5 Lições de fé da profetisa Ana, a filha de Fanuel

A profetisa Ana é uma das heroínas encontradas na bíblia sagrada. Uma mulher de fé, que rompeu o preconceito por ser viúva, ainda muito jovem e aguardou ansiosa o cumprimento da promessa, feita pelo profeta Isaías.

Embora ela seja mencionada apenas uma vez no Novo Testamento, Ana se tornou uma figura importante no cumprimento da profecia do Antigo Testamento sobre o nascimento de Jesus. 

Vamos então descobrir quem foi essa mulher de fé, conhecida como a Profetisa Ana no Novo Testamento e quais as lições que ela nos deixou.

Quem foi a profetisa Ana?

Ana foi uma profetisa fiel, ela era filha de Fanuel da tribo de Aser. Seu nome Ana significava “graça”, Ana era uma viúva piedosa, prestes a completar oitenta e quatro anos, quando Jesus nasceu.

Aparentemente, pertencia ao quadro de funcionários que residia no templo de Jerusalém, devotando sua vida ao serviço contínuo no Templo.

Aonde aparece a história da profetisa Ana na bíblia?

A história da profetisa Ana está registrada no livro de Lucas 2: 36-38.

“E estava ali a profetisa Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser. Esta era já avançada em idade, e tinha vivido com o marido sete anos, desde a sua virgindade; E era viúva, de quase oitenta e quatro anos, e não se afastava do templo, servindo a Deus em jejuns e orações, de noite e de dia. E sobrevindo na mesma hora, ela dava graças a Deus, e falava dele a todos os que esperavam a redenção em Jerusalém.” (Lucas 2:36-38)

Qual a história da profetisa Ana?

Na bíblia sagrada encontramos duas mulheres chamadas Ana. A primeira Ana que aparece no Antigo Testamento, é a mãe do Profeta Samuel e a segunda Ana aparece no Novo Testamento, sendo conhecida como a profetisa Ana.

Embora a história dessas duas mulheres são impactantes, vamos reservar este post para relatar a história da profetisa Ana, de Lucas 2.

A profetisa Ana ficou viúva ainda muito jovem, ela ficou casada com seu esposo apenas sete anos e ele faleceu. Decidindo então, ficar sozinha para o resto de sua vida. Ana já era avançada em idade, a bíblia relata que tinha cerca de oitenta e quatro anos de idade, quando Jesus nasceu.

Ficar viúva naqueles tempos, não era nada fácil, embora existissem muitas leis para protegê-las, elas costumeiramente experimentaram o abandono, o desprezo e a exploração. A profetisa Ana não se deixou abater, por conta de sua solidão, buscando uma completa comunhão com Deus.

Ela dedicou o restante de seus dias, na casa do Senhor, orando, consagrando e estudando a palavra do Senhor. Seu relacionamento com Deus tornou-se tão íntimo que ela se tornou conhecida como a profetisa Ana. 

Passando a sua vida buscando o cumprimento de uma única promessa: a vinda de Jesus, o Messias prometido. 

Quando Maria e José chegaram no templo para apresentar o bebê, Ana instantaneamente ficou sabendo pelo poder do Espírito Santo que aquele bebê era o Messias prometido. Ana explodiu em louvor e adoração ao ver com seus próprios olhos o cumprimento da promessa de Deus.

O restante de seus dias foram usados pelo Espírito Santo para proclamar a chegada do Messias. A profetisa Ana possuía um dom especial para transmitir aos outros a palavra de Deus, com muita convicção e ousadia.

Qualidades da profetisa Ana na Bíblia 

Encontramos apenas três versículos dedicados a essa grande mulher. Porém, é o suficiente para nós reconhecermos as valiosas qualidades dessa profetisa fiel.

1. Ana era uma profetisa 

Nem todos os estudiosos da bíblia concordam com essa afirmação. Pois, durante o período de 400 anos entre o tempo do Antigo Testamento e do Novo Testamento, não houve profecia. Sabemos que Malaquias foi o último profeta registrado na bíblia. E as pessoas que viviam na época de Ana acreditavam e esperavam o cumprimento das profecias do Antigo Testamento, onde nasceria o Messias prometido.

Alguns estudiosos acreditam que ela não era uma voz profética, como outros profetas conhecidos, tal como Jeremias, Isaías e tantos outros. Porém, a verdade é que ela anunciava a palavra do Senhor, antes do Messias nascer e depois que a promessa se cumpriu, ela intensificou ainda mais essa proclamação.

Fazendo com que muitas pessoas acreditassem no Messias, e espalhassem cada vez mais a mensagem para todo o povo de Israel e confins.

2. A profetisa Ana era uma mulher dedicada ao Senhor

Como muitas mulheres judias daquela época, Ana pode ter se casado muito nova. Porém, mesmo ela sendo nova, sua vida foi dedicada a Deus.

O templo tornou-se seu lar, pois ela passava o tempo todo ali orando e jejuando.

Alguns estudiosos da bíblia, acreditam que Ana morava no templo, e por isso ficou conhecida como profetisa. Por outro lado, ela pode não ter morado lá, mas estava sempre presente no templo.

De qualquer maneira, ela nunca quis ficar longe da presença de Deus.

Ana estava buscando incessantemente uma amizade contínua com Deus. Ela havia desistido de tudo neste mundo e estava sobretudo, dedicando a sua vida completamente para Deus.

3. Ana era uma mulher de fé

A profecia sobre o nascimento de Jesus era bem conhecida entre os judeus. Qualquer judeu devoto estava atento para o cumprimento da profecia.

Assim como Isabel e Maria, a profetisa Ana acreditava de todo o coração que essas profecias eram verdadeiras.

Ela sabia, sem sombra de dúvida, que essa profecia, aparentemente impossível por meio de um nascimento virginal, aconteceria. 

4. A profetisa Ana foi cheia do Espírito Santo 

No momento em que a profetisa Ana viu o menino Jesus, ela teve certeza de quem ele era, pois o Espírito Santo a revelou.

 Somente alguém que passou tanto tempo na presença de Deus, poderia ter recebido essa revelação tão poderosa. 

Não havia nada de extraordinário em Maria e José com seu bebê. Mas para quem orava, jejuava e aguardava ansioso esse momento, era único.

5. A profetisa Ana era mulher alegre e muito grata

“E sobrevindo na mesma hora, ela dava graças a Deus, e falava dele a todos os que esperavam a redenção em Jerusalém.” (Lucas 2:38)

Quando vemos esse versículo, vamos ver que essa mulher tinha um coração grato, movido pelo Louvor e Adoração a Deus.

Ana reconhece que a profecia havia se cumprido, e agora o Messias estava entre eles.

Ela não se conteve e dava glórias a Deus.

Lições que aprendemos com a profetisa Ana de Lucas 2.

Essa extraordinária mulher nos ensina grandes lições. Somente alguém, que tem sua vida dedicada inteiramente à Deus, pode nos deixar lições valiosas.

À seguir vamos aprender algumas lições com a história da profetisa Ana.

1. Seja uma pessoa alegre e grata independente das circunstâncias

Sabemos que a profetisa Ana, era uma jovem quando ficou viúva. Porém, ela viveu ao lado de seu esposo por sete anos, esse período com toda certeza, foi o suficiente para deixar um vazio e uma saudade enorme.

Percebemos também que a profetisa Ana não teve filhos. Imagine, ela era uma viúva e não possuía filhos, ela então, poderia ser a pessoa mais infeliz, vivendo em uma sociedade um tanto preconceituosa.

Porém, ela resolveu colocar um sorriso em seu rosto, gratidão em seu coração, e mergulhar na intimidade com Deus.

Talvez, por bem menos, você já não consegue encontrar motivos para sorrir e agradecer. Portanto, se achegue ao Senhor, deixe a tristeza, a angústia de lado e viva uma vida para Deus. Ele com certeza, fará os seus dias mais felizes e coloridos.

2. Viva uma vida Santa aguardando a sua redenção

A profetisa Ana não tinha dúvidas de que Jesus viria para nos salvar. Ela se dedicava ao máximo para viver uma vida de comunhão íntima com Deus. Consagrando, orando e meditando na palavra de Deus.

Nesta ocasião eu te pergunto: Como você tem esperado o dia da redenção?

Que possamos, assim como Ana dedicar as nossas vidas ao Senhor, se tornando santos a cada dia, para nos encontrarmos com o nosso Senhor em sua segunda vinda.

Pergunte-se diariamente: estou pronto para me encontrar com Jesus, nas nuvens? Meu nome está escrito no livro da vida?

Reflita, sobre isso!

3. Deus sempre tem um povo escolhido e separado

A profetisa Ana não era a única que aguardava ansiosa a promessa, mas ela tinha umas companheiras fiéis, também muito conhecidas, chamadas de Isabel e Maria.

E assim que a profecia foi cumprida, elas já estavam em posição de receber a mensagem de seu cumprimento.

Saiba que em toda a história humana Deus sempre preserva remanescentes fiéis. Deus está a procura de verdadeiros adoradores que o adorem em espírito e em verdade.

