5 belas razões pelas quais Deus criou os avós

Você já se perguntou por que Deus criou os avós? Para a maioria de nós, não poderíamos imaginar nossas vidas sem eles.

Eu sei que não posso! Tive a sorte de ter não apenas uma avó, mas também uma bisavó. Meus avós faleceram antes do meu nascimento, mas não esquecemos suas vidas e legados.

Deus criou tudo com um propósito, e isso não passou despercebido para os avós. Vamos explorar portanto às cinco razões pelas quais Deus criou os avós. 

1. Avós nunca param de ser pais

Meus pais muitas vezes me lembram que eu sou a garotinha deles. Eu até digo aos meus próprios filhos, eles sempre serão meus bebês. Não importa quão grande eles sejam ou que trabalho eles tenham; ainda somos seus pais. Esse pensamento transborda da geração anterior a nós. 

Minha avó tinha três filhos e eram inúmeras as vezes que eu a ouvia corrigindo-os ou dando instruções. Eu costumava pensar que era engraçado ouvir minha avó falar com seus filhos adultos dessa maneira, mas faz todo o sentido hoje. 

A paternidade não é uma ação que você pode ativar e desativar. Os avós tem sim um papel importante, mesmo não estando na linha de frente. Sempre que a mãe ou o pai precisam de conselhos, apoio, ajuda ou um ombro para chorar, eles estão lá. Os avós também têm a capacidade única de cuidar de seus netos quando a mãe ou o pai não podem. 

2. Os avós mantêm a família unida

Quando me tornei mãe, meus pontos de vista sobre família se tornaram mais estreitos. Muitas vezes eu só percebia o que estava acontecendo em minha casa. 

Meu papel era manter minha casa funcionando, e isso muitas vezes me deixava no escuro sobre o que estava acontecendo em minha família. Hoje, já pergunto à minha mãe ou ao meu pai sobre os membros da família.

Os avós não têm mais a responsabilidade de criar seus próprios filhos. Eles entraram em uma estação da vida que os encontra acompanhando os acontecimentos da família extensa. 

Muitas vezes, eu escutava minha avó ou avô falar sobre tias, tios e primos que moravam a quilômetros de mim. Eles retransmitiam a mensagem quando um bebê estava a caminho, alguém estava se formando no ensino médio ou havia uma morte na família. 

Sem meus avós, eu não saberia como minha família extensa estava. Meus avós eram a cola que mantinha as peças juntas. Eles eram a pedra angular da nossa família

Na Bíblia, eles se referem a Jesus como a pedra angular (Efésios 2:19-20). 

Uma pedra angular, portanto era a parte mais importante da fundação de uma estrutura. Se a pedra fundamental falhasse, todo o edifício cairia. Sem avós para nos manter juntos, nossas famílias cairiam. 

Os avós são aqueles que acompanham todos. Eles planejam as reuniões familiares e fazem o check-in com os membros da família. 

Como a pedra angular da família, os avós garantem que todos os membros da família tenham o que precisam e saibam que os amamos.

3. Os avós fornecem um sistema de apoio

Ter um sistema de apoio é tão importante para qualquer época da vida. Pessoalmente, precisei de um sistema de apoio quando meu filho, Jackson, completou três anos. 

Naquela época, ele foi diagnosticado com Síndrome de Asperger e precisava de fonoaudiologia e terapia ocupacional. Eu não tinha ideia do que ia fazer com meu marido trabalhando em tempo integral, e tínhamos uma filha de dois anos. 

Enquanto tudo isso acontecia, aprendi que a vovó seria nosso socorro. Ela ia comigo às consultas de terapia e tomava conta da nossa filha. Vovó sempre ouvia quando eu precisava desabafar e me dava alguns dos melhores conselhos do mundo. 

Os avós sobretudo proporcionam aos filhos e netos um sistema de apoio insubstituível. Eles podem ajudar a cuidar das crianças quando a mãe e o pai estão trabalhando. Eles podem ajudar a fazer a lição de casa antes que a mãe chegue em casa para preparar o jantar. 

