Salmos 128: O que Significa “Plantas de Oliveira à Roda da tua Mesa”?

Tanto a videira quanto a oliveira, na poesia hebraica, eram símbolos frequentes de frutificação. Em Salmos 128 diz que Deus recompensa o homem bom com a herança de uma grande família, de felicidade, prosperidade e vida longa.

Naquela época, quanto maior o número de filhos, mais abençoada era uma família.

A metáfora da “mulher como uma videira” tinha muito valor no mundo rural daquela época. Uma videira frutífera era símbolo de abundância.

E no contexto do Salmos 128, essa simbologia realmente indica “muitos filhos”, porque a seguir tem mais metáfora que cita “Plantas de oliveira”.

O que o salmista quis dizer com “os teus filhos como Plantas de Oliveira à Roda da tua Mesa”?

Quando a oliveira fica muito velha, o tronco principal pode parar de produzir frutos, e sendo assim, os cultivadores deixam várias mudas ou brotos novos crescerem ao redor da oliveira, até se tornarem parte integrante da árvore.

Depois de um tempo, a árvore original que simboliza o pai e a mãe, pode estar cercada por três ou quatro troncos jovens e vigorosos “como os filhos ao redor de uma mesa”, daí a comparação bíblica. As plantas de oliveira ou brotos que simbolizam os filhos, possuem a mesma raiz e participam da produção da safra de azeitonas. Essa imagem nos faz pensar também na fé em família.

Espiritualmente falando, os filhos podem tornar-se firmes na fé, graças às fortes raízes espirituais dos pais.

Quando os pais já estão velhos, os filhos devem dar sequência ao seu trabalho nessa terra, depois os netos e os bisnetos, todos da mesma “raiz” e produzindo a mesma espécie de fruto.

Veja o termo “raiz” no Antigo Testamento:

Um ramo surgirá do tronco de Jessé, e das suas raízes brotará um renovo.

Isaías 11. 1

E acontecerá naquele dia que a raiz de Jessé, a qual estará posta por estandarte dos povos, será buscada pelos gentios; e o lugar do seu repouso será glorioso.

Isaías 11. 10

O Novo Testamento confirma isso:

Outra vez diz Isaías: Uma raiz em Jessé haverá, E naquele que se levantar para reger os gentios, Os gentios esperarão.

Romanos 15.12

Próprio Jesus esclarece quem é a Raiz

Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas. Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã.

Apocalipse 22.16

Origem e características da Oliveira

A origem da oliveira remete às localizações ao norte do Irã e parte oriental do mar Mediterrâneo. É uma árvore de tronco retorcido e estatura baixa. Seu fruto é a oliva ou azeitona, usado para a produção de azeite.

Uma das principais características dessa árvore é a longevidade. Em Israel, algumas oliveiras chegam a ter 2.500 anos ou até mais.

Outro aspecto importante é que a oliveira cresce e frutifica até mesmo em solos com pouca água. Além disso, mesmo que for queimada ou cortada, ela é capaz de brotar novamente a partir de suas raízes, por esse motivo simboliza perseverança e fidelidade sob qualquer circunstância.

Essa árvore demora aproximadamente 15 anos para chegar à maturidade, por isso demora a dar frutos, mas a partir dessa fase frutifica durante séculos seguidos, e com fartura.

A oliveira e a vida cristã

Dentro desse cenário simbólico, usando a oliveira como referência, entendemos que o verdadeiro cristão pode até levar um longo tempo para crescer espiritualmente, mas quando tem suas raízes firmadas em Deus, passa a produzir seus frutos de forma abundante, sem se abalar pelas dificuldades e contratempos.

Seja resistente como a oliveira

Por ter suas raízes bem aprofundadas, podendo chegar até seis metros, mesmo quando a oliveira é arrancada, ela produz rapidamente seus brotos e volta a crescer. Se essa característica for transferida para a vida cristã, quer dizer que “devemos florescer e frutificar onde quer que estejamos”. Independente do solo, Deus nos dá essa capacidade de crescer, porque Ele mesmo é a raiz que nos sustenta. Mas frutificar cabe a cada um de nós.

Conclusão

Portanto sejamos como Plantas de Oliveira ao redor da mesa, firmados em Cristo que é a Oliveira.

 BEM-AVENTURADO aquele que teme ao SENHOR e anda nos seus caminhos. Pois comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás, e te irá bem. A tua mulher será como a videira frutífera aos lados da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira à roda da tua mesa. Eis que assim será abençoado o homem que teme ao SENHOR. O SENHOR te abençoará desde Sião, e tu verás o bem de Jerusalém em todos os dias da tua vida. E verás os filhos de teus filhos, e a paz sobre Israel.

Salmos 128

Indiara Lourenço

Mãe, esposa e serva que ama fazer a obra de Deus. Contagia a todos com sua alegria está sempre incentivando com palavras motivadoras!
Botão Voltar ao topo