Quem foi Natã: História e Lições do profeta que repreendeu o rei Davi

Natã foi a voz profética de Deus para Davi durante seu reinado. Ele foi o profeta que repreendeu Davi (2 Sm 12) e também providenciou para que Salomão fosse coroado rei (1 Reis 1:11).

No cenário bíblico, encontramos figuras proféticas de grande importância; e alguns deles ficaram conhecidos pela sua coragem e fidelidade a Deus.

Quem foi Natã e em qual contexto bíblico ele aparece?

Natã aparece primeiramente na Bíblia no livro de 2 Samuel, 7: 1-17. Nessa passagem, o rei Davi expressa seu desejo de construir um templo para Deus, mas este revela a Natã que essa tarefa será realizada por seu filho Salomão. 

Wiersbe explica que “de acordo com 2 Samuel 7:1-3, temos a impressão de que, em suas horas vagas, Davi meditava sobre o Senhor e conversava com Natã, seu capelão particular, sobre formas de melhorar as condições espirituais do reino de Israel.”

“Essa é a primeira vez que Natã aparece nas Escrituras. Gade havia sido o profeta de Davi durante o exílio (1 Sm 22:5) e não saiu de cena mesmo depois que Davi foi coroado (2 Sm 24:1-18). Na verdade, Gade e Natã trabalharam juntos, mantendo em dia os registros oficiais (1 Cr 29:25, 29) e organizando o culto (2 Cr 29:25).”

“Ao instruir Davi a fazer tudo o que estivesse em seu coração, Natã não estava afirmando que os desejos de Davi eram, de fato, a vontade de Deus. Antes, incentivou o rei a ir atrás do que queria e a descobrir o que o Senhor desejava que fizesse. Deus respondeu dando a Natã uma mensagem especial ao rei, a qual o profeta transmitiu fielmente. (2 Sm 7:5-16)”

Outro momento importante que ele aparece nas escrituras é quando confronta Davi por seu pecado com Bate-Seba. No livro de 2 Samuel, 12: 1-15, ele traz uma parábola ao rei, revelando a ele de forma sábia e corajosa a gravidade de suas ações. 

Essa repreensão faz com que Davi reconheça seu erro e se arrependa sinceramente, demonstrando a importância de um profeta em confrontar o pecado e restaurar o relacionamento com Deus.

Outros nomes “Natã” na Bíblia

Davi teve quatro filhos com Bate-Seba e deu a um deles o nome de Natã (1 Cr 3:1-5), possivelmente em homenagem ao profeta.

Lucas traça a genealogia de Jesus através deste Natã (escrito Ναταν; Lucas 3:31), enquanto Mateus a traça através de Salomão (Mateus 1:6).

Outros indivíduos chamados Natã na Bíblia incluem:

  • Um judaíta de pai egípcio (1 Crônicas 2:36).
  • O pai de um dos trinta homens poderosos de Davi (2 Samuel 23:36).
  • Um líder entre os que retornaram do exílio (Esdras 8:16), que pode ou não ser o mesmo Natã que se divorcia de sua esposa estrangeira durante o expurgo de Esdras (Esdras 10:39).

Quais lições podemos aprender do profeta que repreendeu o rei Davi?

Primeiramente, a Bíblia não passa os detalhes sobre a vida deste profeta, mas ainda assim, a sua presença nos ensina sobre a importância da obediência a Deus. 

Percebemos que ele foi um profeta fiel e cumpriu sua missão com coragem, mesmo quando suas palavras envolviam repreensões. 

Naquele tempo, ser um homem de Deus e falar a verdade a um rei não era uma tarefa fácil. Muitas vezes, era necessário ser estratégico antes de enviar a mensagem divina. 

Diante dessa dificuldade, sua atitude nos lembra que seguir os mandamentos de Deus e buscar Sua vontade são fundamentais para ser revestido da sabedoria do alto.

profeta Natã repreendendo Davi

Aumentar a consciência do pecado e a proposta de arrependimento

Além disso, essa passagem bíblica destaca a importância do arrependimento verdadeiro. Quando confrontado por Natã, Davi se arrepende sinceramente e busca a misericórdia de Deus. Isso nos mostra que, mesmo quando cometemos erros graves, podemos encontrar perdão e restauração por meio do arrependimento genuíno.

Aprendemos ainda a necessidade de justiça e discernimento, o profeta utilizou, por exemplo, uma parábola para ilustrar o pecado de Davi, permitindo que o rei enxergasse sua própria transgressão. 

Com isso aprendemos como abordar as questões de maneira sábia e justa, confrontando o pecado com amor e oferecendo uma oportunidade para a mudança.

Consequências do pecado e o amor de Deus

Por fim, essa história nos lembra do amor e da fidelidade de Deus para com Seu povo. Esse relato nos mostra que mesmo após o pecado de Davi, Deus continua a abençoá-lo e a cumprir Suas promessas. 

Isso nos traz esperança e nos encoraja a confiar na bondade e no perdão de Deus, sabendo que Ele está sempre disposto a nos perdoar e nos restaurar quando nos arrependemos sinceramente.

Esses relatos nos ajudam a ter coragem e disposição para seguir a vontade de Deus. Além disso, nos mostra que devemos observar as ofertas que aparecem em nossas vidas para não sofrer as consequências dos nossos erros.

Davi, tinha uma promessa de grandes vitórias e livramentos, mas o seu pecado alterou a benção de Deus sobre a sua casa. 

Em Samuel 12:10, por exemplo, encontramos: “Agora, pois, a espada jamais se apartará da tua casa, porquanto me desprezaste, e tomaste a mulher de Urias, o heteu, para ser tua mulher.” 

Assim, compreendendo quem foi Natã, podemos tomar a posição de servo fiel e prudente, colocando o direito que Deus nos deu, acima de tudo. Dessa maneira, nunca perderemos de vista o amor incondicional de Deus, que está sempre pronto para nos receber de volta e nos dar uma nova chance.

Essa experiência do profeta nos mostra, portanto, que quando somos separados para levar a mensagem de Deus, não devemos temer a posição ou prestígio do receptor da mensagem. Porém, devemos pedir a Ele condições de ajudar aquela pessoa ao arrependimento para, por fim, voltar o seu relacionamento com o Criador.

Gostou de conhecer quem foi Natã, deixe seu comentário abaixo.

Josiane Silva

Olá, eu sou a Josiane Silva, mãe, avó e procuro servir a Deus. Amo estudar a bíblia para compreender o comportamento humano. Afinal podemos aprender muito com as histórias dos outros, não é mesmo? Como gosto muito de ler e de escrever, também trabalho como redatora freelancer.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo