Quem foi Dalila: 3 lições da história da mulher que seduziu Sansão

Dalila ficou conhecida pela sua sutileza e audácia em seduzir Sansão, um Juíz de Israel. Ela seduziu Sansão e depois de ele estar loucamente apaixonado por ela, Dalila o traiu.

Esta história de Sansão e Dalila, ficou registrada na bíblia sagrada, com o propósito de nos alertar dos perigos da sedução e do pecado.

Embora, seja quase impossível separar esses dois personagens bíblicos, vamos nos voltar somente para a história de Dalila, e juntos aprender algumas lições que essa história pode nos ensinar.

Quem foi Dalila na Bíblia?

Dalila, aparece no livro de Juízes 16:4, se tornando conhecida por ser a terceira mulher com quem Sansão se relacionou. Um relacionamento pecaminoso, pois Sansão e Dalila, eram declaradamente “amantes”, eles nunca foram casados.

Não sabemos ao certo se Dalila era uma filistéia, porém a bíblia nos diz que ela era uma moradora do vale de Soreque, ao qual fazia fronteira entre os filisteus (povo inimigo do povo de Deus) e a antiga Tribo de Dã, dos antigos israelitas.

A bíblia não relata mais nada sobre a vida de Dalila, sua família, qual a sua descendência.

Muitas pessoas até perguntam: Qual foi o fim de Dalila, ou como ela morreu? Isso de fato não sabermos ao certo, porém, tudo indica que ela morreu junto com os demais filisteus, após as colunas do templo derrubadas por Sansão.

Contudo, independente de não termos todas essas informações, o que fica muito claro, é que Dalila não temia ao Senhor. Agindo de forma astuta e enganadora, fazendo com que Sansão acabasse da pior maneira.

Porque Dalila traiu Sansão?

A Bíblia nos diz que Sansão se apaixonou por Dalila. Os príncipes dos filisteus sabendo disso, usaram de artimanha para acabar com Sansão, oferecendo para ela, mil e cem moedas de prata.

Dalila, não pensou duas vezes e agora ela começa a investigar Sansão, o porque de toda a sua força.

Sansão, sendo um Narizeu de Deus tentou esconder a verdade, porém não podendo mais resistir tamanha aflição e pressão, ele revela então o segredo de sua força.

Dalila, traiu Sansão pela sua ganância e falta de amor.

Quais as características de Dalila e o que ela usou para descobrir o segredo de Sansão?

Sansão um valente, guerreiro, matou um leão, e agora cai na astúcia de uma mulher chamada Dalila. O que será que ela fez para que isso acontecesse?

Veremos à seguir quais foram as armas que ela usou para enganar e trair Sansão.

Dalila era sensual e atraente

Os homens são altamente atraídos pelo que veêm. Entendemos então que Dalila era uma mulher linda, sensual e atrente

Sansão, sendo um homem fraco neste aspecto, foi logo atraído por essa mulher. Sansão tinha o dom de se apaixonar profunda e desesperadamente à primeira vista. 

Dalila era uma mulher infiel

Se Sansão estive apercebido aos sinais, ele não teria sido enganado por Dalila. Na segunda vez, que Dalila tenta descobrir o segredo de sua força, ele teria fugido.

Porém, ele estava segamente apaixonado por ela. A bíblia não diz que Dalila estava apaixonada por Sansão, ou que tinha algum tipo de compromisso com ele. Contudo, o que percebemos é que ela era mais leal aos filisteus do que a Sansão.

Enquanto ele demonstrava amor por ela e gastava sua energia sexual com ela, ela professava amor e lealdade ao dinheiro prometido.

A única contribuição que ela estava dando para o relacionamento era através do sexo, e isso porque o relacionamento deles era apenas com uma finalidade. Não existia um voto de compromisso um com o outro. Afinal, ela era fingida e desonesta.

Ela era gananciosa e avarenta

“Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína. Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.” (1 Timóteo 6:10)

Dalila concordou em entregar Sansão para os filisteus, em troca de dinheiro.

Não sabemos ao certo quantos homens conversaram com ela, mas a bíblia sagrada nos diz que era os príncipes dos filisteus. Havia 5 príncipes na Filícia. Cada um deles prometeu dar a ela 1100 siclos de prata.

Imagine a oferta feita a Dalila. Ela iria receber uma recompensa de 5.500 siclos, somente para trair Sansão. 

O que podemos entender, é que a oferta foi tão grande que encheu os olhos de Dalila.

Dalila era astuta e insensível

“Então os príncipes dos filisteus subiram a ela, e lhe disseram: Persuade-o, e vê em que consiste a sua grande força, e como poderíamos assenhorear-nos dele e amarrá-lo, para assim o afligirmos; e te daremos, cada um de nós, mil e cem moedas de prata.” (Juízes 16:5)

Imagine uma mulher ter relações sexuais com um homem, somente para levá-lo à morte.

