10 Conselhos Para Um Namoro Santo Diante de Deus

Com que purificará o jovem o seu caminho? Observando-o conforme a tua palavra. Com todo o meu coração te busquei; não me deixes desviar dos teus mandamentos. Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti.

Salmos 119. 9-11

Por quê a importância de se manter um Namoro Santo Diante de Deus ? Sabemos que este período, é um tempo que deve ser dedicado para se conhecerem. Um tempo para sonharem, planejarem, sendo muito necessário para o bom andamento do lar, depois que se casarem.

Entretanto, o grande problema é que, nesse período, a razão é dominada pela paixão, e a vida sexual, que deveria ser experimentada apenas após o casamento, acaba ocupando o lugar dessas coisas tão importantes, cegando completamente os olhos de ambos, para aquilo que é essencial. Cegados pela paixão deixam o óbvio, comprometendo de maneira desastrosa a sua felicidade futura.

Para que haja um relacionamento onde a razão prevaleça sobre a paixão, considere devidamente estes 10 Conselhos para ter um Namoro Santo diante de Deus, e assim, você desfrutará de um futuro abençoado.

Esses são os 10 Conselhos para ter um Namoro Santo diante de Deus

1. Aprendam a Esperar em Santidade

Este conselho é um reforço para os jovens cristãos, que o namoro santo diante de Deus é um princípio bíblico de que o sexo é bom e aprovado por Deus, quando praticado entre marido e mulher. Se praticado antes do casamento (fornicação) além de pecado é, sem dúvida nenhuma, o responsável por inúmeras e complicadas situações que afetarão a vida futura de ambos. Pense, portanto, como é bom e saudável ter a experiência sexual, com uma única pessoa na vida, aquela a quem entregamos, além do nosso corpo, o nosso amor.
Esperar em Santidade, para manter relações sexuais somente depois do casamento, ainda que seja difícil, é obrigatório na vida de um casal cristão.

A vontade de Deus é que vocês sejam santificados: abstenham-se da imoralidade sexual. Cada um saiba controlar o seu próprio corpo de maneira santa e honrosa, não dominado pela paixão de desejos desenfreados, como os pagãos que desconhecem a Deus.

1′ Tessalonicenses 4. 3-5

2. Mantenham-se ao alcance da vista de alguém

As intenções não santificadas buscam privacidade visual, porém, se esta regra for seguida, vocês nunca serão tentados a ir além do que Deus possa aprovar. A privacidade auditiva é desejável, pois os assuntos entre casal são íntimos e particulares, porém, a privacidade visual é uma forte tentação para ir além daquilo que é permitido por Deus no namoro. Lugares escondidos ou escuros revelam as más intenções, e não são apropriados para um namoro Santo Diante de Deus.

Abstende-vos de toda a aparência do mal. E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso SENHOR Jesus Cristo.

1 Tessalonicenses 5. 22, 23

3. Comecem cada encontro com oração

Não é necessário convencer um casal cristão sobre a eficácia deste conselho na busca para um namoro santo e aprovado diante de Deus. Quando Jesus é convidado a estar presente no encontro de um casal cristão, a segurança no comportamento ganha novas dimensões.

Por certo vocês, já ouviram falar sobre “Segurar vela”. Vocês conhecem esta expressão? e o que ela significa? Pois bem, ela era usada pelos antigos para definir a função daqueles que eles encarregavam de fazer companhia para casais de namorado, a fim de vigiá-los. Como no passado não havia luz elétrica, as pessoas namoravam à luz de velas, e o acompanhante cuidava para que a vela não se apagasse, sendo assim, metaforicamente, vigiando a vela estaria vigiando os namorados.

Portanto, vocês podem utilizar nos seus encontros um slogan que foi criado pensando neste costume antigo: ” Eu e ela, e Jesus de vela”! Convidem Jesus para estar com vocês nos momentos em que estiverem juntos e peçam a ajuda d’ele para manterem um namoro Santo em sua presença.

