O que é a cura divina e acontece em nossos dias atuais?

Quando meu marido estava na faculdade bíblica, a turma mais nova deu seu testemunho na capela, já na primeira semana. Essa foi a semana em que conhecemos um homem que honestamente deveria ter morrido há muitos anos. Ele falou sobre as doenças que sofreu e como Deus o poupou da morte.

Seu testemunho me lembrou que a cura divina acontece ainda, em nossos dias atuais.

O que é cura divina?

A cura divina, é definida como um ato sobrenatural de Deus, que resolve uma doença física, emocional ou espiritual. 

É a cura alcançada somente por Deus através de Jesus e das orações de Seu povo. 

Alguns, contudo, diriam simplesmente que é a resposta da oração da fé, por saúde ou reconciliação. 

Acredito que poderíamos dar um passo adiante e dizer que a cura divina é o dom que Deus nos deu, quando enviou Seu filho para morrer por nós. 

“Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados”. (Isaías 53:5)

Exemplos de cura divina na Bíblia

1. Lázaro

No evangelho de João 11, vemos a história de Lázaro. Esse, afinal, pode ser o exemplo mais conhecido de Jesus curando uma pessoa. 

Jesus, era amigo de Lázaro e de suas irmãs Marta e Maria. O Mestre, foi avisado que seu amigo Lázaro estava enfermo, contudo, Jesus permaneceu aonde estava.

“Mandaram-lhe, pois, suas irmãs dizer: Senhor, eis que está enfermo aquele que tu amas. E Jesus, ouvindo isto, disse: Esta enfermidade não é para morte, mas para glória de Deus, para que o Filho de Deus seja glorificado por ela”. (João 11:3-4)

Quando Jesus decidiu voltar, ao chegaar em Betânia, Lázaro estava morto há quatro dias. 

Suas irmãs Maria e Marta estavam com o coração partido e zangadas com Jesus. Elas não tinham esperança de que Jesus pudesse trazer Lázaro de volta. Contudo, vemos que Jesus chorou, ao vê-las chorar.

À seguir, vamos ver Jesus clamando em alta voz, para Lázaro sair de sua sepultura. Então, Lázaro se levanta e sai curado.

2. O Filho do Oficial Real

Ainda no Livro de João 4:47-53, Jesus chegou à Galiléia e está visitando Caná. Esta foi a mesma cidade onde Ele transformou água em vinho

Enquanto estava lá, um oficial real de Cafarnaum vem até ele porque seu filho está doente. 

O oficial implorou, portanto, a Jesus, que viesse e curasse seu filho. Jesus, porém, lhe diz para ir e que seu filho viveria. 

Quando está se aproximando de sua casa, ele descobre que seu filho já está curado.

3. O paralítico, o cego e o mudo

Em Mateus 9:2-6, Jesus está voltando para o barco depois de libertar dois homens possuídos por espíritos malignos. 

Quando o barco atravessa a água, algumas pessoas trazem um paralítico até Ele (Mateus 9:2-6). Jesus, porém, diz ao homem para se levantar e andar, e ele o faz. 

Além disso, em Mateus 9, Jesus cura uma menina morta (Mateus 9:18-26) e depois encontra dois cegos. 

Jesus tocou seus olhos, e sua visão foi restaurada (Mateus 9:27-29). 

Npo entanto, depois de curar os cegos, Jesus é trazido a um homem que não pode falar e está endemoninhado. Jesus, então, expulsa os demônios, e o homem começa a falar (Mateus 9:32-33).

4. Naamã é curado da lepra

Naamã era um comandante pagão do exército sírio. Ele tinha muito poder, mas também tinha lepra. 

Saíram tropas da síria, da terra de Israel e trouxeram de volta uma jovem cativa. 

Ela, no entanto, ao perceber o problema de seu senhor Naamã, diz a sua senhora, que havia um profeta que poderia curá-lo de sua lepra. 

Eles, contudo, atendem ao que menina disse e vão em busca da cura.

