5 maneiras de ser um seguidor de Cristo

Todos nós temos um sentimento de todos os dias ser mais parecidos com Jesus. Nós nos esforçamos para ler a bíblia sagrada diariamente, orar e ir à igreja regularmente. 

Mas esses são os únicos critérios necessários para ser um seguidor de Cristo?

Pesquisas mostram que mais de 60% da população brasileira se declaram cristão. Contudo, suas ações falam o contrário. 

Embora não fomos chamados para ser perfeitos, Jesus nos chama para ser um exemplo de Cristo para o mundo. 

Ações falam mais alto que palavras. 

Como demonstramos a um mundo já incrédulo que Jesus é o único Deus verdadeiro? 

Aqui estão as cinco maneiras de ser um seguidor exemplar de Cristo.

1. Pratique Disciplinas Espirituais

A leitura da Palavra e a oração são duas grandes disciplinas para desenvolver nossa vida espiritual. 

Porém, Jesus praticou disciplinas adicionais que o ajudaram a manter-se perto do pai. 

Ele jejuou, passou algum tempo sozinho em silêncio e solidão e meditou na Lei. Essas disciplinas o ajudaram a fazer o trabalho para o qual foi colocado na terra. 

Mas muitas vezes nós, como cristãos, negligenciamos essas disciplinas adicionais. Às vezes, tudo o que fazemos é ler um devocional rápido, apresentar nossos pedidos a Deus e nunca mais pensar nas coisas celestiais, até o dia seguinte. 

Jesus demonstrou que essas disciplinas adicionais eram uma parte necessária de seu ministério, e nós também devemos fazê-lo.

Pergunte a Deus como você pode praticar essas disciplinas com base em sua programação. Quando as praticarmos regularmente, descobriremos que nossas almas estarão em paz.

2. Demonstre os Frutos do Espírito

“Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.” (Galatas 5: 22)

Esta tão conhecida passagem nos diz que se vivermos pelo espírito, esses traços de caráter serão evidentes em nossas vidas. 

No entanto, saímos do culto de domingo e rapidamente ficamos zangados com a pessoa que nos interrompe no trânsito ou faz um comentário mordaz para nossos filhos. 

Embora ninguém seja perfeito, podemos prometer cultivar esses frutos em nossas vidas regularmente para que se tornem hábitos regulares. Uma vez que se torne um hábito regular, assumiremos uma postura dessas características. 

Então, será evidente para o mundo quem Deus é através do nosso testemunho.

3. Cuide de sua comunidade

Embora a maioria das igrejas tenha programas que cuidem de sua comunidade e demonstrem piedade, podemos ir além do nosso serviço aos outros. 

Nesta economia onde o dinheiro é curto e os tempos são difíceis, podemos ir além ajudando mães solteiras e viúvas em seu momento de necessidade. Podemos comprar mantimentos para as pessoas do nosso bairro e deixar as sacolas nas varandas da frente. Realizar um chá de bebê para uma vizinha que vai ter um bebê. Podemos ir à loja de departamentos local e pagar a conta de alguém em depósito.

Reserve alguns momentos e pense em maneiras de demonstrar amor em sua comunidade. Descubra quais são as necessidades e procure preenchê-las. 

Se você não sabe com o que a comunidade se importa, participe de um dia comunitário ou de outro evento local. Veja os fornecedores cadastrados. Você também pode participar de um grupo do Facebook para sua comunidade, se houver um. Se não houver um, comece um. 

Não pense em maneiras aleatórias de ajudar, se você não souber qual é a necessidade. Peça a Deus para revelar as necessidades prementes em sua comunidade. Peça ao Senhor que lhe forneça os meios para ajudar a atender a essas necessidades.

4. Ame seus inimigos

“Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;” (Mateus 5: 44)

Isto é mais fácil dizer do que fazer. Em nossa sociedade baseada no trabalho, damos às pessoas o que elas merecem. Se eles são odiosos para nós, nós merecemos ser odiosos de volta para eles. Mas não é assim que Jesus quer que vivamos. 

Em vez de ficar bravo com o último anúncio político e esperar que o governo cuide de nossos problemas, ore pelos candidatos. Peça ao Senhor para usar quem ele escolher para ser colocado em uma posição de poder. 

Em vez de reclamar no Facebook sobre todos os problemas que assolam o mundo, responda com bondade amorosa. Perdoe aquela pessoa que te machucou. 

Embora algumas ofensas possam demorar mais do que outras, somos chamados por Deus para perdoar aqueles que nos feriram. Deus diz que nos perdoará se perdoarmos aqueles que nos ofenderam. 

De que maneiras Deus está chamando você para amar seu inimigo? 

Se você acha que não tem inimigos, ore e peça a Deus para revelar se existem inimigos em sua vida. O plano de Deus é que todos nós nos reconciliemos não apenas uns com os outros, mas também com ele.

5. Tenha um coração missionário

A natureza humana determina que pensemos primeiro em nós mesmos. Colocamos nossas próprias necessidades e desejos egoístas à frente dos outros. Mas quando voltamos nossos pensamentos para nos tornarmos pessoas centradas no outro, Deus é glorificado. 

Quanto mais pensamos nos outros, mais pensamos em maneiras de atender às necessidades daqueles que Deus colocou em nosso caminho. É fácil passar o dia pensando apenas em completar nossa agenda e marcar itens em nossa lista de afazeres. 

Mas, você já perguntou o que Deus tem para você realizar hoje?

Reserve um tempo de oração pedindo a Deus que transforme sua perspectiva de que o trabalho de missões só acontece em países do 3º mundo. Seu campo missionário começa no minuto em que você sai pela porta da frente.

Sempre haverá pessoas que não podem ver Deus claramente. Nem sempre conseguiremos agradar a todos com nosso exemplo. Mas podemos tomar medidas para iluminar mais nossas casas, nossas comunidades e nosso mundo. 

Seguindo os passos descritos acima, podemos ser exemplos ambulantes da presença de Jesus em nossas vidas.

Autora: Michelle S. Lazurek

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo