Responsabilidades Familiares – Estudo e Pregação em Efésios 5-6

Esboço de pregação e estudo em Efésios 5:22-33 ao 6:1-9 com o tema: Responsabilidades Familiares.

Tema: Responsabilidades Familiares

Texto do sermão Efésios 5:22-33 ao 6:1-9

INTRODUÇÃO deste Estudo e Pregação em Efésios 5-6

1. Até este ponto, Paulo tem delineado como podemos viver de forma digna do chamado que recebemos:

  • Andando em unidade – Efésios 4:1-16
  • Vivendo na verdade e na santidade – Efésios 4:17-32
  • Demonstrando amor, sabedoria e leveza – Efésios 5:1-21

2. Apesar de parecer uma mudança abrupta, Paulo passa a discutir as responsabilidades dentro da família em Efésios 5:22-6:9:

  • Papéis das esposas – Efésios 5:22-24
  • Papéis dos maridos – Efésios 5:25-33
  • Papéis dos filhos – Efésios 6:1-3
  • Papéis dos pais – Efésios 6:4
  • Papéis dos servos – Efésios 6:5-8
  • Papéis dos senhores – Efésios 6:9

3. No entanto, essa mudança não é tão abrupta quanto parece, pois Paulo já mencionou:

  • A necessidade da igreja de revelar a sabedoria de Deus – Efésios 3:10
  • O chamado para viver com sabedoria – Efésios 5:15-17.
  • E é através das relações familiares que muitas vezes podemos demonstrar essa sabedoria com mais eficácia.

4. Por meio do casamento, entramos em contato imediato com outra família (nossos “sogros”).

5. Por meio dos filhos, desenvolvemos relações com pessoas na escola, na vizinhança, etc.

6. Assim, nossas famílias têm um grande potencial para demonstrar a sabedoria de Deus:

Os princípios fundamentais do evangelho (submissão, amor, sacrifício, obediência, honestidade, justiça) devem ser refletidos em nossos relacionamentos familiares.

Por meio do exemplo, podemos mostrar em nossas famílias o que é verdadeiramente bom e correto, preparando outros para receberem a mensagem do evangelho.

Portanto, Paulo continua a discutir esses assuntos cruciais para uma “caminhada digna” do chamado que recebemos.

Vamos agora considerar como aqueles que “andam dignamente” se comportam em relação a…

I. RESPONSABILIDADES CONJUGAIS (EFÉSIOS 5:22-33)

A. O DEVER DAS ESPOSAS (EFÉSIOS 5:22-24)

22 Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao Senhor; 23 Porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo. 24 De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seus maridos.

1. Devem submeter-se em tudo aos seus maridos:

  • Como se submetem ao Senhor.
  • Assim como a igreja se submete a Cristo.

2. A razão: O marido é o cabeça da esposa, assim como Cristo é o cabeça da igreja.

Essa estrutura de autoridade reflete uma organização funcional.

Demonstra a importância da submissão como um princípio na vontade de Deus.

Jesus exemplificou a submissão tanto por suas palavras quanto por seu exemplo.

3. A submissão das esposas prova a sabedoria e o valor desse princípio na vontade de Deus.

B. O DEVER DOS MARIDOS (EFÉSIOS 5:25-30)

25 Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, 26 Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra, 27 Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível. 28 Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo. 29 Porque nunca ninguém odiou a sua própria carne; antes a alimenta e sustenta, como também o Senhor à igreja; 30 Porque somos membros do seu corpo, da sua carne, e dos seus ossos.

1. Devem amar suas esposas:

  • Como Cristo amou a igreja, com um amor sacrificial.
  • Como amam seus próprios corpos, nutrindo e cuidando de suas esposas.

2. Assim como as esposas têm a oportunidade de demonstrar a sabedoria de Deus na submissão, os maridos têm a oportunidade de demonstrar o amor de Cristo:

Ao exercer sua autoridade como cabeça da família com um amor benevolente.

Isso reflete a possibilidade e a sabedoria de uma monarquia benevolente.

O casamento pode refletir o relacionamento entre Cristo e a igreja somente quando o marido exerce sua autoridade com amor e a esposa se submete com respeito.

Essas “responsabilidades conjugais” são fundamentais para um casamento saudável.

Mas, além disso, existem…

II. RESPONSABILIDADES NA FAMILÍA (EFÉSIOS 6:1-9)

A. O DEVER DAS CRIANÇAS (EFÉSIOS 6:1-3)

Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe, que é o primeiro mandamento com promessa; Para que te vá bem, e vivas muito tempo sobre a terra.

1. As crianças devem obedecer aos pais de uma maneira que os honre.

2. Além dos benefícios temporais, há implicações espirituais, pois isso é agradável ao Senhor.

3. Pelo exemplo, as crianças podem demonstrar o valor da obediência aos mandamentos de Deus.

B. O DEVER DOS PAIS (EFÉSIOS 6:4)

E vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na doutrina e admoestação do Senhor.

1. Os pais têm uma responsabilidade negativa e positiva.

  • Devem evitar provocar a ira dos filhos, disciplinando-os com amor.
  • Devem educá-los no treinamento e admoestação do Senhor.

2. Quando os pais equilibram amor e disciplina, mostram como Deus cria seus filhos na família espiritual.

C. O DEVER DOS SERVOS (EFÉSIOS 6:5-8)

Vós, servos, obedecei a vossos senhores segundo a carne, com temor e tremor, na sinceridade de vosso coração, como a Cristo; Não servindo à vista, como para agradar aos homens, mas como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus; Servindo de boa vontade como ao Senhor, e não como aos homens. Sabendo que cada um receberá do Senhor todo o bem que fizer, seja servo, seja livre.

1. Os servos devem obedecer com temor e tremor, sinceridade de coração e boa vontade, como se servissem ao Senhor.

2. Eles podem exemplificar a verdadeira obediência segundo a vontade de Deus, mesmo como escravos.

D. O DEVER DOS MESTRES (EFÉSIOS 6:9)

E vós, senhores, fazei o mesmo para com eles, deixando as ameaças, sabendo também que o Senhor deles e vosso está no céu, e que para com ele não há acepção de pessoas.

1. Os mestres devem tratar seus servos com os mesmos princípios dados aos servos, reconhecendo que Deus não faz acepção de pessoas.

2. Seu exemplo revela como o Mestre celestial governa sobre Seus servos no reino de Deus.

Essas responsabilidades familiares e sociais são essenciais para demonstrar a sabedoria e a vontade de Deus em todas as áreas da vida.

Conclusão deste sermão

1. Nossos comportamentos nos relacionamentos conjugais e familiares têm um impacto significativo em nossa capacidade de manifestar a sabedoria de Deus.

Casamentos e famílias disfuncionais contradizem a mensagem do evangelho.

Por outro lado, casamentos e famílias fundamentados nos ensinamentos bíblicos refletem os valores do evangelho, como:

  1. Submeter-se a Deus e a outras pessoas com autoridade
  2. Exercer autoridade com amor sacrificial
  3. Obedecendo àqueles que Deus colocou sobre nós
  4. Desenvolver outras pessoas por meio de treinamento e advertência, não de intimidação
  5. Prestar um serviço sincero e não hipócrita
  6. Exercer a autoridade com justiça e imparcialidade

2. Ao buscarmos viver de acordo com nossa vocação em Cristo, não devemos negligenciar os relacionamentos familiares, pois são cruciais para uma vida digna.

Devemos esforçar-nos para refletir os princípios do evangelho em nossos casamentos e famílias, demonstrando assim a sabedoria de Deus em nossas vidas.

Nossos relacionamentos familiares são uma oportunidade única para vivermos e compartilharmos o amor e a verdade de Cristo com o mundo ao nosso redor.

Confira mais esboços de pregações impactantes.

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você precisa desativar o Adblock para continuar navegando em nosso site!