Sermão sobre o Salmo 119: 9-16 – A Limpeza da Palavra

Esboço de Sermão Expositivo sobre o Salmo 119: 9-16 com o tema: A Limpeza da Palavra. Esboço de Pregação Expositiva sobre as coisas que a Palavra de Deus fornece para nós, ou seja, nosso caminho, louvor a Deus e nosso propósito.

TEMA: A Limpeza da Palavra

TEXTO: Salmo 119: 9-16

Introdução:

1) É o Salmo mais longo do livro de Salmos.

2) É também o capítulo mais longo da Bíblia.

3) O Salmo está dividido em 22 partes.

4) Cada parte começa com uma letra diferente do alfabeto hebraico.

5) Em hebraico, cada linha dessas partes começa com essa letra.

6) Isso é significativo? Não existe uma parte que não honre a palavra de Deus.

7) O conteúdo deste capítulo é respeito, louvor e honra pela palavra de Deus.

8) A palavra de Deus é descrita com várias palavras diferentes neste Salmo.

  • Leis
  • Testemunhos
  • Caminhos
  • Preceitos
  • Estatutos
  • Mandamentos
  • Juízos
  • Veredas
  • Palavra
  • Verdade

9) Todas essas palavras são usadas para se referir à palavra de Deus.

10) Há um grande respeito pela palavra de Deus neste Salmo.

11) Devemos ter esse mesmo respeito também.

12) Sem a palavra de Deus não teríamos as informações de que precisamos para nossa salvação.

13) Devemos nos unir ao salmista em louvar a Deus por Sua palavra maravilhosa!

Nesse sermão sobre o Salmo 119, veremos que a palavra de Deus fornece purificação para o nosso…

I. CAMINHO (SALMO 119: 9-11)

A) A palavra limpa o caminho do jovem.

1) Havia um cuidado em Israel da palavra de Deus ser ensinada aos jovens. Deuteronômio 6: 6-7 diz:

“E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração: E as ensinarás diligentemente a teus filhos, e delas falarás quando te sentares em tua casa, e quando tu andas pelo caminho, e quando te deitas, e quando te levantas.”

2) Salomão exortou: “Lembra-te agora do teu Criador nos dias da tua mocidade?”. (Eclesiastes 12: 1).

3) O salmista declarou: “Ó Deus, tu me ensinaste desde a minha mocidade; e até agora tenho declarado as tuas maravilhas”. (Salmo 71:17)

B) A palavra nos impede de desviar do caminho quando buscamos a Deus de todo o coração.

1) Provérbios 21:16 “O homem que anda desviado do caminho do entendimento repousará na congregação dos mortos.”

2) Oséias 9:17 “Meu Deus os rejeitará, porque não o ouviram; e errantes andarão entre as nações.”

3) Amós 8: 11-12 “Eis que vêm dias, diz o Senhor DEUS, em que enviarei fome sobre a terra, não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do Senhor: E andarão errantes de mar a mar, e do norte até o oriente, correrão de um lado para outro, buscando a palavra do Senhor, e não a acharão.”

C) A palavra, guardada em nosso coração, nos impede de pecar.

1) Salmos 37:31 “A lei do seu Deus está no seu coração; nenhum de seus passos deslizará.”

2) Em Mateus 4: 1-10 enquanto Jesus estava sendo tentado, ele respondia cada vez com “Está escrito”.

3) Jeremias registra sua atitude para com a palavra de Deus:

“Tuas palavras foram achadas e eu as comi; e a tua palavra foi para mim o gozo e alegria do meu coração; porque pelo teu nome sou chamado, ó Senhor Deus dos exércitos” (Jeremias 15:16).

II. LOUVOR (SALMO 119: 12-14)

A) Que nosso louvor seja uma bênção para Deus.

1) O louvor correto é uma bênção:

a. Veja o Salmo 34: 1: “Bendirei ao SENHOR em todos os momentos; o seu louvor estará continuamente na minha boca.”

b. Salmo 66: 8 “Bendigam o nosso Deus, ó povo, e façam ouvir a sua voz de louvor:”

2) Não podemos oferecer nossa própria justiça a Deus. Romanos 10: 2-3 diz:

“Pois lhes dou testemunho de que têm zelo de Deus, mas não com entendimento. Porque eles, ignorando a justiça de Deus, e procurando estabelecer a sua própria justiça, não se submeteram à justiça de Deus.”

3) A justiça de Deus só vem por meio do evangelho hoje (Romanos 1: 16-17).

4) E a palavra de Deus nos ensina a louvá-lo corretamente (João 4: 23-24).

2. Para que possamos usar nossos lábios para louvá-Lo.

1) Salmos 51:15 “Senhor, abre os meus lábios; e minha boca anunciará o teu louvor.”

2) Considere Hebreus 13:15 que diz:

“Portanto, por ele ofereçamos continuamente o sacrifício de louvor a Deus, isto é, o fruto dos nossos lábios dando graças ao seu nome.”

3) Em 1 Pedro 4:11 está escrito:

“Se alguém fala, fale como oráculos de Deus; se alguém ministra, faça-o segundo a capacidade que Deus dá: para que Deus em todas as coisas seja glorificado por Jesus Cristo, a quem seja louvor e domínio para todo o sempre. Um homem.”

3. Que nosso louvor reflita alegria genuína pelo Senhor.

1) Reflita no Salmos 27: 6 que diz:

“E agora a minha cabeça se elevará acima dos meus inimigos ao meu redor; por isso oferecerei no seu tabernáculo sacrifícios de alegria; Cantarei, sim, cantarei louvores ao SENHOR”.

2) Salmos 33: 1 “Alegrai-vos no SENHOR, ó justos, porque o louvor é aprazível para os retos.”

3) Em Apocalipse 19: 5-7 está escrito:

“E saiu uma voz do trono, dizendo: Louvai o nosso Deus, todos os seus servos, vós que o temeis, pequenos e grandes. E ouvi como se fosse a voz de uma grande multidão, e como a voz de muitas águas, e como a voz de fortes trovões, que dizia: Aleluia! Porque o Senhor nosso Deus, o Todo-Poderoso, reina. Regozijemo-nos e regozijemo-nos, e demos-lhe a glória: porque são chegadas as bodas do Cordeiro, e sua mulher se aprontou”.

III. PROPÓSITO – SALMO 119: 15-16

1. Para que possamos meditar na palavra de Deus.

1) Salmo 1: 2 diz: “Mas o seu prazer está na lei de Jeová; E na sua lei ele medita dia e noite.”

2) Salmos 145: 4 diz: “Na gloriosa majestade da tua honra, e nas tuas maravilhas, meditarei.”

3) Em 1 Timóteo 4: 15-16 está escrito:

Medita nestas coisas; dá-te totalmente a eles; para que o teu lucro apareça a todos. Guarda-te a ti mesmo e à doutrina; continua neles: pois, fazendo isso, salvarás a ti mesmo e aos que te ouvem.”

2. Para que possamos respeitar os caminhos de Deus.

1) Veja a declaração de Nabucodonosor em Daniel 4:37 que diz:

“Agora eu, Nabucodonosor, louvo, exalto e honro o Rei dos céus; pois todas as suas obras são verdade, e seus caminhos, justiça; e aqueles que andam com orgulho ele é capaz de humilhar.”

2) 1 Pedro 2: 9 diz:

“Mas vós sois uma geração escolhida , um sacerdócio real, uma nação santa, um povo peculiar; para que declarais os louvores daquele que vos chamou das trevas para a sua luz maravilhosa: ”

3) Em Apocalipse 19: 1 está escrito: “E depois destas coisas ouvi uma grande voz de muita gente no céu, que dizia: Aleluia; Salvação e glória e honra e poder para o Senhor nosso Deus:”

3. Para que nos deleitemos na palavra de Deus e não a esqueçamos.

1) Salmos 40: 8 é a atitude que devemos ter, veja: “Tenho prazer em fazer a tua vontade, ó meu Deus: sim, a tua lei está dentro do meu coração.”

2) Romanos 7:22 diz: “Porque me comprazo na lei de Deus segundo o homem interior:”

3) Em 2 Pedro 1: 12-15 está escrito:

“Portanto não serei negligente em vos lembrar sempre destas coisas, ainda que as conheçais e sejais firmados na verdade presente. Sim, eu acho que é adequado, enquanto eu estiver neste tabernáculo, despertar você, colocando-o na lembrança; Sabendo que em breve devo deixar este meu tabernáculo, assim como nosso Senhor Jesus Cristo me mostrou. Além disso, me esforçarei para que, depois de minha morte, possais ter sempre essas coisas em lembrança.”

CONCLUSÃO: (deste sermão sobre o Salmo 119: 9-16.)

A) A palavra de Deus purifica nosso…

1) Caminho

2) Louvor

3) Propósito

biblioteca do pregador-curso-pregador-de-qualidade-melhor-ano

Esse é um Esboço de Sermão Expositivo sobre o Salmo 119 com o tema A limpeza da Palavra. Autor Kevin Cauley.

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


  1. O ESTUDO ESTA SENDO UMA BENÇÃO NA MINHA VIDA APRENDO CADA VEZ MAIS DA PALAVRA DE DEUS QUE FONTE DE ÁGUA VIVA SE RENOVA CADA AMANHÃ.

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.