Os avós também podem ser uma caixa de memória para os netos. Muitas vezes, as crianças se abrem para os avós quando não com os pais. As crianças sentem que a vovó e o vovô vão entendê-las e julgar menos. Eu sempre senti que poderia dizer qualquer coisa para minha avó, e ela guardaria meus segredos. 

Quando os avós fazem parte do seu sistema de apoio, eles reduzem bastante o nível de estresse familiar. 

Afinal, problemas emocionais e comportamentais em crianças são reduzidos e os pais podem ficar tranquilos sabendo que seus filhos estão sendo cuidados quando estão no trabalho ou lidando com outras responsabilidades diárias.  

4. Os Avós Transmitem Sabedoria às Suas Famílias

Nossos avós, contudo sabem como a vida pode ser difícil. Eles também sabem o quanto temos mais facilidade agora do que quando eram crianças. As lições que eles aprenderam em sua vida podem nos servir bem se ouvirmos. 

Minha filha me perguntou há vários anos onde aprendi a costurar. Eu estava trabalhando em um projeto de ponto cruz, e ela queria ajudar. Quando comecei a ensiná-la a enfiar a linha na agulha e a fazer o ponto cruz, lembrei-me dos verões com a vovó. 

Vovó Annie afinal, tomava conta de mim durante o verão enquanto mamãe e papai trabalhavam. Ela sempre trazia seus projetos de costura para trabalhar. Um dia então, eu lhe fiz a mesma pergunta que minha filha me fez. Ela me entregou uma agulha e começou a me ensinar a costurar.  

Essa sabedoria da vovó, portanto me ensinou a consertar buracos em meias, camisas e calças. Suas lições e histórias me fizeram apreciar os luxos que eu tinha. Eles também me ensinaram que o trabalho duro não matou ninguém. 

Os avós transmitem sabedoria não apenas aos netos, mas também aos filhos adultos. Sempre que tenho um problema, procuro os meus pais ou a minha sogra

Eu sei, no entanto que eles criaram filhos e provavelmente lidaram com o que quer que eu esteja lidando antes. 

Os avós são tão importantes, pois oferecem um lugar especial para obter sabedoria, assim como o Senhor nos oferece o Espírito Santo para obter sabedoria e conhecimento. 

5. Os Avós Passam o Legado da Família

Em toda a Bíblia, podemos encontrar versículos que nos dizem que Deus ordenou que Seu povo contasse à próxima geração os Seus feitos. 

Deus sabia com que facilidade nos esquecemos do que Ele fez por nós. Precisamos ser lembrados, então Deus criou os avós. 

Afinal, passar um legado é ajudar aqueles que vieram depois de você a decidir como querem viver suas vidas. Nossos avós passam um legado familiar vivendo de uma certa maneira e compartilhando as raízes de sua família. 

Minha bisavó estava sempre nos contando sobre sua vida como uma jovem noiva e nova mãe. Ela falou sobre dar à luz em casa antes da parteira chegar lá. 

Ela nos contava como tinha que lavar roupas, conseguir comida para a família e ajudar na fazenda. Minha bisavó deixou portanto um legado de trabalho duro e dedicação para sua família

Não há nada mais precioso do que o legado que os avós deixam com sua família. Contar histórias de sua infância e compartilhar lições que aprenderam na vida fortalece você. 

Minha avó Annie era uma mulher forte. Ela trabalhou duro e amou a todos.

O que mais me lembro sobre ela era sua capacidade de perdoar. Ela nunca guardou rancor e deixou a amargura afetar sua vida. Essa é a vida que eu quero viver.

Meus avós queriam que sempre nos lembrássemos de onde viemos, assim como Deus quer que Seus filhos se lembrem de onde Ele os tirou. 

Autora: Ashley Hooker

Botão Voltar ao topo