Adolescência e namoro: Será que posso deixar meu filho adolescente namorar?

Adolescência e namoro são duas coisas complicadas, e só quem tem filho nessa idade sabe dizer o quão difícil é. Meu filho de 14 anos esses dias chegou de um encontro de adolescentes de nossa igreja e daqui a pouco, uma mensagem em seu celular, de uma irmãzinha adolescente.

O coração nessa hora, acelera pois você imagina que vai demorar um pouco mais para acontecer com seu filho, porém, logo em seguida, a pergunta: Mãe, já posso namorar?

Eis que surge a pergunta: Será que já posso deixar meu filho adolescente, com 14 anos apenas, namorar? E se eu proibir e ele começar a namorar escondido?

Como diz o ditado, muitos “grilos” começam a surgir em nossa mente.

À seguir vamos ver alguns conselhos para lidar com este assunto com muita sabedoria.

Ensine seu filho no caminho em que deve seguir

Deus chamou os pais para ensinarem seus filhos no caminho em que devem seguir (Provérbios 22:6), isto quer dizer, ensinar para os seus filhos os princípios e valores cristãos. Como posso deixar meu filho de 14 anos namorar, se ele não tem idade para casar e cuidar de um lar?

Nós cristãos precisamos andar na contra mão do mundo em tudo, se para o mundo o namoro de adolescentes é normal, para nós não pode ser. Se fazer sexo antes do casamento é normal, para nós não pode ser. Temos que andar no caminho da santidade e da pureza e assim ensinar nossos filhos também.

Contudo, a melhor coisa a se fazer é conversar com seu filho sobre adolescência e namoro, ensinando sempre dentro dos princípios bíblicos.

Peça sabedoria a Deus para instruir o seu filho adolescente

Seja sempre amigo de seu filho adolescente, faça com que ele se sinta seguro e confiante. Esteja sempre atento a quem são suas amizades, com quem ele tem conversado nas redes sociais. Nunca permita que ele fique a sós com alguém do sexo oposto.

Faça da sua casa um lugar onde eles queiram trazer seus amigos para que você possa supervisionar os filmes que eles assistem e a interação entre meninos e meninas.

Não seja ingênuo de pensar que na casa de um amigo os casais cristãos não se reúnem para encontros amorosos. Isso é mais comum do que você imagina. 

Portanto, tornar sua casa um lugar onde haja muitos lanches e coisas para fazer pode ser sua melhor contribuição para ajudar seus filhos adolescentes a interagirem de maneira honrosa.

O tempo que você gasta instruindo e cuidando do seu filho adolescente irá equipá-lo e ajudá-lo a saber que você se importa. 

Explique sempre o “Por quê”

Pode ser desconfortável falar sobre sexo e namoro. Mas é vital explicar ao seu filho como:

  •  estar sozinho com alguém por quem eles têm sentimentos é um convite para tropeçar
  •  seus corpos anseiam por intimidade
  •  O objetivo de Satanás é seduzi-los a ceder aos seus anseios
  •  lutar para permanecer puro é uma batalha espiritual
  •  Satanás é um leão que ruge procurando devorá-los. Ele destruiu muitos que falharam em proteger sua pureza. (1 Pedro 5:8).

Portanto, em vez de apenas dizer:  “Você é uma criança ainda”, explique como o namoro sem responsabilidade é um caminho para a destruição.

A atração física não apenas pode ir mais longe do que eles pretendiam, mas também ensiná-los como as pessoas pegas em pecado sexual perdem a bênção e a orientação de Deus em suas vidas. 

Conte a seu filho adolescente como até mesmo o rei Davi era vulnerável ao pecado sexual quando brincava com o fogo de seu desejo (2 Samuel 11, Salmo 51).

Ajude seu filho a entender que, se ele é um cristão, o Espírito de Deus habita nele para guiar seus passos em direção a uma vida sem arrependimentos. Isso inclui ajudá-lo um dia a escolher uma companheira piedosa. 

Quando seu filho adolescente perceber que Deus está interessado em ajudá-lo a encontrar o amor verdadeiro, ele poderá entender melhor a importância de não extinguir o Espírito satisfazendo suas concupiscências (1 Tessalonicenses 5:19).

Gálatas 5:16-17 diz: “…Andai pelo Espírito, e não satisfareis os desejos da carne. Pois os desejos da carne são contra o Espírito, e os desejos do Espírito são contra os da carne, pois são opostos entre si, para impedir que vocês façam o que querem fazer”.

Por que é necessário esperar pelo tempo correto para namorar? Porque quando chegar a idade correta, ele terá maturidade para lidar com os desejos da carne e assim impedir que Satanás o faça tropeçar. 

Dê-lhes ESPERANÇA

Deixe seu filho saber que você está do lado dele. E que Deus deu a você a oportunidade de guiá-los por esses caminhos cheio de dúvidas. Transmita confiança de que, se eles continuarem seguindo Sua vontade, Deus lhes trará o amor verdadeiro no tempo certo.

Conte para seu filho adolescente histórias de amor cheias de esperança que mostram a soberania de Cristo ao unir dois corações.

Faça com que eles entendam de forma amigável, que para todas as coisas existem um tempo certo para acontecerem. Incentive-o a estudar, fazer um curso profissionalizante, incentive-o a se dedicar na obra de Deus.

Tendo seu tempo ocupado para outras atividades, com certeza o namoro ficará em segundo plano.

Seja sempre o amparo que seu filho precisa

A oração é um amparo essencial que você pode dar ao seu filho adolescente, principalmente quando ele encontra uma cultura que diz que sexo e namoro na adolescência é normal. 

Reserve um tempo para ouvir e falar, isso é vital. Se você não conversar sobre esses assuntos difíceis, eles encontrarão alguém que conversará, correndo um sério risco de conversar com alguém que não tenha os mesmos princípios bíblicos.

Se seu filho não é cristão, use esta fase para ensiná-lo como conhecer a Cristo e receber o Espírito Santo como amigo e guia.

Reserve um tempo para instruí-lo enquanto eles processam seus sentimentos. 

Ajude-os a contemplar o namoro como algo santo e puro e por que guardar essa pureza é importante.

Dê-lhes esperança e amparo, fazendo isso você equipará seu filho adolescente para namorar sem arrependimentos na idade certa e ter um futuro abençoado.

Indiara Lourenço

Com mais de 20 anos atuando na Pregação e Ensino, Indiara possui experiência em ministério infantil, jovem e feminino. Estudante de Teologia e ministra aulas na EBD. Mãe, esposa e serva que ama fazer a obra de Deus. Contagia a todos com sua alegria e inspira com palavras motivadoras, deixando um impacto positivo por onde passa.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo