5 Lições Poderosas da Oração do rei Asa

A oração do rei Asa, registrada em 2 Crônicas 14:11, é um poderoso exemplo de como a comunicação direta com Deus pode moldar o curso da história e fortalecer nossa fé.

Neste estudo, aprenderemos profundamente essa oração e as lições inspiradoras que podemos tirar dela. Está preparado para aprender a orar com o exemplo de Asa? Então vamos começar com uma leitura da oração:

Então Asa clamou ao Senhor, o seu Deus: “Senhor, não há ninguém como tu para ajudar os fracos contra os poderosos. Ajuda-nos, ó Senhor, ó nosso Deus, pois em ti pomos a nossa confiança, e em teu nome viemos contra este imenso exército. Ó Senhor, tu és o nosso Deus

2 Crônicas 14:11 – NVI

Qual é o contexto da oração de Asa em 2 Crônicas 14:11?

A oração de Asa em 2 Crônicas 14:11 ocorre durante o reinado do rei Asa de Judá. O contexto é uma situação de ameaça iminente, na qual Asa e o reino de Judá estão enfrentando um exército etíope massivo liderado por Zerá. Esta batalha representa um momento crítico na história de Judá.

Asa, reconhecendo a gravidade da situação e a inferioridade numérica de seu exército, clama a Deus por ajuda. Ele expressa sua confiança em Deus como seu Protetor e Guia, buscando a intervenção divina para derrotar os inimigos.

A resposta de Deus à oração de Asa é notável, pois Ele concede a vitória a Judá, permitindo que eles derrotem os etíopes. Esse contexto reforça a importância da fé de Asa e da eficácia da oração em tempos de adversidade e desafio.

Aqui estão 5 Lições Poderosas da Oração de Asa na Bíblia:

1. Clamou ao Senhor por socorro

Asa estava enfrentando uma ameaça iminente de inimigos poderosos. Sua primeira ação foi clamar ao Senhor por socorro.

Ele não tentou resolver o problema por conta própria, mas reconheceu sua necessidade de ajuda divina. Isso nos ensina que, em tempos de dificuldade, nossa primeira resposta deve ser buscar a Deus em oração.

2. Orou ao Senhor, que era seu Deus pessoal

Asa não apenas clamou a um Deus qualquer, mas ao Senhor, seu Deus pessoal. Ele tinha um relacionamento íntimo com Deus e confiava em Sua ajuda.

Aprendemos aqui sobre a importância de cultivar um relacionamento pessoal com Deus através da oração regular e da comunhão espiritual.

Se quer melhorar seu relacionamento com Deus, então leia: 7 Passos para um relacionamento íntimo com Deus através da oração.

3. Sua súplica foi bem determinada

“Então Asa clamou ao Senhor, o seu Deus: Senhor, não há ninguém como tu para ajudar os fracos contra os poderosos. Ajuda-nos, ó Senhor, ó nosso Deus…”

Asa não fez uma oração vaga, mas apresentou sua súplica de forma específica. Ele pediu a Deus para ajudá-lo contra seus inimigos.

Que lição poderosa! Isso nos ensina a sermos claros e específicos em nossas orações, expressando nossas necessidades e desejos diante de Deus.

4. Orou com confiança

“…pois em ti pomos a nossa confiança, e em teu nome viemos contra este imenso exército. Ó Senhor, tu és o nosso Deus.”

Asa demonstrou uma confiança inabalável em Deus. Ele não apenas pediu ajuda, mas declarou sua confiança em Deus como o Libertador e Protetor.

É importante confiar que Deus ouvirá e responderá às nossas orações, de acordo com Sua vontade.

5. Foi atendido completamente

12 O Senhor derrotou os etíopes diante de Asa e de Judá. Os etíopes fugiram, 13 e Asa e seu exército os perseguiram até Gerar. E caíram tantos deles que o exército não conseguiu recuperar-se 14 Destruíram todas as cidades ao redor de Gerar, pois o terror do Senhor havia caído sobre elas. Saquearam todas essas cidades, pois havia nelas muitos despojos. 15 Também atacaram os acampamentos onde havia gado e se apoderaram de muitas ovelhas, cabras e camelos. E então voltaram para Jerusalém.

2 Crônicas 14:12-15

A resposta de Deus à oração de Asa foi imediata e poderosa. Deus derrotou os inimigos de Asa, concedendo-lhe uma vitória esmagadora.

E eu quero te dar uma boa notícia: O Senhor Deus não mudou, mas, Ele é o mesmo hoje!

Amado(a), a oração fervorosa e confiante pode desencadear a intervenção divina em nossas vidas, resolvendo nossos problemas e nos concedendo vitória sobre nossos adversários.

Conclusão

A oração de Asa em 2 Crônicas 14:11 é uma lembrança poderosa da eficácia da oração e da importância de confiar em Deus em todos os momentos.

Podemos aprender com Asa a buscar a Deus em oração, a ser específicos em nossas petições, a orar com confiança e a esperar pela resposta divina.

Assim como Deus respondeu a Asa, Ele também ouvirá e responderá às nossas orações quando clamarmos a Ele com fé e humildade.

Se gostou deste estudo sobre a oração de Asa, então leia mais:

André Lourenço

Bacharel em Teologia, Graduado em Gestão da Qualidade e Pós Graduando em Psicologia nas Organizações, André possui mais de 17 anos de experiência na pregação e ensino da Bíblia. É Professor de cursos de Homilética e Hermenêutica. Já escreveu centenas de estudos bíblicos e ministra aulas na EBD. Se considera um eterno aprendiz e apaixonado por Compartilhar a Palavra de Deus!

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você precisa desativar o Adblock para continuar navegando em nosso site!