5 versículos conhecidos geralmente tirados do contexto bíblico

A Bíblia não é um livro de citações de bem-estar para nós escolhermos de acordo com nossas circunstâncias pessoais. É a história da necessidade desesperada do homem por Deus e como, através da natureza redentora de Deus, nos deu outra chance de escolher a vida em vez da morte.

Provavelmente, você lê versículos todos os dias fora do contexto, seja na forma de um “verso do dia” em um aplicativo da Bíblia, e-mail ou postagem de mídia social.

Quando tentamos entender o significado de um único versículo da Bíblia de uma passagem destinada a um tempo, lugar e/ou grupo específico de pessoas, e o usamos para aplicá-lo às nossas circunstâncias, corremos o risco de nossas próprias opiniões distorcerem a verdade.

Embora seja ótimo que tantas passagens escritas forneçam esperança para nós, é importante que procuremos entender o propósito de Deus ao incluí-las em Sua Palavra.

Sem fazer o esforço de entender completamente o contexto de um versículo, perdemos a plenitude da Palavra de Deus. Fazemos a Palavra de Deus sobre nós, quando na verdade é sobre Ele.

Somos responsáveis por representar a Palavra de Deus da maneira correta. Devemos “manejar bem a Palavra da Verdade” (1 Timóteo 2:15) tomando tempo para entender a passagem e descobrir as intenções do autor.

Veja uma lista de passagens populares que muitas vezes são tiradas do contexto e o que o autor realmente pretendia.

Aqui estão 5 versículos bíblicos geralmente tirados do contexto:

1. Deus cumpre suas promessas

“Pois eu conheço os planos que tenho para vocês, declara o Senhor, planos de fazê-los prosperar e não de prejudicar vocês, planos de lhes dar esperança e um futuro.” Jeremias 29:11 NVI

Muitos cristãos erroneamente interpretam este versículo como uma promessa pessoal de que Deus tem tudo perfeitamente planejado para suas vidas. Quando, na verdade, foi escrito para a nação de Israel.

Os israelitas viviam em cativeiro na Babilônia como escravos (Jr 29:1-4). No entanto, as notícias nesta passagem não eram o que eles queriam ouvir. Seriam outros 70 anos antes que Deus os libertasse do exílio e da escravidão. O que significa que a maioria daqueles que ouviram essa mensagem não viveriam para ver esse dia. A promessa de Deus era para as futuras gerações de Israel.

Esta passagem serve para lembrar aos israelitas por que eles estavam em cativeiro (sua contínua desobediência a Deus), para instruir como eles deveriam viver no exílio e para prometer que Deus os restauraria.

Como você pode ver, esta passagem não se aplica diretamente a nós, mas podemos ver claramente a natureza de Deus e como ele nunca vira as costas para Seus filhos.

Também mostra como Deus às vezes deve nos disciplinar. Mesmo em nossos momentos mais sombrios, Ele cuida de nós, esperando que retornemos a Ele. Nada que façamos pode fazê-lo parar de nos amar (Neemias 9:31).

2. Deus faz todas as coisas boas

“E sabemos que em todas as coisas Deus trabalha para o bem daqueles que o amam, daqueles que foram chamados segundo o seu propósito.” Romanos 8:28 NVI

Já vi esse versículo ser usado com frequência para elevar aqueles que passaram por eventos traumáticos na vida. 

Em um esforço para confortar as pessoas feridas, dirão “Deus tem um plano para isso” ou “tudo acontece por uma razão”.

Às vezes, quando coisas ruins acontecem, não há explicação. Morte, doença, crime, dor e pobreza só existem por causa do pecado. Esta passagem não foi escrita como um meio de consolar os feridos.

Não vamos confundir a frase “em todas as coisas Deus trabalha para o bem” com “Deus faz todas as coisas boas”. 

Nem sempre todas as coisas são boas, mesmo para aqueles que amam a Deus. Jesus até nos disse que sofreríamos (João 16:33).

Em vez disso, o que esta passagem nos diz é que se amamos e obedecemos a Deus, Ele pode pegar qualquer situação (boa ou ruim) e fazer algo bom sair dela. Este é o poder de Deus em exibição.

Então, quando o inimigo pensa que pode usar uma experiência traumática para nos afastar de Deus, não ceda, mas volte-se para Deus e permita que Ele lhe mostre o quanto o ama.

3. Deus nos livra do pecado

“Pois não faço o bem que quero fazer, mas o mal que não quero fazer, isso continuo fazendo”. Romanos 7:19 NVI

Se você quer uma desculpa para continuar vivendo em pecado, pode estar pensando que este é um versículo perfeito para você. 

Por causa de nossa natureza pecaminosa, viver em retidão é uma batalha diária. Saber que Paulo também lutou com essas questões parece nos justificar.

No entanto, Paulo não está justificando sua natureza pecaminosa, mas está descrevendo o que é “batalha espiritual”.

Quando decidimos seguir a Jesus e torná-lo Senhor de nossa vida, surge o conflito entre os desejos do Espírito e os desejos da carne.

Embora tenhamos nos rendido a Deus, ainda lutamos com os desejos da carne. Não queremos pecar, mas pecamos. Isso é frustrante quando nos esforçamos para sempre fazer o que é certo.

