Nossa carne não converte, tem que ir para cruz todo dia

Versículo devocional: 1 Coríntios 9:27

“Mas esmurro o meu corpo e o reduzo à escravidão, para que, tendo pregado a outros, não venha eu mesmo a ser desqualificado.”

A carne não converte, tem que ir para cruz todo dia

O apóstolo Paulo reconhece a batalha espiritual que enfrentava, lutando contra os desejos e impulsos de sua carne. Ele compreendia que, mesmo após ter anunciado o evangelho aos outros, poderia cair em tentação e ser reprovado se não mantivesse sua carne sob controle. Assim, ele empregava esforços para disciplinar seu corpo e sujeitá-lo à vontade de Deus.

Este princípio é relevante para nós hoje. Embora tenhamos aceitado a Cristo como Salvador, continuamos vivendo em um mundo permeado pelo pecado, e nossa natureza humana é propensa ao erro. Por isso, é necessário que cada dia nos submetamos à cruz de Cristo, renunciando aos desejos carnais e buscando viver em santidade.

A cruz não é apenas o lugar onde Jesus morreu por nossos pecados, mas também o símbolo do sacrifício e da renúncia. É no caminho da cruz que encontramos a verdadeira liberdade e comunhão com Deus. É onde aprendemos a negar a nós mesmos e seguir a Cristo, dia após dia.

Ao dominarmos a carne, não estamos agindo por nossa própria força, mas confiando no poder transformador do Espírito Santo em nós. É um reconhecimento humilde de que somos dependentes da graça de Deus para viver uma vida que O honre e glorifique.

Assim como um atleta disciplinado se submete a um treinamento rigoroso para alcançar a vitória, nós também devemos disciplinar nossa carne e nossos desejos para crescer espiritualmente. Isso pode envolver renunciar a certos hábitos, buscar a pureza de coração e mente, e submeter nossas vontades à vontade de Deus.

Portanto, escolha hoje crucificar sua natureza pecaminosa, e você abrirá espaço para que o milagre da graça de Deus se manifeste em sua vida. Ele te capacitará a viver uma vida de santidade, amor e serviço aos outros, refletindo a imagem de Cristo ao mundo ao seu redor.

🙏Oração

Querido Deus, reconhecemos a batalha espiritual que enfrentamos diariamente contra os desejos da carne. Pedimos que nos conceda a força e a determinação para crucificar nossa natureza pecaminosa a cada dia, e nos submetermos completamente à Sua vontade. Que o poder da cruz de Cristo seja manifesto em nossas vidas, capacitando-nos a viver em santidade e retidão. Ajuda-nos a esmurrá-la e a fazê-la nossa escrava, para que possamos glorificar o Seu nome em tudo o que fizermos. Em nome de Jesus, oramos. Amém.

Gostou deste devocional? Se sim, que tal conferir estes outros temas:

Indiara Lourenço

Com mais de 20 anos atuando na Pregação e Ensino, Indiara possui experiência em ministério infantil, jovem e feminino. Estudante de Teologia e ministra aulas na EBD. Mãe, esposa e serva que ama fazer a obra de Deus. Contagia a todos com sua alegria e inspira com palavras motivadoras, deixando um impacto positivo por onde passa.

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. Na minha opinião, os homens “sofrem mais com a carne”. Nós, homens, somos atraídos muito mais pela visão, enquanto as mulheres mais pela audição e “não nos ajudam” nessa luta diária. Muitas mulheres são “pedras de tropeço” (Lucas 17:1,2) na vida dos homens levando-nos ao pecado da luxúria (pensamentos pecaminosos e até o ato em si), através de seu comportamento e vestuário contrários ao ensino bíblico (1 Timóteo. Cap.2, vs.9,10 / decência, modéstia e discrição). O que a senhora acha sobre essa minha opinião? Será que sou machista como algumas pessoas consideram o apóstolo Paulo em seus ensinamentos?

    1. Eu sou mulher e concordo com você,mas é o século em que vivemos,mulheres usando roupas vulgares,vendendo fotos pelada e postando até de graça,mas fazer o que,temos que aceitar esses “tempos” e orar pelas almas delas.
      As mulheres sabem que mexem com os homens e gostam disso de ser notadas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo