Quantos filhos Noé teve e o que sabemos sobre eles?

Até sabemos algumas coisas sobre Noé, mas pouco sabemos sobre seus três filhos – Sem, Cam e Jafé. Cada um teve contribuições e importância para o pai e para a humanidade após o Dilúvio.

O Livro do Gênesis nos apresenta várias histórias bem conhecidas: A Criação, A Queda, Caim e Abel e a Torre de Babel. Também incluído neste livro está a história de Noé e o Dilúvio. Até sabemos algumas coisas sobre Noé, mas pouco sabemos sobre seus três filhos – Sem, Cam e Jafé. Cada um teve contribuições e importância para o pai e para a humanidade após o Dilúvio.

Antes de explorarmos o significado dos filhos de Noé na Bíblia, vamos examinar a importância do Dilúvio e da arca.

Como muitos personagens populares da Bíblia, as pessoas que tiveram contato direto com Deus muitas vezes são as que escrevem as histórias que lemos. Muitas vezes, eles até aparecem na história. Nesse caso, Moisés é o autor atribuído, e a história de Noé é contada por outros em livros subsequentes: Mateus, Lucas e 2 Pedro. Sendo ele mesmo um homem que tinha um relacionamento íntimo com Deus, Moisés escreve sobre outro homem que foi exemplar em comparação com aqueles ao seu redor.

O pai de Noé, Lameque, disse isso sobre seu filho: “Ele nos consolará no trabalho e no trabalho doloroso de nossas mãos causado pelo solo que o Senhor amaldiçoou”. (Gênesis 5:29).

Ele passou a servir a humanidade e, principalmente, a Deus. A maioria de nós conhece a história, desde a escola bíblica da infância, onde aprendemos sobre Noé e os animais, ou de um sermão de domingo em que o pregador explicou a história.

Quem eram os três filhos de Noé e pelo que são conhecidos?

Os filhos de Noé não são descritos como tendo construído a arca com seu pai, embora possamos presumir que sim. Por outro lado, eles são descritos com mais detalhes como líderes de tribos específicas após o dilúvio. Gênesis 10 explica algumas das linhagens que resultaram dos três irmãos. Jafé teve sete filhos, Cam teve quatro e Sem foi abençoado com cinco.

De cada um desses homens, seus descendentes repovoaram a Terra, resultando em línguas e culturas variadas em todo o mundo. Isso também nos lembra que nossa ideia moderna de raça não é real.

Uma distinção importante aconteceu entre os filhos de Noé. Cam foi o começo do que se tornaria a nação dos cananeus. Por outro lado, os descendentes de Sem passaram a herdar a terra prometida. O povo de Jafé vivia pacificamente com os da linhagem de Sem nas áreas vizinhas.

Uma Visão Geral de Noé, Seus Filhos e o Dilúvio

história de Noé inclui 4 elementos importantes: seres viventes, um dilúvio, uma arca e Deus. 

Durante uma das muitas vezes em que a humanidade, ou partes dela, virou as costas para Deus, houve consequências. Nesta história bíblica em particular, a consequência é um dilúvio divino cobrindo a Terra. 

De acordo com a história, os únicos humanos que Deus mantém são Noé, seus filhos e suas esposas. A maneira como escapam do desastre é seguindo as instruções de Deus. Eles constroem uma arca, são salvos nela e esperam até que o dilúvio diminua. A vida na Terra terminou principalmente durante o Dilúvio. Porém, após o evento, a vida pode florescer novamente, para as pessoas e para os animais.

A história de Noé serve para exemplificar como podemos não apenas servir a Deus, mas também conhecer o caráter de Deus.

Qual a história de Noé em Gênesis 6

Ele é apresentado pela primeira vez no final de Gênesis 5 em relação a seu pai, Lameque. Conforme descrito na passagem, Noé é um dos muitos filhos e filhas, embora ele próprio seja o mais velho. Sua menção neste capítulo é muito breve, portanto, os detalhes sobre seus próprios filhos são rápidos em seguir. Também aprendemos rapidamente sua idade na história – 500 anos. Antes ou depois dos 500 anos, Noé gerou seus filhos. Nenhum outro detalhe aparece na Bíblia sobre a família de Noé.

A história de Noé começa em Gênesis 6 onde lemos detalhes sobre a humanidade corrupta na Terra. “Os filhos de Deus” e “Os Nefilins” que parecem seres de outro mundo são mencionados como estando presentes na Terra (Gênesis 6:4). Em conjunto com esses detalhes, lemos que Deus diz: “Meu Espírito não permanecerá para sempre com a humanidade, porque eles são corruptos” (Gênesis 6:3). Essa separação de Deus, devido ao pecado, serviu como precursora do Dilúvio que se aproximava.

Sobrevivendo ao dilúvio

No entanto, Noé se diferenciou da humanidade devido ao seu comportamento justo (Gênesis 6:9). Isso explica por que Deus avisa Noé sobre o dilúvio iminente e o instrui a construir uma arca. Na arca, Noé deve trazer números especificados de pares de cada animal, macho e fêmea. Da mesma forma, ele pode trazer seus filhos e suas esposas, todos os quais permanecem sem nome na história. 

Um tempo não descrito se passou enquanto a arca era construída. Podemos presumir que Noé não construiu sozinho a arca inteira e provavelmente trabalhou em conjunto com seus filhos e o resto de sua família. O dilúvio veio quando Noé tinha 600 anos e durou 150 dias (Gênesis 7:24).

Noé e sua família sobreviveram ao dilúvio, mas ao longo do evento a Bíblia não revela detalhes significativos sobre Sem, Cam ou Jafé. Somente após a enchente os filhos recebem mais destaque. Embora sua presença na Bíblia não seja proeminente, assim como seu pai, sua presença oferece comentários sobre a humanidade e sobre Deus. Vale a pena aprender mais sobre cada um deles.

Aqui estão 3 coisas para saber sobre os filhos de Noé na Bíblia:

1. O que Deus ordenou aos filhos de Noé?

Após os eventos do Dilúvio, Noé e seus filhos colheram as bênçãos de Deus. Lemos em Gênesis 9 que Deus lhes concedeu autoridade sobre todas as criaturas e ordenou que frutificassem e se multiplicassem. 

Esse mandamento é significativo porque essas foram as mesmas palavras ditas a Adão e Eva. Deus abençoou Adão ao ter seus descendentes espalhados por toda a terra. Deus abençoou Noé e seus filhos da mesma forma. Seus descendentes povoaram a Terra, todos servindo como portadores da imagem de Deus.

2. Por que Noé amaldiçoa um de seus filhos?

Outra ocorrência após o dilúvio foram os eventos que resultaram em Noé amaldiçoando um de seus filhos (Gênesis 9:20-27). 

Isso começou quando Noé começou uma vinha. Durante essa empreitada, um dia embriagou-se com vinho e ficou nu em sua tenda. O primeiro filho a descobri-lo foi Cam. Não há detalhes sobre a resposta emocional de Cam ao ver seu pai nu, mas o que ele fez a seguir foi contar a seus irmãos. Ao ouvir isso, Sem e Jafé cobriram o pai, sem se expor à sua nudez. 

Por ajudar a não expor o pai, eles foram abençoados. Por outro lado, Cam foi amaldiçoado por seu pai. Cam de repente se tornou menor do que seus dois irmãos.

3. De qual dos filhos de Noé vem a linhagem de Jesus?

Depois de abençoado por seu pai, a linhagem de Sem colheria mais tarde outra bênção – o nascimento de Jesus. 

Aprendemos isso em Gênesis 11 e, embora Jesus Cristo não esteja mencionado pelo nome, vemos dois outros nomes familiares, Abrão e Sarai.

idade de Noé tinha quando morreu

Lições que podemos aprender com os filhos de Noé:

Apesar de serem personagens de fundo durante a maior parte do Dilúvio e terem uma aparição muito limitada na Bíblia, há lições para aprender com os três irmãos.

Em primeiro lugar, estar em segundo plano não nos torna insignificantes. Sem, Jafé e Cam não foram notados como grandes homens como seu pai. Ainda assim, Deus os abençoou preservando a vida na arca junto de seu pai. 

Eles compartilhavam qualquer responsabilidade que desempenhassem, embora esses detalhes não aparecem na Bíblia. Há uma razão pela qual lemos sobre eles hoje, mesmo que esse detalhe seja limitado.

Em segundo lugar, devemos cuidar de nossa família. Cam não ajudou seu pai imediatamente e, em vez disso, foi compartilhar a notícia com seu pai. Antes dele, havia um conflito familiar entre Caim e Abel. E seu conflito pode ser rastreado até Adão e Eva. Sempre que vemos algo errado acontecendo por causa de ou para um ente querido, podemos intervir para corrigir a situação.

Por último, Deus disse para ser frutífero e multiplicar. Hoje, entendemos que multiplicar-se pela Terra não se limita à reprodução, mas inclui fazer novos discípulos. Sempre podemos estar fazendo discípulos, seja através de nossa pregação o testemunho. Assim como Sem, Cam e Jafé serviram como o início de uma longa linhagem, nós também podemos criar uma linhagem de crentes para muitas gerações vindouras.

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você precisa desativar o Adblock para continuar navegando em nosso site!