Quem foi Joquebede? 7 lições que aprendemos com a mãe de Moisés

Sabemos que a bíblia sagrada, tem inúmeras histórias de mulheres que fizeram a diferença, mulheres guerreiras, cheias de fé e ousadia.

No entanto, a história dessa mulher chamada Joquebede, é considerada uma das mais fortalecedoras, pois se destaca pela sua destemível e grandiosa fé, no Deus de Israel.

À seguir, vamos ver quem foi Joquebede e quais as grandes e poderosas lições que podemos aprender com essa mulher, que em meio a todas as circunstâncias contrárias, não se intimidou.

Quem foi Joquebede na Bíblia? 

Joquebede, a mãe de Moisés, é uma das mães mais notáveis ​​da bíblia sagrada. A história de Joquebede é encontrada no livro de Êxodo. Onde se tornou conhecida pela sua ousadia e inteligência, mediante o decreto de morte imposto por faraó. Ao qual todo bebê do sexo masculino que nascesse deveria ser morto. Ela arriscou a sua própria vida, para salvar a vida de seu filho Moisés.

Joquebede cujo nome significa, “Jeová é glorificado”. Era filha de Levi, neta de Jacó. Ela se casou com um homem chamado Anrão. Ela foi mãe de 3 filhos, Aarão, Moisés e Miriã. Por certo, esta mulher viveu para glorificar ao Deus de Israel.

História de Joquebede

Após a morte de José, se levantou um outro faraó. Ao qual não tinha conhecimento da história do povo de Israel. Como o povo de Israel, se multiplicava sobremaneira, faraó ficou com medo de uma possível guerra, contra os egípcios.  

O Faraó então fez um plano para conter o crescimento do povo. Ele pediu para as principais parteiras hebraicas, as quais eram, Sifrá e Puá, que matassem todos os bebês meninos. Porém, as parteiras tementes à Deus, se recusaram em fazer tal coisa.

Quando o plano do Faraó não funcionou por meio de Sifrá e Puá, ele criou então, outra estratégia.

Ordenando que os meninos hebreus e egípcios fossem jogados no rio.

Foi nessa época que Joquebede deu à luz a Moisés. E esta foi a razão pela qual Joquebede escondeu Moisés por três meses, evitando que seu filho fosse morto. Quando ela não podia mais escondê-lo, ela construiu um cesto de junco, colocou Moisés dentro do cesto, levando assim para o Rio Nilo.

Sua irmã Chamada Miriã, ficou por detrás das juncos, olhando para ver o que iria acontecer com seu irmãozinho Moisés.

Quando de repente a filha de faraó, desce para se banhar no rio. Vendo aquele cesto, ela teve curiosidade e quis saber o que poderia ter ali dentro. Quando então ela se deparou com um bebê, reconhecendo logo que era um bebê hebreu, seu coração se encheu de compaixão ao vê-lo e ela decidi adotá-lo.

Miriã, que estava ao longe, contemplando toda aquela cena, correu logo e então perguntou se ela gostaria de ter uma ama de leite hebreia. Quando a filha de faraó concordou, Miriã foi chamar Joquebede, sua mãe.

Joquebede criou então Moisés, plantando em seu coraçãozinho o amor pelo Deus de Israel.

Aqui estão algumas qualidades de Joquebede

  1. Ousada
  2. Corajosa 
  3. Inteligente
  4. Uma mãe piedosa
  5. Temente a Deus
  6. Cheia de fé
  7. Obediente

7 Lições que aprendemos com Joquebede na Bíblia

Embora Joquebede tenha uma das histórias mais curtas da Bíblia, sua vida tem algumas lições verdadeiramente transformadoras por causa de quem ela era e de sua destemível confiança no Deus todo poderoso.

1. Joquebede escolheu confiar

“Pela fé Moisés, já nascido, foi escondido três meses por seus pais, porque viram que era um menino formoso; e não temeram o mandamento do rei.” (Hebreus 11:23)

Considerando o decreto de que todos os meninos deveriam ser mortos, imagine a angústia desses pais durante a gravidez. Naquela época, não existia a ultrassonografia. Ela teve que enfrentar os nove mese de gestação, para saber o que havia gerado em seu ventre.

Mas independente de todas essas circunstâncias, de uma coisa temos certeza. Joquebede escolheu confiar no Deus ao qual ela e sua família serviam, com a certeza que um milagre o Senhor iria realizar.

2. Joquebede escolheu acreditar

Você já parou para imaginar a situação dessa mãe? Como esconder um bebê? Ninguém podia ouvir o choro do bebê, ninguém podia imaginar que ali havia nascido um menino. Por certo, quando ele pensava em chorar, Joquebede corria para amamentá-lo.

Afinal, foram dias vivendo em total confiança e comunhão com Deus, pedindo à Ele por um escape. Pois era somente Deus, para intervir nesta situação.

3. Ela entendeu que Deus tinha um propósito na vida de seu filho

Houve uma profecia bem conhecida sobre os filhos de Israel. Deus havia dito a Abraão que seus filhos seriam escravizados, mas Deus os libertaria e os traria de volta à terra prometida.

Eles tinham certeza que alguém seria escolhido para liderá-los. Quando Moisés nasceu, Joquebede entendeu que Deus tinha um chamado para seu filho.

Tendo em mente isso, ela levou muito a sério a tarefa de criar e ensinar Moisés nos caminhos de Deus.

4. Joquebede construiu um caráter de honra em Moisés

Joquebede tinha consciência de que Moisés estaria com ela por pouco tempo. Ele ficaria com ela, até por volta dos seus três anos de idade, ou seja, até que fosse desmamado.

Porém, nesses poucos anos, Joquebede conseguiu firmar no coração de Moisés, que ele havia sido escolhido por um propósito especial. 

Durante esse curto período, Joquebede ensinou a história do povo hebreu, tornando assim, Moisés um patriótico de seu povo, afim de libertá-los da escravidão do Egito.

Joquebede usufruiu muito bem o tempo que teve com Moisés antes que ele fosse totalmente entregue à filha do faraó, onde iria ser treinado nos caminhos dos egípcios.

Os primeiros anos da vida de uma criança, são de grande importância. Pois é nesse período que é formado o caráter e a identidade delas.

5. Aprenda a entregar tudo nas mãos de Deus e descanse

Quando Moisés, completou seus três meses de idade, Joquebede não teve outra alternativa à não ser entregar ele para Deus. Quando ela prepara aquele cestinho e coloca Moisés dentro, ela como se ela estivesse falando para Deus: Toma Senhor, este menino está em suas mãos.

No momento em que as circunstâncias fogem do nosso controle, é a hora de entregarmos para Deus. Ele tem a melhor maneira de trabalhar e de agir. Nós somos seres humanos, tão limitados, porém, o Deus ao qual nós servimos é o todo-poderoso.

6. Faça o que estiver em suas mãos e Deus se encarrega do resto

Imagine quão grande dor a mãe de Moisés estava enfrentando, ela poderia ter entrado em uma depressão, ela poderia ficar chorando o tempo todo, ou até mesmo, abrir mão daquilo que Deus lhe tinha confiado.

Mas não, Joquebede resolveu confiar e agir. Ela fez tudo que estava em suas mãos para fazer, pois tinha certeza que Deus se encarregaria do resto.

Quando ela colocou seu filho no cesto, e solta as margens do Rio Nilo, Deus se encarregou de cuidar e proteger o menino.

Portanto, não fique pasmado no meio do caminho, se você fizer a sua parte Deus com toda certeza fará a parte Dele, e a vitória será garantida.

7. Sua fé em Deus é recompensada

“Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.” (Hebreus 11:6)

Podemos tocar o coração de Deus com a nossa fé, seguida pelas obras. Joquebede quando colocou sua em ação, ela tocou o coração Deus. E foi onde obteve a resposta para seu grande dilema.

Além, de ter o filho salvo da morte, ela ainda ganha um salário para cuidar do menino.

Deus não deixa passar nada despercebido. Sua fé foi grandemente recompensada.

Conclusão sobre a história da mãe de Moisés 

Incrível essa história, não é mesmo?

Joquebede, realmente deixou um grande legado para nós mães, esposas e servas do Senhor.

Não importa qual seja a dificuldade que esteja enfrentando, coloque sua fé em ação. Não fique paralisada pelo medo, e nem deixe a angústia invadir seu coração. Se você fizer a sua parte, Deus se encarregará de fazer a parte Dele.

Quer ser vitoriosa?

Então, comece a se movimentar em direção do seu milagre, com muita ousadia e fé.

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.
Botão Voltar ao topo