A Importância de Alexandria na História Bíblica: Uma Cidade de Significado Profundo

Entenda a importância de Alexandria na história bíblica. Conheça qual o papel ela desempenhou na cultura judaica, na tradução da Bíblia hebraica para o grego, e na disseminação do cristianismo primitivo. 

Qual o significado profundo dessa cidade para os relatos bíblicos? Neste artigo, vamos mostrar como essa cidade egípcia também contribuiu para a manutenção da fé do povo judeu. Continue lendo para saber mais.

Qual a importância de Alexandria na história bíblica?

A cidade de Alexandria desempenhou um papel significativo na história bíblica por várias razões. Uma delas, era a tolerância religiosa, por isso, abrigava um número considerável de cidadãos judeus

Além disso, foi nesta cidade que setenta judeus traduziu a versão grega do Antigo Testamento, a Septuaginta, diminuindo, assim, a barreira linguística entre a Palestina e o Egito.

Onde ficava Alexandria, quem a fundou e por quê?

Esta cidade fica no Egito, na costa do Mar Mediterrâneo, quem a fundou foi Alexandre, o Grande, em 331 a.C. Ele era um rei da Macedônia, conhecido por suas conquistas militares e seu império vasto. 

Ele fundou a cidade como uma estratégica para controlar a região do Egito e estabelecer uma importante base para sua expansão no Oriente Médio. Por isso, escolheu o local por suas vantagens geográficas.

Antes, havia uma antiga vila de pescadores chamada Rhakotis, que ficava em uma ilha no delta do rio Nilo, próxima à costa. Essa localização permite fácil acesso ao mar e oferecia um porto natural seguro para o comércio marítimo.

Assim, ele projetou o local com amplas avenidas, um grande porto, um farol imponente chamado Farol de Alexandria (uma das Sete Maravilhas do Mundo Antigo).

Também criou uma grande biblioteca que recebeu o nome da cidade, que se tornou um dos centros mais importantes de conhecimento da antiguidade.

Alexandria

A importância de Alexandria na História bíblica tem relação com os judeus

Após a captura de Jerusalém, Ptolomeu I levou um número considerável de cidadãos judeus para Alexandria.

O período helenístico, a cultura grega e a filosofia também influenciaram fortemente os judeus em Alexandria. Isso levou a um interesse crescente em questões filosóficas e uma abordagem mais sincretista do judaísmo, combinando elementos da cultura grega com a tradição judaica.

A história relata que os romanos conquistaram a cidade, inclusive, que Júlio César e Augusto confirmaram os privilégios dos israelitas que existiam antes do domínio romano. 

Assim, Augusto designou um funcionário para representá-los, estabeleceu um Conselho para supervisionar os assuntos judaicos conforme as suas leis.

Apesar das muitas divisões, os judeus do Egito ainda contribuíam para o templo de Jerusalém no início da era cristã, reconhecendo a cidade como santa e a matriz da raça judaica. 

A evolução do cristianismo na cidade

Segundo relatos de Eusébio de Alexandria (cerca 300-380 d.C.) um importante líder da igreja cristã e teólogo do século IV, foi nesta cidade que Marcos pregou o Evangelho e fundou a primeira igreja.

Encontramos referência do trabalho apostólico neste lugar em Atos 6: 9, “Levantaram-se, porém, alguns dos que eram da sinagoga chamada dos Libertos, dos cireneus, dos alexandrinos e dos da Cilícia e Ásia, e discutiam com Estêvão;).

No capítulo 18: 24-27, relata que um judeu de Alexandria chegou a Éfeso, era fervoroso e era instruído no caminho do Senhor. 

Além desses, no capítulo 28:11, na continuação da viagem de Paulo, conta que eles embarcaram em um navio alexandrino.

É importante destacar que nesta cidade havia muitas discussões filosóficas e religiosas. Era, portanto, uma cidade culturalmente desenvolvida e bastante aberta a novas ideias. Por isso, a propagação do evangelho neste lugar foi bastante intensa.

Por fim, conhecer esses pontos nos ajuda a compreender que o Egito teve grande participação na história dos judeus desde os tempos de José até a depois da Era Cristã.

Esperamos que com essas informações compreenda todo o trajeto e cuidado de Deus para que o seu nome permanecesse para sempre no coração dos homens de boa-fé e vontade.

Se gostou deste estudo sobre Alexandria, então veja também:

Josiane Silva

Olá, eu sou a Josiane Silva, mãe, avó e procuro servir a Deus. Amo estudar a bíblia para compreender o comportamento humano. Afinal podemos aprender muito com as histórias dos outros, não é mesmo? Como gosto muito de ler e de escrever, também trabalho como redatora freelancer.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você precisa desativar o Adblock para continuar navegando em nosso site!