A Importância da Mesa: 3 Benefícios para manter a união e a comunhão

A mesa é uma peça central em nossas vidas cotidianas, reunindo amigos e familiares para desfrutar de refeições e momentos de comunhão. No entanto, seu significado vai além do aspecto prático.

Na Bíblia, a mesa possui um simbolismo profundo, representando união, provisão divina e até mesmo salvação.

Neste artigo, exploraremos a importância da mesa na Bíblia, seu simbolismo, origem, seu significado para os judeus, os versículos bíblicos relevantes e os benefícios que a mesa pode fornecer.

Qual a importância da Mesa na Bíblia?

Em primeiro lugar, a mesa na Bíblia representa mais do que apenas um físico local para compartilhar alimentos. Ela é um símbolo da união e da comunhão entre as pessoas. Sentar-se à mesa juntos cria um espaço propício para a interação, o diálogo e o fortalecimento dos familiares e comunitários. É um momento de compartilhar experiências, expressar amor e valorizar a presença uns dos outros. A mesa na Bíblia nos lembra da importância de nos reunirmos em unidade, superando curtição e curtindo da companhia uns dos outros.

Em segundo lugar a mesa representa a provisão Divina, onde Deus é retratado como aquele que supre todas as nossas necessidades, inclusive as físicas. Na Bíblia, encontramos histórias de milagres em que Deus multiplicou alimentos para alimentar a fome, como o relato da multiplicação dos pães e peixes. Essas narrativas destacam-se a bondade de Deus e Sua capacidade de suprir nossas necessidades abundantes e generosamente. Ao nos sentarmos à mesa, somos lembrados de que tudo o que temos vem das mãos de Deus, e devemos ser gratos por Sua provisão constante.

Em terceiro lugar, a mesa também tem um significado profundo em relação à salvação e redenção. Na Última Ceia, Jesus ofereceu uma refeição com Seus discípulos, oferecendo o pão como Seu corpo e o vinho como Seu sangue, simbolizando Seu saciedade na cruz. Essa ação estabeleceu a Santa Ceia como um memorial da morte e ressurreição de Jesus, um momento em que os crentes se reúnem em torno da mesa para lembrar e celebrar o sacrifício de Cristo, renovando sua fé e comunhão com Ele.

A mesa na Bíblia tem a importância de nos lembra do amor incondicional de Deus e do Seu plano de redenção para a humanidade, trazendo esperança, perdão e vida eterna. Sendo um retrato constante do amor de Deus e de Sua vontade de nos unir e nutrir, tanto fisicamente quanto espiritualmente.

Qual a Origem da Mesa?

A origem da mesa está associada à construção do Tabernáculo, uma estrutura móvel que serve como local de convivência e comunhão com Deus durante a peregrinação do povo de Israel no deserto.

No capítulo 25 de Êxodo, Deus dá instruções espirituais a Moisés sobre a construção do Tabernáculo e dos móveis sagrados que o acompanhariam. Um desses móveis é a Mesa dos Pães da Proposição, também conhecida como Mesa da Presença.

Deus ordena a Moisés que a mesa seja feita de madeira de acácia, coberta com ouro puro. Ela teria cerca de um metro de comprimento, meio metro de largura e meio metro de altura. Também seriam feitos anéis de ouro para prender as varas de acácia que seriam usadas para transportá-la.

A função da Mesa dos Pães da Proposição era abrigar os pratos da proposição, também conhecidos como pratos da presença. Esses feitos, representando as doze tribos de Israel, estariam colocados na mesa toda semana como uma oferta perpétua diante do Senhor. Os pães antigos eram substituídos pelos pães frescos, e os sacerdotes tinham permissão para comer os pães antigos no lugar santo do Tabernáculo.

A origem da mesa, de acordo com o relato de Êxodo, está intrinsecamente ligada à adoração e à comunicação com Deus. Ela era um dos sagrados que fazia parte do Tabernáculo móveis, e seu propósito era representar a presença de Deus no meio do povo de Israel e servir como um acompanhamento constante de Sua provisão e comunhão com Seu povo escolhido.