Portanto, se junte àqueles que estão com esse mesmo sentimento de adorá-lo, independentemente das circunstâncias.

4. Busque ao Senhor em todo tempo

Uma das qualidades da profetisa Ana, era sua constância, fidelidade e firmeza em sua busca por Deus. Ela dedicou todo o seu tempo ao Senhor, e por isso foi recompensada.

Se ela tivesse feito como muitos, desistido no meio do caminho ou desfalecido de sua fé, com certeza ela não teria visto a promessa se cumprir.

Portanto, busque ao Senhor em todo tempo e não desfaleça de sua fé, o Senhor Deus não é homem para que minta, nem filho do homem para que se arrependa.

5. Deus é fiel para cumprir suas promessas, mesmo que pareça tardia

Sabemos que não é fácil esperar por algo, quando compramos pela internet, por exemplo, ficamos aguardando o pedido chegar. Se atrasar alguns dias, já ficamos aflitos pensando que podemos ter pedido nosso tempo e dinheiro.

A profetisa Ana não aguardava um pedido, mas ela aguardava ansiosa a promessa se cumprir.

Porém, ela não se cansou, não murmurou devido a demora, mas aguardou com paciência no Senhor.

Talvez o Senhor tenha te prometido algo, e você já pensa em desistir devido a demora.

A profetisa Ana não era a única personagem da Bíblia que teve que esperar em Deus.

Abraão e Sara, por exemplo, esperaram 25 anos para que Deus cumprisse sua promessa.

Noé esperou 120 anos antes que as pessoas parassem de rir de sua tola profecia sobre a chuva.

Contudo, Deus nunca volta atrás em sua palavra, Ele é fiel para cumprir as suas promessas.. 

Continue acreditando e esperando, no Senhor, lembrando sempre que o tempo de Deus não é o nosso.

Conclusão sobre a profetisa Ana 

Enfim, a profetisa Ana se destaca como uma das mulheres de fé na bíblia sagrada, por sua dedicação total à Deus. Ana viveu uma vida inteira aguardando pela promessa do Messias, se cumprir.

Se tornando assim, um exemplo para nós, ao qual devemos aguardar ansiosos pela segunda vinda de Cristo.

Vivendo uma vida de santidade, pureza, justa e piedosamente, sem se contaminar com este mundo, crendo que a nossa redenção se aproxima. 

Esboço de Pregação sobre a profetiza Ana

Tema: “O testemunho de fé e esperança da profetiza Ana”

Texto Base: Lucas 2:36-38

Introdução: Hoje, vamos mergulhar na vida inspiradora de uma mulher notável na Bíblia – Ana, a profetiza. Sua história nos ensina valiosas lições sobre fé, esperança e perseverança, independentemente das circunstâncias que enfrentamos em nossas vidas.

I. A Fidelidade de Ana na Adoração

  • Ana era uma mulher dedicada ao serviço no templo (Lucas 2:37a)
  • Ela passava seu tempo em adoração, jejum e oração (Lucas 2:37b)
  • Sua vida refletia um compromisso profundo com Deus, mesmo em meio à sua própria dor e provação

II. O Reconhecimento da Promessa Cumprida

  • Ana reconheceu Jesus como o Messias prometido (Lucas 2:38a)
  • Ela viu a realização das promessas de Deus se desdobrando diante de seus olhos
  • Sua resposta à chegada de Jesus foi uma expressão de louvor e gratidão

III. O Testemunho de Esperança e Profecia

  • Ana compartilhou as boas novas sobre Jesus com todos aqueles que esperavam a redenção de Jerusalém (Lucas 2:38b)
  • Sua profecia sobre o Messias ecoou através dos séculos, trazendo esperança aos corações daqueles que ouviram suas palavras
  • Ana foi uma voz de encorajamento e esperança em um tempo de expectativa e espera

Conclusão: A vida de Ana nos desafia a buscar a Deus com diligência, a reconhecer Suas promessas sendo cumpridas ao nosso redor e a compartilhar o evangelho da esperança com os que estão ao nosso redor. Assim como Ana, que perseverou na fé e viu a glória de Deus, também devemos permanecer firmes em nossa devoção, confiantes de que Ele é fiel para cumprir todas as Suas promessas.

Indiara Lourenço

Com mais de 20 anos atuando na Pregação e Ensino, Indiara possui experiência em ministério infantil, jovem e feminino. Estudante de Teologia e ministra aulas na EBD. Mãe, esposa e serva que ama fazer a obra de Deus. Contagia a todos com sua alegria e inspira com palavras motivadoras, deixando um impacto positivo por onde passa.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você precisa desativar o Adblock para continuar navegando em nosso site!