Pois é, Dalila só tinha esse objetivo. Entregar Sansão nas mãos dos filisteus. Ela, aderiu fielmente ao plano. Usando o ponto fraco de um homem tão forte.

Dalila era manipuladora 

“Então ela lhe disse: Como dirás: Tenho-te amor, não estando comigo o teu coração? Já três vezes zombaste de mim, e ainda não me declaraste em que consiste a tua força.” (Juízes 16:15)

Sansão estava loucamente apaixonado por Dalila, mas seu amor nunca foi retribuído.

Só nós se atentarmos para quantas vezes mesmo que Dalila mentiu para Sansão?

Dalila foi insistente e por duas vezes Sansão não revelou seu segredo, enganando-a. Foi então que Dalila lhe disse:

“Como você pode dizer que me ama se não confia em mim?” Sansão se angustiou até a morte e lhe revelou que a sua força estava no cabelo, por quanto nunca poderia ser cortado.

Ela usou a arma da manipulação e conseguiu o queria, fazendo com que Sansão pecasse contra Deus e tivesse seu pior fim.

Dalila era hospitaleira e agradável

Sim, Sansão a amava. Mas algo o mantinha sempre encantado e atraído por ela.

Dalila descobriu seu ponto fraco, e sabia exatamente como deixá-lo completamente confortável. E isso só se consegue, quando a mulher possui excelentes habilidades de hospedagem, tanto em sua casa quanto em sua cama.

Dalila sabia que fazer para que Sansão se sentisse confortável em casa. 

Vemos que todas às vezes que Dalila tenta Sansão é em sua cama e em sua casa. Pois ele sempre adormece, após essas tentivas.

3 Lições que aprendemos com a história de Dalila

Dalila, fica entre as três mulheres astutas da bíblia. Essa mulher não é alguém para nós se espelharmos, mas um grande exemplo à ser evitado, tanto para as mulheres quanto para os homens.

Para isso, separamos três grandes lições para aprendermos com ela.

1. Use seu poder feminino para o bem 

Deus deu uma grande capacidade e poder para as mulheres, ao qual podemos usá-lo tanto para o bem quanto para o mal.

Dalila, tinha conhecimento de seu poder de persuasão e usou isto para o mal.

Um homem quando está apaixonado por uma mulher, é capaz de qualquer coisa. Por esta razão, as mulheres têm uma espécie de influência na vida dos homens que as amam.

Contudo, você mulher tome cuidado para não ser uma Dalila da vida. Use seu poder de influência, para o bem.

Se você não ama o homem, pare de usá-lo e deixe-o ir. Se seu esposo o ama, trate-o com carinho e respeito. Use sua influência para melhorá-lo e honrá-lo.

2. Não se deixe ser usada, sua reputação não foi achada na lata do lixo

Historicamente, as mulheres têm sido usadas como peões nos esquemas dos homens. Muitas vezes, as mulheres estavam em uma posição vulnerável.

A verdade é que ainda nos dias de hoje, existem muitas mulheres que estão se permitindo ser usadas.

Nós, mulheres, podemos permitir que o inimigo nos use para destruir nosso marido e o respeito que os outros têm por ele. Podemos até mesmo destruir famílias por meio da fornicação e do adultério.

Para isso, devemos estar vigilantes. Guardando nossos corações e enchendo nossas mentes com as coisas celestiais, para que o inimigo não ache lugar em nossas vidas.

3. Ser livre não tem preço

Imagine comigo agora: Dalila se vendeu por 5500 ciclos de prata. Ela pensava em sua liberdade financeira, talvez nunca mais ela precisasse trabalhar.

Porém, ela não fazia ideia do que estava para acontecer. E do peso que ela carregaria, de todas aquelas vidas que seriam mortas junto com Sansão.

Muitas vezes, por se vender por um pouco de dinheiro, perdemos nossa liberdade. Sem calcular os prejuízos causados pela falta dela.

Portanto, preze pela sua liberdade emocional. Lembre-se: Ser livre não tem preço.

Conclusão sobre a história de Dalila na Bíblia

Afinal, a vida de Dalila retrata o poder e a força que uma mulher tem na vida de um homem, quando ele a ama. 

Como mulheres de fé, podemos aprender muito com esta história de uma mulher infiel. 

Existem muitas mulheres hoje em dia, que mesmo na igreja caem nas mesmas armadilhas do inimigo. O dinheiro, a fama, os status, nunca serão uma razão boa o suficiente para vender sua alma e sua liberdade.

A melhor coisa sempre é buscar o reino de Deus e a sua justiça, para que as demais coisas Ele nos acrescente.

Leia também: A verdade chocante sobre a história de amor de Sansão e Dalila

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.
Botão Voltar ao topo