Após, eles acreditarem e irem até o profeta Eliseu, Naamã recebe a ordem dada pelo profeta, e depois de muita relutância, mergulha no Rio Jordão sete vezes, como o profeta tinha ordenado e é curado (2 Reis 5).

5. Os Apóstolos curam muitos

Em Atos 5:12-16, não aprendemos somente, sobre uma cura divina. 

Mas na verdade, aprendemos sobre muitas curas. 

Afinal, Pedro e os apóstolos estavam realizando muitos sinais e milagres. 

As pessoas estavam conhecendo o Senhor. Eram os ensinamentos de Jesus, sendo ensinado, através dos discípulos. 

Os crentes estavam unanimemente no Alpendre de Salomão, querendo um milagre para si ou para seus entes queridos. 

Eles deitavam seus entes queridos em esteiras ou camas na rua esperando que a sombra de Pedro os tocasse. 

Multidões começaram a se reunir ao redor de Jerusalém com o mesmo propósito. À medida, que os apóstolos percorriam cada cidade, todos os doentes eram curados.

A cura divina ainda acontece em nossos dias atuais?

Era uma noite fria de verão nas montanhas, e minha família tinha descongelado bifes para o jantar. 

Quando chegou a hora do jantar, meu marido então, pediu ao nosso filho que acendesse a grelha. 

Isso não era incomum, mas aquela noite ficaria gravada em nossas mentes para sempre. 

Meu marido e eu ouvimos nosso filho sair pela porta, e então ouvimos um estrondo alto. Corremos para o pátio, quando nos deparamos com nosso filho queimado no rosto, enquanto, a churrasqueira estava sendo acesa.

Naquela noite, passei horas orando por nosso filho. Orei pela cura divina. Meu coração foi derramado diante do Senhor, para que um milagre pudesse acontecer.

Minha história me leva a acreditar que a cura divina ainda acontece em nossos dias. Pois, hoje olho para meu filho e não vejo nenhuma marca sequer de queimadura.

A Cura Divina acontece para que possamos dar glória a Deus

Há pessoas que estão jejuando, orando e sendo ungidas com óleo, para que possam receber a cura divina. 

Quando isso acontece, devemos dar glória a Deus. Esse foi o Seu propósito na Bíblia. 

Cada vez que Jesus curava, era para provar quem Ele era. Era para mostrar às pessoas o quanto Deus as amava e que Ele era digno de todo o seu louvor.

Eu não acredito que Deus sempre vai tirar nossas doenças quando pedimos. Há pessoas que pediram a Deus para curá-los e sua doença permanece. Por que isso acontece, eu não sei.

O que eu sei é que Deus faz tudo de acordo com sua vontade. 

O Apóstolo Paulo viveu sua vida com o que ele chamou de “espinho em sua carne” (2 Coríntios 12:7-9). Ele tinha uma deficiência física que Deus não curaria. 

Contudo, a deficiência e as provações que enfrentamos testificam do poder de Deus. 

A jovem que tocava piano no meu casamento foi acometida de câncer no cérebro, e todos oramos pela cura. 

Quando ela foi estar com Jesus, todos nós nos perguntamos por que Deus levaria uma alma tão brilhante, bonita e jovem. 

Agora sabemos que sua doença afetou muitas pessoas em nossa comunidade. 

As pessoas a viam se levantar todos os dias e confiar em Deus, para o que quer que estivesse reservado. 

Seu propósito era mostrar aos outros como Deus lhe deu coragem, força, resiliência e paz em sua vida.

Conclusão

A cura divina é mostrada de capa a capa em nossas Bíblias

Aconteceu na igreja primitiva, e ainda está acontecendo hoje, em nossos dias atuais.

Podemos não testemunhar a cura da maneira que os primeiros cristãos fizeram, mas ainda testemunhamos pessoas sendo curadas. 

Estamos testemunhando a cura divina que se tornou possível com o sangue de Cristo. 

Acredito que não há nada melhor do que ver uma alma curada de seus pecados e uma vida mudada para sempre.

Autora: Ashley Hooker

Botão Voltar ao topo