A Importância da Mesa para os Judeus

A mesa desempenha um papel significativo na vida e na cultura judaica, sendo um símbolo central de comunhão, tradição e identidade. Contendo, uma importância profunda na vida dos judeus. A mesa é um lugar sagrado onde os judeus podem se reunir, fortalecer sua fé, celebrar suas festas e transmitir sua herança às gerações futuras. Valorizar a importância da mesa é honrar e preservar a riqueza da cultura e das tradições judaicas.

Vamos explorar a importância da mesa para os judeus em diferentes contextos:

1. Shabbat e Festivais Judaicos

Uma das ocasiões mais comemorativas na vida judaica é o Shabbat, o dia sagrado de descanso e adoração que ocorre do pôr do sol de sexta-feira ao pôr do sol de sábado. Durante o Shabat, a mesa é preparada com esmero, onde alimentos especiais são preparados e velas são acesas para marcar o início do dia sagrado. É um momento de reunir a família e celebrar a bênção da semana que passou e a chegada de um novo Shabat.

A mesa do Shabat é adornada com uma toalha especial e símbolos tradicionais, como o pão trançado chamado chalá, vinho e outros alimentos ritualísticos. A refeição do Shabat na mesa é um momento de oração, gratidão e comunhão.

Além do Shabat, as festividades judaicas, como Pessach (Páscoa Judaica), Rosh Hashaná (Ano Novo Judaico) e Sucot (Festa dos Tabernáculos), também têm suas mesas cerimonialmente preparadas com alimentos específicos e rituais.

Cada festival tem sua própria importância histórica e religiosa, e a mesa serve como um ponto central para as celebrações, transmitindo a herança judaica e unindo as gerações.

2. Laços Familiares e Ensino

A mesa é um lugar onde os parentes e os ensinamentos judaicos são fortalecidos e transmitidos. Durante as refeições, as famílias judaicas aprenderam histórias, tradições e ensinamentos religiosos. Muitos judeus têm o hábito de ler porções da Torá (livro sagrado judaico) ou recitar bênçãos específicas antes e depois das refeições. A mesa se torna um espaço onde os valores judaicos são passados ​​de geração em geração, fortalecendo a identidade e a conexão com a fé.

3. Comunhão e Hospitalidade

A mesa desempenha um papel fundamental na prática da hospitalidade judaica. Convidar pessoas para compartilhar uma refeição é considerado um ato de generosidade e amor ao próximo. A tradição judaica enfatiza a importância de acolher estrangeiros e oferecer-lhes comida e abrigo. A mesa se torna um lugar de encontro, onde pessoas de origens diferentes se reúnem para compartilhar histórias, experiências e fortalecer os laços de amizade e comunidade.

5 Versículos da bíblia que falam sobre a mesa

1. Êxodo 25:23-30

“Também farás uma mesa de madeira de acácia; o seu comprimento será de dois côvados, e a sua largura de um côvado, e a sua altura de um côvado e meio. E cobri-la-ás com ouro puro; também lhe farás uma coroa de ouro ao redor. Também lhe farás uma moldura ao redor, da largura de quatro dedos, e lhe farás uma coroa de ouro ao redor da moldura. Também lhe farás quatro argolas de ouro; e porás as argolas aos quatro cantos, que estão nos seus quatro pés. Defronte da moldura estarão as argolas, como lugares para os varais, para se levar a mesa. Farás, pois, estes varais de madeira de acácia, e cobri-los-ás com ouro; e levar-se-á com eles a mesa. Também farás os seus pratos, e as suas colheres, e as suas cobertas, e as suas tigelas com que se hão de oferecer libações; de ouro puro os farás. E sobre a mesa porás o pão da proposição perante a minha face perpetuamente.”

2. Salmo 23:5

“Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.”

3. Salmos 78:19

“E falaram contra Deus, e disseram: Acaso pode Deus preparar-nos uma mesa no deserto?”