Embora tenhamos sido libertos do pecado (Romanos 6:18), podemos ser vítimas dele, porque ainda não somos perfeitos (Filipenses 3:12).

Coragem, meus amigos! Se você escolheu seguir a Jesus, você está “salvo” do seu pecado (Romanos 10:9).

“Graças a Deus, que me livra por Jesus Cristo, nosso Senhor!” Romanos 7:25 NVI

4. Seu corpo é um templo

“Não sabeis que os vossos corpos são templos do Espírito Santo, que está em vós, que recebestes de Deus? Você não é seu.” 1 Coríntios 6:19 NVI

Eu ouvi esse versículo mal usado por autoridades na igreja como uma forma de nos impedir de várias atividades, como piercings e tatuagens. Também ouvi dizer que é usado como uma razão para comer saudável e ficar em forma.

Afinal, se nosso corpo é o templo de Deus, então não faz sentido não querermos profaná-lo com tatuagens, piercings e hábitos pouco saudáveis?

Mas se dermos uma olhada no versículo que o precede, você verá um significado completamente diferente:

“Fuja da imoralidade sexual. Todos os outros pecados que uma pessoa comete são fora do corpo, mas quem peca sexualmente, peca contra o seu próprio corpo”. 1 Coríntios 6:18 NVI

Esta passagem está se referindo especificamente aos pecados sexuais. Neste capítulo, Paulo deixa bem claro que, ao contrário de outros pecados, que nos afetam externamente, os pecados sexuais afetam nosso íntimo.

Uma vez que já estamos unidos com o Espírito Santo, quando nos entregamos a outro de forma imoral (fora do casamento), contaminamos nosso corpo e, assim, contaminamos o templo de Deus.

O templo físico de Deus exigia que todos os que entrassem fossem limpos, porque era ali que Deus habitava entre os homens, para que pudessem ter acesso a Ele.

Quando Jesus morreu e ressuscitou, nossos corpos se tornaram a nova morada de Deus, e assim como foi com o templo físico, é com nossos corpos. Eles devem ser mantidos limpos. Ou seja, não devemos permitir que o pecado entre na casa de Deus.

Se aceitamos Jesus em nossos corações e nossos pecados foram perdoados, devemos isso àquele que nos “comprou” para nos mantermos puros e, ao fazê-lo, preservar o templo de Deus.

5. Permaneça firme em sua fé

“Lance toda a sua ansiedade sobre ele porque ele se importa com você.” 1 Pedro 5:7 NVI

Este versículo muitas vezes nos lembra de entregar todos os nossos cuidados e preocupações a Deus.

Embora seja verdade que devemos dar tudo a Deus, quando cavamos um pouco mais fundo, aprendemos que esta passagem foi escrita para os cristãos perseguidos que viviam na Ásia Menor.

Pedro escreveu isso como uma forma de incentivá-los a continuar fazendo o que estavam fazendo e, ao fazê-lo, Deus cuidaria deles.

Ele disse: “Humilhai-vos debaixo da poderosa mão de Deus, para que no devido tempo Ele vos exalte” (1 Pedro 5:6 NVI). 

Ele os adverte a tomar cuidado com o diabo, permanecer firme em sua fé e garante que não estão sozinhos nessa luta – “o mesmo tipo de sofrimento está sendo experimentado por outras pessoas ao redor do mundo”. 1 Pedro 5:8 NVI

Então ele conclui com algumas notícias positivas: “Depois de todos vocês terem sofrido um pouco, Deus vai…. restaurar, confirmar, fortalecer e estabelecer.” 1 Pedro 5:9 NVI

Certamente você não experimenta uma verdadeira perseguição. Você pode lutar ou está preocupado com o “mundanismo”, mas sua vida está em risco por causa de sua fé? Infelizmente, existem lugares onde este ainda é o caso.

Mesmo se você nasceu em um lugar onde a perseguição não está presente, você pode sentir a tensão das questões controversas, quando a opinião do mundo vai contra o que a Bíblia diz (João 17:13-19).

Nesse caso, devemos pegar esses medos de “perseguição” e entregá-los a Deus. Pois, agora é a hora de defender o que é verdade, e não ficar calado ou envergonhado de suas crenças.

Ao fazer isso, pode ter certeza de que Deus irá restaurar, confirmar, fortalecer e estabelecer você!

A Bíblia inteira é útil para nós hoje

“Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para ensinar, repreender, corrigir e educar na justiça, a fim de que o servo de Deus seja perfeitamente habilitado para toda boa obra.” 2 Timóteo 3:16-17 NVI

Da próxima vez que você for apresentado a um único versículo, eu o exorto a entender o significado completo dele. 

Se você não tem certeza de como fazer isso, lembre-se, comece lendo os versículos ao redor e descobrindo e aprendendo sobre o público-alvo. Então você pode discernir porque o autor escreveu para eles.

Mesmo quando uma passagem não se aplica diretamente a nós, ainda podemos obter informações úteis sobre Deus, e podemos ter certeza, se Ele fez naquela época por aquelas pessoas, Ele fará agora por nós.

“Lembre-se de seus líderes, que falaram a palavra de Deus para você. Considere o resultado de seu modo de vida e imite sua fé. Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente”. Hebreus 13:7-8 NVI

banner curso qualidade bíblica

Botão Voltar ao topo