Namoro Santo Diante de Deus

4. Mantenham a Temperatura Baixa

A maioria dos casais que fracassam no princípio da abstinência sexual no período do namoro, é porque não soube como manter a temperatura sexual. Toques e carícias nas zonas erógenas (nuca, atrás das orelhas, pescoço, seios, parte interna das coxas, nádegas e a própria língua) são altamente estimulantes. Estas carícias são mesmo preparatórias para a relação sexual, assim, se tocarem nessas áreas, dificilmente conseguirão evitar a consumação do ato. O melhor é se manterem puros e só assim, conseguirão por em prática esses conselhos para um namoro santo diante de Deus.

5. Não sejam Cegos

Se existe um tempo para descobrir defeitos um no outro, este tempo é o namoro. Depois de casados, os olhos devem estar fechados para eles e abertos para encontrar qualidades na pessoa amada.
Portanto, aprendam uma verdade: “Ninguém muda ninguém”! Se vocês não puderem suportar algum defeito ou algum comportamento do outro, o melhor caminho é finalizar o namoro, mesmo que estejam apaixonados, porque é melhor sofrer um pouco agora, do que muito, pelo resto da vida.

6. Aprendam a Dialogar

Como é importante estabelecer o diálogo desde o início de um relacionamento! ” É conversando que se entende”, é o que todos costumam dizer, porém, parece que este é o princípio mais difícil de ser posto em prática pelos casais.
Logo no início, devem colocar essa regra em prática, pois todos os desentendimentos podem e devem ser resolvidos através do diálogo. No entanto, nenhum relacionamento, se sustentará sem o diálogo, mais cedo ou mais tarde, não irá resistir.

7. Aprendam a Expressar o Amor

Não basta sentir o amor, é preciso expressá-lo! Este mandamento deveria se tornar um hábito na vida das pessoas que se amam, contudo, muitos casamentos fracassam por falta de expressão.
O amor pode e deve ser expresso em palavras sinceras e carinhosas, num olhar intenso e apaixonado ou através de mímicas criativas, mas, principalmente, em atitudes coerentes com nossas demais expressões.
Aprendam a enaltecer e elogiar com sinceridade as qualidades um do outro e, ao mesmo tempo, minimizar os pequenos deslizes, buscando sempre a cordialidade. Fazendo isso vocês alcançaram a felicidade.

8. Planejem o futuro Juntos

O namoro é o período dos sonhos, no entanto, é com o pé no chão que se constrói um lar, e não vivendo nas nuvens com fantasias inatingíveis.
Planos quanto às áreas econômicas, financeira, residencial, trabalho, formação da família, saúde, educação, lazer, etc., devem ser traçados no período do namoro. Entrar para o casamento sem estruturas mínimas estabelecidas é como dar um tiro no escuro, dificilmente acertarão o alvo.

9. Ouçam os conselhos dos Pais

Os pais geralmente têm mais experiência que os filhos nas questões do preparo para a vida conjugal, afinal, já passaram por esse caminho antes. Quando os pais dão conselhos, é porque desejam a felicidade dos filhos e, valendo-se da sua própria experiência, desejam que eles não cometam os erros por eles cometido. Mas que antes, tenham uma vida Pura e um namoro em santidade diante de Deus.

O FILHO sábio atende à instrução do pai; mas o escarnecedor não ouve a repreensão.

Provérbios 13.1

10. Um namoro Santo Diante de Deus, não Deve ser Curto, nem longo

O Período de namoro de um casal cristão, que desejam se manter em Santidade de Deus, não deve ser curto, nem muito prolongado.
Um período razoável de namoro seria em torno de dois a três anos, desde que ambos estejam maduros e estruturados financeiramente para encarar esse compromisso.
Portanto, não se esqueçam do Conselho do Apóstolo Paulo:

Mas, se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se.

1 Coríntios 7. 9

Contudo, sigam estes 10 Conselhos Para Um Namoro Santo Diante de Deus! Sejam Puros, Sábios e felizes ao conduzirem o namoro segundo a vontade de Deus. Que o Senhor os abençoe e lhe dês alegria de construir um lar onde ele e seus anjos tenham o prazer de se hospedar.

Indiara Lourenço

Mãe, esposa e serva que ama fazer a obra de Deus. Contagia a todos com sua alegria está sempre incentivando com palavras motivadoras!
Botão Voltar ao topo