8 Erros no Casamento que mais causam Separação e Divórcio

Casamento uma ideia de Deus e, como tudo que vem do Criador, algo perfeito, essencial. Mas infelizmente as estatísticas confirmam que nunca houve tanta separação e divórcios, isto se dá pelo perigo de alguns erros cometidos no casamento. Portanto seguem aqui os 8 erros no casamento que mais causam separação e divórcio.

Esses são os 8 erros no Casamento que mais causam Separação e Divórcio

1. Infidelidade

A confiança dentro de um casamento é a chave para ter um relacionamento saudável, uma vez quebrada será difícil concertar. O inimigo de nossas vidas, prepara laços, emboscadas, e se não estivermos vigiando, pode ser uma porta aberta para esse erro. A bíblia nos orienta para fugir da mulher estranha:

Para te afastar da mulher estranha, sim da estranha que lisonjeia com suas palavras; Que deixa o guia da sua mocidade e se esquece da aliança do seu Deus; Porque a sua casa se inclina para a morte, e as suas veredas para os mortos.

Provérbios 2: 16-18

2. Mentiras

A mentira um erro tão sério no meio do casal, nenhum relacionamento é capaz de sobreviver às custas de mentiras e enganos. Muitas vezes achamos que uma pequena mentira não vai fazer mal algum, mas ao aplicarmos esse erro dentro do nosso casamento, estamos abrindo a porta para satanás adentrar, pois a bíblia sagrada nos afirma que satanás é o pai da mentira.

Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.

João 8: 44

3. Ciúmes excessivos

Dizem que o ciúme é o tempero do amor. Até pode ser, desde que nenhuma das partes derrame uma colher bem cheia dele no relacionamento. O ciúme excessivo pode resultar em brigas, vexames, até mesmo casos de violência. Esse sentimento excessivo e possessivo, muitas vezes sem razão, pode transformar o matrimônio numa prisão desagradável, na qual a confiança e o verdadeiro amor não podem sobreviver.

O amor é sofredor, é benigno; o amor não arde em ciúmes; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.

1 Coríntios 13: 4

4. Amarguras guardadas no coração

A amargura é um sentimento terrível originado a partir da sensação de tristeza contínua, angústia, rancor ou murmuração. Pessoas com amargura tem uma tendência natural de reclamarem e se queixarem de tudo. Quando atinge o nosso lar, esse sentimento causa perturbação e pode contaminar a muitos, disseminando sentimentos contrários à alegria, contentamento e satisfação.

Vós, maridos, amai a vossas mulheres, e não a tratem com amargura.

Colossenses 3: 19

5. Despreocupação com o romantismo e com o relacionamento

Muitos casais tem entrado na fase do comodismo. Não se preocupam com nada, para a mulher tanto faz, qualquer comida ou roupa, não se preocupam com o bem estar da sua família. Para o homem sua tarefa é só criticar, despreza suas obrigações como marido. Não se preocupam nem mesmo com os cuidados básicos de seu corpo. Esse erro no casamento pode causar a separação e o divórcio.

Ó preguiçoso, até quando ficarás deitado? Quando te levantarás do teu sono? Um pouco a dormir, um pouco a tosquenejar; um pouco a repousar de braços cruzados; Assim sobrevirá a tua pobreza como o meliante, e a tua necessidade como um homem armado.

Provérbios 6: 9-11

6. Falta de Domínio Próprio

Quantas vezes sentimentos ruins afloram em nosso ser, causando grandes prejuízos para o casamento, para os filhos, tudo isso porque não colocamos em prática um dos fruto do Espirito que é o Domínio Próprio, nem todos os nossos impulsos são bons. Quem vive apenas para satisfazer seus prazeres, sem se preocupar com as consequências, acaba caindo no pecado e consequentemente com a destruição da sua casa.

Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei.

Gálatas 5: 22-23

7. Hábito de discutir por qualquer coisa

Precisamos aprender a ter uma comunicação clara, em nosso relacionamento conjugal, assim vamos evitar as discussões “bobas”, ou sem necessidade. A falta de uma conversa sincera, de um diálogo aberto, trás um desgaste ao casamento, ninguém gosta de estar perto de gente que só reclama, tudo vira pretexto para discussão.

Melhor é um pedaço de pão seco com paz e tranquilidade do que uma casa onde há banquetes e muitas brigas.

Provérbios 17: 1

8. Falta de Perdão

Perdoar alguém que nos fere nunca é uma tarefa simples. Exige renúncia da nossa parte. Precisamos deixar o orgulho de lado, e entender que a falta de perdão é semelhante a um câncer que corrói a nossa alma. Lembre-se de uma coisa: “O perdão é a faxina do coração”. Portanto, libere o perdão e serás livre.

Pois, se perdoarem as ofensas uns dos outros, o Pai celestial também perdoará vocês. Mas, se não perdoarem uns aos outros, o Pai celestial não perdoará as ofensas de vocês.

Mateus 6: 14-15

Que você possa desfrutar com a sua família das mais ricas bênçãos de Deus dentro do seu lar.

Indiara Lourenço

Mãe, esposa e serva que ama fazer a obra de Deus. Contagia a todos com sua alegria está sempre incentivando com palavras motivadoras!
Botão Voltar ao topo