5 Mentiras sutis que satanás está infiltrando em nossa atualidade

O conflito entre o bem e o mal é um tema atemporal que sempre encontrará espaço nos cinemas e livros. Isso acontece porque é um reflexo da realidade. No mundo atual, batalhas espirituais entre o bem e o mal estão em andamento. Em alguns momentos, pode parecer que as forças malignas estão triunfando, mas não perca a fé; há boas novas.

Jesus já conquistou a vitória! Ele derrotou o inimigo ao sacrificar Sua vida na cruz por nós. Por isso, encontramos conforto e esperança Nele. Embora as ameaças e tentações permaneçam em nossa vida, há esperança no sacrifício de Jesus por nós.

A guerra espiritual não é uma novidade; a batalha entre o bem e o mal existe há muito tempo. Algumas dessas ameaças espirituais são antigas, mas se apresentam de maneiras modernas em nossa sociedade. Como nos lembra os pregador em Eclesiastes 1:9: “Não há nada de novo sob o sol.”

Por que enfrentamos essas batalhas? Elas servem para nosso crescimento espiritual, fortalecem nossa fé e nos ajudam a servir ao reino. Quem serve a Deus inevitavelmente encontrará resistência. Essa oposição pode se manifestar de várias formas.

O diabo usará todas as suas artimanhas para tentar frustrar o progresso daqueles que servem a Deus.

Contudo o apóstolo Pedro nos anima:

“Em que vós grandemente vos alegrais, ainda que agora importa, sendo necessário, que estejais por um pouco contristados com várias tentações, Para que a prova da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro que perece e é provado pelo fogo, se ache em louvor, e honra, e glória, na revelação de Jesus Cristo;”

1 Pedro 1:6-7

À seguir vamos conhecer as cinco mentiras sutis que satanás que é o pai da mentira, está infiltrando em nossa geração nos dias de hoje.

1. Você precisa ter sucesso

A primeira mentira de satanás e que ele está infiltrando em nossa geração na atualidade é sobre o conceito de sucesso, que segundo o mundo, está fortemente atrelado a dinheiro e poder. Conflitos armados, divisões de nações, assassinatos e muitos outros eventos caóticos ocorreram por causa desses dois elementos.

Satanás, de maneira astuta, encoraja os cristãos a buscarem objetivos errados. É fácil para os cristãos se distraírem com atividades que os afastam de sua verdadeira missão.

Os pais, por exemplo, podem ser facilmente seduzidos a participar de atividades pós-trabalho que aumentam seu capital social ou garantem reconhecimento profissional. Entretanto, seus filhos e cônjuges necessitam de sua presença em casa. Satanás se deleita em afastar a mãe e o pai do lar, fazendo com que se envolvam em qualquer coisa, menos na criação dos filhos no temor e na admoestação do Senhor (Efésios 6:4).

Como cristãos, é fundamental que não adotemos a definição de sucesso do mundo. Se não estivermos atentos, Satanás nos afastará dos bons planos que Deus tem para nós. Não permita que isso aconteça, esteja vigilante.

“Estejam alertas e vigiem. O diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar. Resistam-lhe, permanecendo firmes na fé, sabendo que os irmãos que vocês têm em todo o mundo estão passando pelos mesmos sofrimentos.” (1 Pedro 5:8-9).

O sucesso, segundo Deus, difere completamente do conceito secular, então acostume-se a ser diferente. Na verdade, quanto mais diferente você for, mais provável é que esteja no caminho certo. Examine sua vida. Se você e seu cônjuge estão se afastando das coisas de Deus, é momento de reavaliar.

Carros luxuosos, contas bancárias recheados não podem ser levados para o céu. Lembre-se, não há gaveta em caixões! Ter muitos seguidores no Instagram não garantirá a passagem pelos portões celestiais. No entanto, você pode deixar um legado de servos fiéis que amam e temem o Senhor, preparando a próxima geração para continuar a batalha.

2. Você precisa ter amor próprio

Quantas vezes você ouviu que deve acreditar em si mesmo ou que é merecedor de algo? Embora seja importante exibir confiança, essa confiança não deve estar baseada em nossas realizações, educação, força ou conta bancária. Nossa verdadeira confiança deve estar enraizada em Jesus.

Satanás tenta convencê-lo de que você é incrível e brilhante, elevando-o a um ponto onde o orgulho se torna evidente. Ele quer que você acredite que é o responsável pelas grandes coisas em sua vida, incentivando-o a concluir tarefas com suas próprias forças. A última coisa que Satanás deseja é que você reconheça a necessidade de Cristo em sua vida.

Deus é o Criador do mundo, Aquele que provê para Seu povo e todas as criaturas. Ele lhe deu cada talento, dom e tudo que precisa em sua vida. Deus promete cuidar de Seu povo. Acreditar apenas em nós mesmos é cair na mentira de Satanás.

Não realizamos nada sem Deus. Jesus nos lembra na oração do Pai nosso: “Seja feita a tua vontade” (Mateus 6:10). Não são nossos planos que determinam o que acontece a seguir, mas sim o plano de Deus.

Moisés não abriu o Mar Vermelho por seu próprio poder, nem providenciou o maná para os israelitas. Noé não projetou a arca por conta própria para enfrentar o dilúvio. Tanto o Antigo quanto o Novo Testamento fornecem inúmeros exemplos de milagres que Deus realizou. Ele nos usa para cumprir Seu plano, mas toda a glória pertence a Deus.

Saiba que quando nos gloriamos em nós mesmos, entramos em território perigoso.

“Aquele que se gloria, glorie-se no Senhor” (1 Coríntios 1:31).

3. Você não é bom o suficiente

A mentira de satanás de que não somos bons o suficiente atormenta inúmeros cristãos nos dias de hoje. Satanás é mestre em convencer-nos de que não somos qualificados, que não somos os melhores candidatos para determinada tarefa. Seja criando os filhos, amando o vizinho, confortando um amigo enlutado ou enfrentando qualquer um dos muitos desafios diários, essa dúvida persistente pode ser avassaladora.

Satanás tem um talento especial para fazer-nos acreditar que não estamos à altura das tarefas que Deus nos designa. E, em certo sentido, ele está correto. Ele tem razão porque, por nossas próprias forças, não conseguimos cumprir o plano de Deus para nossas vidas.

É claro que não precisamos ter a sabedoria de Salomão, a força de Sansão ou a coragem de Davi. O que precisamos é algo que todos eles possuíam: fé.

Fé na única Pessoa capaz de fornecer a sabedoria no momento certo, a força para a tarefa que enfrentamos e a coragem para dar mais um passo. Pois bem, precisamos de Cristo!

Embora pareça simples, todos nós enfrentamos essa luta e somente vencemos a batalha mental contra Satanás ao manter nossos olhos em Jesus. Levemos cada pensamento cativo ao Senhor, pois somente Ele é suficiente; nós não precisamos ser.

Floresça onde você está plantado. Deus o colocou exatamente onde você deveria estar. Faça duas coisas nesse lugar: confie e obedeça. Confie que Deus é soberano sobre tudo e obedeça a Ele. Dê um passo adiante e Ele o guiará.

Não precisamos ser perfeitos (e nem podemos ser), mas temos Jesus para pegar nossas imperfeições e transformá-las em sucessos.

“Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apoie em seu próprio entendimento; em todos os seus caminhos, submeta-se a Ele, e Ele endireitará as suas veredas.”

Provérbios 3:5-6

4. O Pecado não é algo sério

Todas as famílias possuem regras, e obviamente os lares precisam dessas normas para funcionar de maneira eficaz e minimizar o caos. Quando as crianças quebram as regras, são corrigidas e possivelmente punidas.

Ensinar a uma criança o que é certo e errado é relativamente simples, embora possa exigir repetição constante. Quando essas crianças crescem e se tornam adultas, espera-se que saibam distinguir o certo do errado e tomem boas decisões por conta própria.

Contudo, satanás deseja afastar-nos de Deus e uma de suas estratégias mentirosas é fazer-nos acreditar que nosso pecado não é algo sério e que não precisamos mudar. Isso é uma mentira. Pois, nosso pecado deve ser enfrentado diretamente e tratado com seriedade.

Quando Satanás nos tenta a pecar repetidamente, ele cria uma barreira entre nós e Deus. Deus é perfeito e nossos pecados nos distanciam Dele. Essa distância traz consigo vergonha, culpa e a sensação de não sermos dignos do amor de Deus. Saiba que esses sentimentos vêm do inimigo, não de Deus.

Quando pecamos (e todos pecamos), a única maneira de reaproximar-nos de Deus é através de Jesus e Seu sacrifício por nós. Devemos nos arrepender e nos voltar para Cristo. Embora seja simples, Satanás fará de tudo para impedir nosso arrependimento.

É tentador tentar encobrir nossos pecados, escondê-los de Deus ou fingir que não são sérios. Contudo, nenhuma dessas atitudes nos dá a liberdade que Deus oferece através do arrependimento. O pecado cria fardos que não fomos feitos para carregar.

“Foi para a liberdade que Cristo nos libertou. Permaneçam, pois, firmes e não se deixem submeter novamente a um jugo de escravidão.”

Gálatas 5:1

Sobretudo, não justifique seu pecado, não o minimize; mas mortifique-o trazendo-o a Cristo. É aí que a verdadeira liberdade é encontrada!

5. Você precisa de entretenimento

A quinta mentira que satanás está terrívelmente infiltrando em nossa geração é que precisamos de distração. Nossa sociedade talvez seja a mais distraída de todos os tempos que já existiram. A invasão da tecnologia em nossas vidas trouxe suas consequências. Vivemos agora em uma sociedade voltada para o entretenimento, onde se não estivermos com o celular nas mãos, não está bom.

Tudo ao nosso redor é projetado para capturar nossa atenção e enviar mensagens, pois sabem que têm apenas alguns segundos antes que percamos o interesse. Estamos constantemente sendo puxados de um lado para o outro.

Com isso, surgem crianças e pais que têm dificuldade em se concentrar. Os pais quando chegam para as reuniões de oração, já colocam o celular na mão dos filhos para distraí-los. Precisamos lembrar que o propósito da igreja é adorar a Deus, e isso precisa ser passada para a geração mais nova.

“O melhor conselho que já recebi sobre concentração é: onde quer que você esteja, esteja lá.” (John Rohn)

Reflexão

Com que frequência você tem meditado na Bíblia, orado ou tem frequentado à igreja? Satanás usa táticas para nos distrair da Palavra de Deus. A Bíblia é a fonte da Verdade, dada por Deus para iluminar nosso caminho. Infelizmente, muitas pessoas buscam conselhos em seus mais tecnológicos aparelhos celulares em vez de na Bíblia.

Este mundo não é neutro; é anticristão e anti-Deus. Basta assistir ao noticiário ou observar as mensagens ao seu redor para perceber isso. Reconhecendo isso, podemos nos preparar melhor para viver de forma diferente do mundo.

A guerra espiritual é sutil e satanás não ataca de maneira óbvia; ele se infiltra nas pequenas brechas de nossas vidas, semeando dúvidas. Ele não quer que reconheçamos nossos erros como pecado, nem que nos arrependamos e venhamos a Jesus. Ele nos distrairá da frequência à igreja, da leitura da Bíblia e da oração.

Estudar a Bíblia requer foco e concentração, habilidades que podemos desenvolver com a ajuda de Deus.

Quanto mais conscientes estivermos da guerra espiritual ao nosso redor, mais bem equipados estaremos para resistir. Lembre-se, o resultado da guerra espiritual já está determinado, mas as batalhas continuam.

“Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.”

João 8:44

Indiara Lourenço

Com mais de 20 anos atuando na Pregação e Ensino, Indiara possui experiência em ministério infantil, jovem e feminino. Estudante de Teologia e ministra aulas na EBD. Mãe, esposa e serva que ama fazer a obra de Deus. Contagia a todos com sua alegria e inspira com palavras motivadoras, deixando um impacto positivo por onde passa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo