Sermão: A Batalha Espiritual

Texto deste sermão sobre batalha espiritual: Efésios 6:10-18.

Introdução

“Fique firme” é a palavra-chave usada nesta passagem. É vital que entendamos esta palavra corretamente porque é a chave para desvendar toda esta passagem sobre batalha espiritual. No sentido militar da palavra “manter-se firme” significa manter-se firme. “steko” é como a palavra é traduzida em grego e dá o mesmo significado (permanecer firme na fé e no dever, ser constante, perseverar, permanecer firme e continuar nesse estado).

Você se tornou parte da batalha espiritual no dia em que confiou no Senhor Jesus Cristo como seu Salvador pessoal. Como em qualquer outra batalha, na guerra espiritual também é muito importante que todo cristão saiba como se manter firme. No sermão de hoje, vamos aprender quais passos devemos tomar para proteger nosso território. 

1. Explorando a Fonte de Força

Efésios 6:10-11

A. As batalhas são exaustivas. Um soldado exausto precisa restaurar sua força ou se tornará um alvo fácil para o inimigo.

B. Este versículo indica que a fonte de nossa energia não é encontrada em nós mesmos, mas no Senhor Jesus Cristo.

C. Coloco  minha fé em Deus para acessar essa fonte de força. Então o poder do Senhor se torna meu poder.

2. Identificando o Inimigo Espiritual

Efésios 6:12-13

A. Na guerra, a coleta de informações é fundamental. É usado para identificar e avaliar o inimigo. Toda a ofensiva depende disso.

B. Na batalha espiritual, a Bíblia, nossa fonte de inteligência, identifica o diabo e suas hostes como nosso inimigo.

C. O armamento usado depende do tipo de inimigo que você enfrentará. Você não pode levar uma faca para um tiroteio. Da mesma forma, na batalha espiritual nosso inimigo é espiritual e, portanto, precisamos de armas espirituais.

3. A função do Cinturão da Verdade

Efésios 6:14

A. O cinto mantinha o resto da armadura unido. Dela pendura a bainha em que a espada estava embainhada (Efésios 6:17)

B. A interpretação é 2 vezes. Primeiro, significa a palavra de Deus (Jo 8:32). Na batalha espiritual devemos conhecer a palavra de cor.

C. Em segundo lugar, nossa integridade e caráter. Devemos ser praticantes da palavra. Você não pode lutar contra um mal que já está em você.

4. A couraça da justiça

Efésios 6:14b

A. O peitoral era feito de bronze e cobria o corpo do pescoço até as coxas. Protegeu o coração do soldado.

B. Para o crente, isso significa guardar seu coração acima de tudo porque é a fonte da vida, bem como do mal (Provérbios 4:23; Mateus 15:11; 15:18).

C. Paulo também se refere à “justiça de Cristo”, aquela “justificação” encontrada somente naquele que nos protege das acusações de Satanás (Filipenses 3:9)

5. Os Sapatos do Evangelho da Paz

Efésios 6:15

A. Os sapatos especialmente projetados permitiam ao soldado romano permanecer bem fundamentado mesmo no calor da batalha e se mover rapidamente em qualquer terreno.

B. A interpretação é 2 vezes. Primeiro, já fomos reconciliados com Deus por meio do evangelho. Esta é a nossa base.

C. Em segundo lugar, precisamos estar prontos com o mesmo evangelho para proclamar guerra contra o diabo e paz ao mundo.

6. O papel do Escudo da Fé

Efésios 6:16

A. O escudo do soldado romano consistia em duas camadas de madeira coladas, cobertas com linho e couro e amarradas com ferro.

B. Fé significa fé para obedecer a palavra de Deus (Romanos 10:17). A quinta arma (2 Timóteo 4:2) é um ato de fé obediente.

C. A fé não deve nos proteger do sofrimento físico ou garantir conforto, mas nos fortalecer e confortar em todas as situações.

7. Colocando o Capacete da Salvação

Efésios 6:17

A. Ilustração: Soldado Leon Wilson escapou de uma bala disparada por um franco-atirador por apenas dois milímetros graças ao capacete que usava, (Notícia completa).

B. Nossa mente é o campo de batalha de Satanás. Ele traz medo, desesperança, frustrações e desespero para ele.

C. Nós os superamos através da renovação de nossa esperança na salvação que flui de Cristo (1 Tessalonicenses 5:8)

8. O papel da Espada do Espírito

Efésios 6:17b

A. Os soldados romanos carregavam espadas curtas e retas. Muito eficaz no combate corpo a corpo e foi essencial para a sobrevivência individual.

B. A palavra de Deus é nossa espada. A única arma de ataque. Devemos usá-lo regularmente para nos tornarmos usuários proficientes.

C. Na batalha espiritual, conhecer a palavra (logos) é insuficiente. Deve saber como usá-lo (rhema). Ex: Jesus citou Deuteronômio 8:3 em Mateus 4:4.

9. O papel de Orar no Espírito

Efésios 6:18

A. Tudo o que foi dito acima é apenas uma preparação para a batalha espiritual. Não entramos no campo de batalha até começarmos a orar no Espírito.

B. Ao travar uma batalha espiritual, a posição mais poderosa que os cristãos assumem é quando se ajoelham em oração.

C. Deve ser a oração de perseverança (Lucas 18:1-8) e intercessão (Efésios 6:19-20).

Conclusão

A Bíblia garante que na batalha espiritual podemos permanecer firmes e resistir a qualquer coisa que Satanás lance em nosso caminho, somente se vestirmos toda a armadura de Deus. Qual dessas defesas você está perdendo hoje e quais armas você precisa pegar? 

Permita que o Espírito Santo examine sua vida de dentro para fora e o guie em seu caminho. Não deixe o diabo te pegar desprotegido. Não deixe que ele use o elemento surpresa contra você.

Ao contrário da guerra terrena travada entre oponentes humanos, a batalha espiritual dura mais e cada um de nós tem uma batalha para lutar até deixar este mundo. Podemos contar com as orações intercessórias de outros, mas precisamos estar armados e prontos. Um soldado com ordens de marcha não vai para a batalha com metade das armas e o outro equipamento para não ficar vulnerável. É o mesmo na batalha espiritual também.

Se você gostou desse sermão, então veja mais sermões prontos aqui.

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo