Quem foi Júnias na Bíblia, homem ou mulher?

Júnias tem sido um dos personagens que tem causado mais controvérsia ao longo da história da igreja.

Livros e mais livros têm sido escritos a seu respeito.

E por ser um personagem bastante controvertido, não são poucos os debates a seu respeito.

A QUESTÃO É: QUEM FOI JÚNIAS, HOMEM OU MULHER?

De um lado estão os que querem, a qualquer preço, descartar e eliminar, de uma vez por todas, qualquer chance de Júnias ser uma mulher, a fim de não ter que conviver com a possibilidade de termos uma mulher entre os apóstolos. Hipótese bastante remota.

Por outro lado, estão aqueles que, provavelmente, por fazerem parte de um movimento de libertação feminina dentro das igrejas (movimento feminista), não só defendem que Júnias era uma mulher, mas, até mesmo, que ela fazia parte do colégio apostólico.

A parte disso estão os que, tal como eu, não estão preocupados nem com uma coisa nem com a outra, mas apenas com o fato de se Júnias é um homem ou uma mulher.

O TEXTO BÍBLICO SOBRE JÚNIAS

“Saudai a Andrônico e a Júnias, meus parentes e meus companheiros na prisão, os quais se distinguiram entre os apóstolos e que foram antes de mim em Cristo”. (Rm 16:7).

Paulo, no último capítulo de sua carta aos romanos, põe em destaque cerca de dez mulheres em termos bastante elogiosos.

Duas dessas mulheres são anônimas.

Enquanto, que oito delas são conhecidas pelos seus respectivos nomes.

Levando em conta que Paulo foi um fariseu extremamente radical, e pertencia a um povo (hebreu) cuja sociedade era marcadamente patriarcal, onde a figura masculina se sobressai.

Podemos dizer que esse é um número, um tanto considerável.

No que diz respeito à Júnias, Bruce Metzger, Professor Emérito, de Novo Testamento, no Princeton Theological Seminary, faz a seguinte observação:

“Alguns intérpretes, julgando improvável que uma mulher estaria entre aqueles que são chamados de “apóstolos”, entendem que esse nome é ’IouviSv (Júnias). Tido como uma forma abreviada do nome masculino Juniano.

Por outro lado, há que considerar o seguinte:

  1. O nome latino “Júnia” (Júnia), atribuído a mulheres, aparece mais
    de 250 vezes em inscrições gregas e latinas que foram encontradas em Roma (sem levar em conta outros lugares), ao passo que o nome masculino “Júnias” não foi encontrado uma única vez.
  2. Quando, nos manuscritos gregos, se começou a acentuar as palavras (pois no início eram escritas sem acentuação), os copistas escreveram ’lovvíav (Júnia), ou seja, tomaram esse nome por nome de mulher”.

Tem essa mesma idéia os autores da: “Nova Chave Lnguística do Novo Testamento Grego, (Rm 16:7) onde lemos:

“’Iouvíav f. (…) aqui deve ser f., já que o m. não é atestado como forma de nome próprio.

Ainda, no Novo Testamento Interlinear Analítico, da Editora Cultura Cristã, “Júnias trata-se de um nome feminino”.

CONCLUSÃO

Mediante as provas aduzidas, apesar de alguns autores modernos considerarem Júnias como nome masculino, seguindo a mesma
opinião de Bruce Metzger, somos inclinados a pensar que Júnias era uma mulher.

Para que você possa ter o estudo, se quiser, poderá baixar.

BAIXE O ESTUDO SOBRE QUEM FOI JÚNIAS EM PDF

quem-foi-junias-na-biblia.pdf (22 downloads)

Bibliografia: Perguntas difíceis de responder, Elias Soares de Moraes.

biblioteca do pregador

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.