4. Mateus 26:7

“Aproximou-se dele uma mulher com um vaso de alabastro, com ungüento de grande valor, e derramou-lho sobre a cabeça, quando ele estava assentado à mesa.”

5. 1 Coríntios 10:21

“Não podeis beber o cálice do Senhor e o cálice dos demônios; não podeis ser participantes da mesa do Senhor e da mesa dos demônios.”

Benefícios da Mesa em Nossa Vida

Os benefícios da mesa em nossas vidas vão além do simples ato de comer. Ela proporciona um espaço para a comunhão e união familiar, estimula a alimentação consciente, permitindo que apreciemos a comida de maneira mais satisfatória, e nos lembra de celebrar e sermos gratos pelas bênçãos que cumprimentamos.

À seguir veremos, cada um desses benefícios e também aprenderemos a valorizar e aproveitar cada um deles, para assim contribuirmos para termos relacionamentos mais fortes, hábitos saudáveis ​​e uma prática de gratidão em nossa jornada diária.

1. Comunhão e União Familiar

Sentar-se à mesa com a família e amigos cria um ambiente propício para a comunhão e união familiar. É um momento especial em que todos se reúnem para compartilhar refeições, conversar e desfrutar da companhia uns dos outros. Esse tempo juntos fortalece os laços afetivos, promove a interação e a comunicação interpessoal, permitindo que cada membro da família se sinta valorizado e ouvido. A mesa se torna um espaço onde histórias são compartilhadas, risadas são compartilhadas e memórias são criadas, confiantes para um senso de pertencimento e amor.

2. Alimentação Consciente

A mesa é um lugar onde podemos praticar uma alimentação consciente. Ao nos sentarmos à mesa, somos convidados a desacelerar, prestar atenção aos alimentos que estão diante de nós e saboreá-los plenamente. Esse ato de comer com consciência nos permite desfrutar da comida de forma mais gratificante, percebendo os sabores, aromas e texturas dos alimentos. Além disso, a mesa nos incentiva a adotar hábitos alimentares mais saudáveis, uma vez que podemos escolher opções nutritivas e equilibradas para nutrir nosso corpo e promover nosso bem-estar.

3. Celebração e Gratidão

A mesa é um local natural de celebração e gratidão. É onde nos reunimos para comemorar ocasiões especiais, como aniversários, feriados e conquistas. Ao compartilhar refeições nestas ocasiões, expressamos nossa alegria e celebramos as bênçãos em nossas vidas. Além disso, a mesa nos lembra de sermos gratos pelos alimentos que temos diante de nós. Podemos cultivar um senso de gratidão ao reconhecer a provisão divina e a abundância que desfrutamos. A prática de compartilhar uma refeição em um ambiente de gratidão nos ajuda a agradecer o que temos e cultivar um coração grato.

Conclusão

A mesa é muito mais do que um objeto comum em nossas casas. Porém, ela carrega um simbolismo profundo na Bíblia e desempenha um papel significativo na vida das pessoas. Através da união, provisão divina, salvação e tradição, a mesa nos convida a experimentar momentos de comunhão, aprendizado e celebração.

À medida que valorizamos a importância da mesa em nossas vidas, podemos desfrutar os sentimentos emocionais, sociais e espirituais que ela nos proporciona. Que possamos continuar a nos reunir em torno da mesa, nutrindo tanto nossos corpos quanto nossas almas.

Indiara Lourenço

Com mais de 20 anos atuando na Pregação e Ensino, Indiara possui experiência em ministério infantil, jovem e feminino. Estudante de Teologia e ministra aulas na EBD. Mãe, esposa e serva que ama fazer a obra de Deus. Contagia a todos com sua alegria e inspira com palavras motivadoras, deixando um impacto positivo por onde passa.

Artigos relacionados

4 Comentários

  1. Glorias a Deus!!! Oro por uma geração de mulheres que se posicionem diante da mesa em seus lares para que as bênçãos restauradoras de Deus sejam derramadas…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo