã, se você nunca experimentou a graça de Deus, venha e aceite Jesus Cristo como seu Salvador.
2. Cristão, por que não vir e se comprometer com uma vida de obediência, independentemente do que acontece neste mundo ao nosso redor?

Botão Voltar ao topo